Eleições gerais na Argentina em 2007

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cristina Fernández e Néstor Kirchner durante a campanha eleitoral. Fonte: Agência Brasil.

Na Argentina realizaram-se as eleições presidenciais e legistlativas em 28 de outubro de 2007. Como resultado, elegeu-se Cristina Fernández de Kirchner para o cargo de presidente e Julio César Cleto Cobos como seu vice. Também foram eleitos 24 senadores e 130 deputados para o congresso nacional. Os candidatos eleitos devem assumir seus cargos em 10 de dezembro de 2007.

Eleições presidenciais[editar | editar código-fonte]

Como a candidata à presidência obteve mais de 40% dos votos válidos (obtendo 44,92%) e apresentou uma diferença de mais de 10% em relação à segunda colocada (Elisa María Avelina Carrió, com 22,95% dos votos válidos), foi eleita no primeiro turno, de acordo com o 98º artigo da constituição argentina.

[discussão] – [editar]
Candidato à presidência Candidato a vice Partido Votos  %
Cristina Fernández de Kirchner Julio César Cleto Cobos Aliança Frente para a Vitória 8.204.624 44,92
Elisa María Avelina Carrió Rubