Eleição presidencial nos Estados Unidos em 1932

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eleição presidencial dos Estados Unidos em 1932
 

1928 ← Flag of the United States.svg → 1936


8 de novembro de 1932
FDR in 1933.jpg HerbertHoover.jpg
Candidato Franklin D. Roosevelt Herbert Hoover
Partido Democrata Republicano
Natural de Nova Iorque Iowa
Running mate John Nance Garner Charles Curtis
Colégio eleitoral 472 59
Vencedor em 42 estados 6 estados
Votos 22.821.277 15.761.254
Porcentagem 57,41% 39,65%
ElectoralCollege1932.svg
Resultados do Colégio Eleitoral por estados. Os valores em cada um indica a quantidade de votos, e a cor do estado indica a qual candidato os votos foram atribuídos.

Seal of the President of the United States.svg
Presidente dos Estados Unidos

A eleição presidencial dos Estados Unidos de 1932 foi a trigésima-sétima eleição presidencial do país. Ocorreu quando os efeitos da Quinta-Feira Negra, do Smoot-Hawley Tariff Act de 1930, do Revenue Act de 1932, e da Grande Depressão foram sentidas intensamente por todo o país. A popularidade do presidente Herbert Hoover foi caindo à medida que os eleitores sentiam a piora da depressão através de seus gastos excessivos e o protecionismo. Franklin D. Roosevelt criticou gastos excessivos de Hoover e suas políticas protecionistas; de fato, o companheiro de chapa de Franklin, John Nance Garner acusou Hoover de "liderar o país no caminho do socialismo."[1] Roosevelt venceu por uma vitória esmagadora, e esta "eleição decisiva" marcou o colapso do Quarto Sistema Partidário ou Era Progressista. Os eleitores foram realinhados em breve no Quinto Sistema Partidário, dominada pela Coalizão do New Deal de Roosevelt. Esta foi a primeira eleição nos Estados Unidos desde 1876 em que o candidato democrata obteve a maioria do voto popular.

Processo eleitoral[editar | editar código-fonte]

A partir de 1832, os candidatos para presidente e vice começaram a ser escolhidos através das Convenções. Os delegados partidários, escolhidos por cada estado para representá-los, escolhem quem será lançado candidato pelo partido. Os eleitores gerais elegem outros "eleitores" que formam o Colégio Eleitoral. A quantidade de "eleitores" por estado varia de acordo com a quantidade populacional do estado. Em quase todos os estados, o vencedor do voto popular leva todos os votos do Colégio Eleitoral.[2]

Convenções[editar | editar código-fonte]

Convenção Nacional do Partido Republicano de 1932[editar | editar código-fonte]

Como o ano de 1932 começando, o Partido Republicano (Republican Party) acreditava no protecionismo de Herbert Hoover e agressivas políticas orçamentais iriam resolver a depressão, em qualquer caso, o presidente Herbert Hoover controlava o partido. Pouco conhecido, o ex-senador dos Estados Unidos Joseph I. France concorreu contra Hoover nas primárias, mas Hoover foi muitas vezes sem oposição. Os gerentes de campanha de Hoover se reuniram na Convenção Nacional Republicana entre 14 e 16 de junho em Chicago. Hoover foi indicado no primeiro escrutínio com 98% dos votos dos delegados partidários. Ele recebeu 1.127 votos contra 13 de John J. Blaine, a 5 de Calvin Coolidge, a 4 de Joseph I. France e a 2 de outros.[3]

Ambos os republicanos agrícolas e os republicanos de extrema capitalista (este último com a esperança de nomear o ex-presidente Calvin Coolidge) recusaram-se aos gerentes de campanha e votaram contra a renomeação de Charles Curtis, vice-presidente, que venceu com apenas 635 votos (55%), contra 183 de Hanford MacNider, a 162 de Gutherie Harbord, e a 176 de outros.[4]

Convenção Nacional do Partido Democrata de 1932[editar | editar código-fonte]

A vigésima-sexta Convenção Nacional Democrata (Democratic Party) foi realizada entre 27 de junho e 2 de julho em Chicago. Franklin D. Roosevelt (FDR) foi o vencedor incontestado das primárias democratas na preferência presidencial de 1932. FDR recebeu 945 votos (63,98%). Entre as primárias e caucuses, ele ocupou metade de todos os delegados partidários na Convenção Nacional. Em segundo lugar ficou Al Smith, o candidato presidencial de 1928, com 202 votos (13,68%). Smith tinha sido um amigo próximo de FDR e trabalhou duro para convencer FDR para concorrer à governador de Nova York em 1928. Eles continuaram amigos até o início de 1932, quando Smith decidiu desafiar FDR para a nomeação presidencial. O único outro candidato com chances a seguir foi presidente da Câmara, John N. Garner com 102 votos (6,91%), que havia vencido a primária da Califórnia. Ainda, nove outros que disputavam a nomeação presidencial receberam 228 votos juntos (15,45%). Como a convenção se aproximava, a mídia acreditava que Smith ganhava de FDR, mas ainda estava em minoria. Um fator importante a seu favor era que FDR tinha feito declarações no qual ele apoiaria a derrubada da regra em que o candidato nas primárias para ser escolhido precisava atingir dois terços dos delegados partidários, se ele pressionasse essa ideia, ele perderia o seu apoio no Sul e não seria capaz de vencer a nomeação.[5]

Outras convenções de 1932[editar | editar código-fonte]

Outras convenções de 1932[6]
Local e data Partido Candidato presidencial
Entre 26 e 27 de abril Partido Trabalho Agricultor (Farmer-Labor Party) Jacob S. Coxey
Entre 30 de abril e 2 de maio Partido Socialista Trabalhista (Socialist Labor Party) Verne L. Reynolds
Indianápolis em 4 de maio Partido Nacional (National Party) John Zahnd
Entre 20 e 24 de maio Partido Socialista da América (Socialist Party of America) Norman Mattoon Thomas
Entre 28 e 29 de maio Partido Comunista dos EUA (Communist Party USA) William Zebulon Foster
Indianápolis entre 7 e 5 de julho Partido da Proibição (Prohibition Party) William David Upshaw
St. Louis em 17 de agosto Partido Jobless (Jobless Party) James R. Cox
Em 17 de agosto Partido Liberdade (Liberty Party) William Hope "Coin" Harvey

Campanha[editar | editar código-fonte]

Herbert Hoover falando para uma multidão em sua campanha de 1932.

Depois de fazer uma viagem de avião para a convenção democrata, Franklin D. Roosevelt aceitou a nomeação em pessoa. Neste discurso de decisão histórica, Roosevelt prometeu "abolir escritórios inútis" e "eliminar funções desnecessárias do Governo", afirmando que "Governo - Federal, estaduais e locais - custam muito caro", e ainda prometeu ajudar a facilitar a "restauração do comércio do mundo."[7] A viagem de Roosevelt para Chicago foi o primeiro de vários que fizeram sucesso. Grandes multidões saudaram Roosevelt, como ele viajou ao redor do país, sua música de campanha "Happy Days Are Here Again" (Dias Felizes Estão Aqui Novamente) se tornou um dos mais populares na história política americana.

Em contraste, Herbert Hoover foi amplamente culpado pela Grande Depressão. Por mais de dois anos, Hoover tinha restringido o comércio e agressivamente tributou a economia através da legislação, como o Smoot-Hawley Tariff Act e o Revenue Act de 1932. Havia uma indignação causada pela morte de veteranos no incidente do Bonus Army, reivindicação realizada em 1932 com aproximadamente 12 a 14 mil veteranos acompanhados de suas famílias que foram até a capital do país, Washington DC para pressionar o Congresso e o governo a aprovar o pagamento imediato do “bônus” para os ex-combatentes da Primeira Guerra Mundial. Os manifestantes acamparam precariamente nos arredores de Washington e o presidente Hoover mandou tropas para expulsá-los do local, o que foi feito com grande violência.[8] Esse episódio combinada com os efeitos catastróficos das políticas econômicas internas de Hoover reduziu suas chances para um segundo mandato para quase nula. Suas tentativas de campanha em público foram um desastre, muitas vezes ele tinha objetos (frutas e vegetais especialmente podre) lançados contra ele ou seu veículo enquanto andava pelas ruas da cidade. Em seus discursos, Hoover atacou Roosevelt como presidente capitalista que só faria a Depressão pior por impostos diminui, reduzindo a intervenção do governo na economia, promovendo o "comércio [com] o mundo", e de cortes "dos Governos - Federal, estaduais e locais."[7] No entanto, com o desemprego em 23,6%,[9] [10] As críticas de Hoover em relação às promessas da campanha de Roosevelt não fez nada mais do que reduzir ainda mais sua popularidade com o público, na verdade, foi dito que "Mesmo um vagamente talentoso cão-caçador poderia ter sido eleito presidente contra os republicanos ...."[11] Hoover até recebeu uma carta de um homem de Illinois que dizia "Vote em Roosevelt e torne-o unânime".

Resultados[editar | editar código-fonte]

Resultado geral da eleição presidencial dos Estados Unidos de 1932
Candidato presidencial Partido Estado de origem Voto popular Colégio Eleitoral Running mate
Votos  % Votos  % Candidato vice-presidencial Estado de origem Colégio Eleitoral
Franklin D. Roosevelt Partido Democrata Nova Iorque 22.821.277 57,41% 472 88,9% John Nance Garner Texas 472
Herbert Hoover Partido Republicano Iowa 15.761.254 39,65% 59 11,1% Charles Curtis Kansas 59
Norman Thomas Partido Socialista da América Ohio 884.885 2,23% 0 0% James H. Maurer Pensilvânia 0
William Z. Foster Comunista Massachusetts 103.307 0,26% 0 0% James W. Ford Alabama 0
Outros 181.175 0,46% 0 0% Outros 0
Total 39.751.898 100% 531 531
Votos minímos do Colégio Eleitoral de que se precisa para vencer 266 266

Fonte - Voto popular:[12] Colégio Eleitoral: [13]

Resultados por estado da eleição presidencial dos Estados Unidos de 1932

Franklin D. Roosevelt
Democrata
Herbert Hoover
Republicano
Norman Thomas
Socialista
Outros Total por estado
Estado Votos do
Colégio Eleitoral
Votos populares % Votos do
Colégio Eleitoral
Votos populares % Votos do
Colégio Eleitoral
Votos populares % Votos do
Colégio Eleitoral
Votos populares % Votos do
Colégio Eleitoral
Votos populares Sigla
Alabama 11 207,910 84.7 11 34,675 14.1 - 2,030 0.8 - 739 0.3 - 245,354 AL
Arizona 3 79,264 67.0 3 36,104 30.5 - 2,618 2.2 - 265 0.2 - 118,251 AZ
Arkansas 9 189,602 86.0 9 28,467 12.9 - 1,269 0.6 - 1,224 0.6 - 220,562 AR
Califórnia 22 1,324,157 58.4 22 847,902 37.4 - 63,299 2.8 - 32,608 1.4 - 2,267,966 CA
Colorado 6 250,877 54.8 6 189,617 41.4 - 13,591 3.0 - 3,611 0.8 - 457,696 CO
Connecticut 8 281,632 47.4 - 288,420 48.5 8 20,840 3.5 - 3,651 0.6 - 594,183 CT
Delaware 3 54,319 48.1 - 57,073 50.6 3 1,376 1.2 - 133 0.1 - 112,901 DE
Flórida 7 206,307 74.7 7 69,170 25.0 - 775 0.3 - sem votos 276,252 FL
Geórgia 12 234,118 91.6 12 19,863 7.8 - 461 0.2 - 1,148 0.5 - 255,590 GA
Idaho 4 109,479 58.7 4 71,417 38.3 - 526 0.3 - 5,203 2.8 - 186,625 ID
Illinois 29 1,882,304 55.2 29 1,432,756 42.0 - 67,258 2.0 - 25,608 0.8 - 3,407,926 IL
Indiana 14 862,054 54.7 14 677,184 42.9 - 21,388 1.4 - 16,301 1.0 - 1,576,927 IN
Iowa 11 598,019 57.7 11 414,433 40.0 - 20,467 2.00 - 3,768 0.4 - 1,036,687 IA
Kansas 9 424,204 53.6 9 349,498 44.1 - 18,276 2.3 - sem votos 791,978 KS
Kentucky 11 580,574 59.1 11 394,716 40.2 - 3,853 0.4 - 3,920 0.4 - 983,063 KY
Louisiana 10 249,418 92.8 10 18,853 7.0 - sem votos 533 0.2 - 268,804 LA
Maine 5 128,907 43.2 - 166,631 55.8 5 2,489 0.8 - 417 0.1 - 298,444 ME
Maryland 8 314,314 61.5 8 184,184 36.0 - 10,489 2.1 - 2,067 0.4 - 511,054 MD
Massachusetts 17 800,148 50.6 17 736,959 46.6 - 34,305 2.2 - 8,702 0.6 - 1,580,114 MA
Michigan 19 871,700 52.4 19 739,894 44.4 - 39,205 2.4 - 13,966 0.8 - 1,664,765 MI
Minnesota 11 600,806 59.9 11 363,959 36.3 - 25,476 2.5 - 12,602 1.3 - 1,002,843 MN
Mississippi 9 140,168 96.0 9 5,180 3.4 - 686 0.5 - sem votos 146,034 MS
Missouri 15 1,025,406 63.7 15 564,713 35.1 - 16,374 1.0 - 3,401 0.2 - 1,609,894 MO
Montana 4 127,286 58.8 4 78,078 36.1 - 7,891 3.7 - 3,224 1.5 - 216,479 MT
Nebraska 7 359,082 63.0 7 201,177 35.3 - 9,876 1.7 - 2 0.0 - 570,137 NE
Nevada 3 28,756 69.4 3 12,674 30.6 - sem votos 41,430 NV
Nova Hampshire 4 100,680 49.0 - 103,629 50.4 4 947 0.5 - 264 0.1 - 205,520 NH
Nova Jersey 16 806,394 49.5 16 775,406 47.6 - 42,988 2.6 - 4,719 0.3 - 1,629,507 NJ
Novo México 3 95,089 62.7 3 54,217 35.8 - 1,776 1.2 - 524 0.4 - 151,606 NM
Nova Iorque 47 2,534,959 54.1 47 1,937,963 41.3 - 177,397 3.8 - 38,295 0.8 - 4,688,614 NY
Carolina do Norte 13 497,566 69.9 13 208,344 29.3 - 5,591 0.8 - sem votos 711,501 NC
Dakota do Norte 4 178,350 69.6 4 71,772 28.0 - 3,521 1.4 - 2,647 1.0 - 256,290 ND
Ohio 26 1,301,695 49.9 26 1,227,319 47.0 - 64,094 2.5 - 16,620 0.6 - 2,609,728 OH
Oklahoma 11 516,468 73.3 11 188,165 26.7 - sem votos 704,633 OK
Oregon 5 213,871 58.0 5 136,019 36.7 - 15,450 4.2 - 3,468 0.9 - 368,808 OR
Pensilvânia 36 1,295,948 45.3 - 1,453,540 50.8 36 91,223 3.2 - 18,466 0.7 - 2,859,177 PA
Rhode Island 4 146,604 55.1 4 115,266 43.3 - 3,138 1.2 - 1,162 0.4 - 266,170 RI
Carolina do Sul 8 102,347 98.0 8 1,978 1.9 - 82 0.1 - sem votos 104,407 SC
Dakota do Sul 4 183,515 63.6 4 99,212 34.4 - 1,551 0.5 - 4,160 1.4 - 288,438 SD
Tennessee 11 259,473 66.5 11 126,752 32.5 - 1,796 0.5 - 2,235 0.6 - 390,256 TN
Texas 23 760,348 88.1 23 97,959 11.4 - 4,450 0.5 - 669 0.1 - 836,426 TX
Utah 4 116,750 56.5 4 84,795 41.1 - 4,087 2.0 - 946 0.5 - 206,578 UT
Vermont 3 56,266 41.1 - 78,984 57.7 3 1,533 1.1 - 197 0.1 - 136,980 VT
Virgínia 11 203,979 68.5 11 89,637 30.1 - 2,382 0.8 - 1,944 0.7 - 297,942 VA
Washington 8 353,260 57.5 8 208,645 33.9 - 17,080 2.8 - 35,829 5.8 - 614,814 WA
Virgínia Ocidental 8 405,124 54.5 8 330,731 44.5 - 5,133 0.7 - 2,786 0.4 - 743,774 WV
Wisconsin 12 707,410 63.5 12 347,741 31.2 - 53,379 4.8 - 6,278 0.6 - 1,114,808 WI
Wyoming 3 54,370 56.1 3 39,583 40.8 - 2,829 2.9 - 180 0.2 - 96,962 WY
TOTAL: 531 22,821,277 57.4 472 15,761,254 39.7 59 884,885 2.2 - 284,482 0.7 - 39,751,898

PARA VENCER: 266

Referências

  1. FDR's Disputed Legacy - Time. Acessado em 03/09/2011.
  2. Eliene Percília. Como é eleito o presidente nos Estados Unidos Brasil Escola. Página visitada em 19/07/2011.
  3. Our Campaigns - US President - R Convention Race - Jun 14, 1932. Acessado em 03/09/2011.
  4. Our Campaigns - US Vice-President - R Convention Race - Jun 14, 1932. Acessado em 03/09/2011.
  5. Our Campaigns - US President - D Convention Race - Jun 27, 1932. Acessado em 03/09/2011.
  6. Our Campaigns - US President Race - Jan 04, 1933. Acessado em 03/09/2011.
  7. a b Works of Franklin D. Roosevelt - Roosevelt's Nomination Address. Chicago, Ill. July 2, 1932. Acessado em 04/09/2011.
  8. Dia Mundial dos Veteranos de Guerra. A Grande Depressão ressaltou os problemas [...] o episódio dramático da violenta repressão de tropas federais à “Marcha para Washington”, em que aproximadamente 12 a 14 mil veteranos, “The Bonus Army”, acompanhados de suas famílias, além de outros manifestantes, peregrinaram até a capital do país, para pressionar o Congresso e o governo a aprovar o pagamento imediato do “bônus” para os ex-combatentes, em 1932. Como a aprovação não saía, os manifestantes acamparam precariamente nos arredores de Washington, e prometiam não sair de lá até conseguirem o adiantamento do bônus. O presidente Hoover mandou tropas para expulsá-los do local, o que foi feito com grande violência. Entre os comandantes da repressão estavam os generais Douglas MacArthur e George Patton, oficiais que tinham, durante a Grande Guerra, comandado homens como aqueles que estavam acampados. O saldo do conflito entre os manifestantes e as tropas do governo foi de vários mortos, entre eles crianças. Para alguns analistas da época, esse foi o canto de cisne do presidente Hoover, que pleiteava a reeleição. Acessado em 04/09/2011.
  9. United States Unemployment Rate. Acessado em 04/09/2011.
  10. Timelines of the Great Depression. Acessado em 04/09/2011.
  11. Cambell, Jeff (November 19, 2008). "Hoover's Popularity". Lonely Planet.
  12. Leip, David. 1932 Presidential General Election Results. Acessado em 04/09/2011.
  13. U. S. Electoral College.(1789-1996) Acessado em 04/09/2011.
  • Kristi Andersen, The Creation of a Democratic Majority: 1928-1936 (1979)
  • James McGregor Burns, Roosevelt: The Lion and the Fox (1956)
  • Frank Freidel, Franklin D. Roosevelt: The Triumph (1956)
  • Frank Freidel, "Election of 1932", in Arthur M. Schlesinger, Jr., ed., The Coming to Power: Critical Presidential Elections in American History (1981)
  • Harold F. Gosnell, Champion Campaigner: Franklin D. Roosevelt (1952)
  • Herbert Hoover, The Memoirs of Herbert Hoover: The Great Depression, 1929-1941 (1952)
  • Roy V. Peel e Thomas C. Donnelly, The 1932 Campaign: An Analysis (1935)
  • Donald A. Ritchie, Electing FDR: The New Deal Campaign of 1932 (2007)
  • Arthur M. Schlesinger, Jr. The Crisis of the Old Order (1957)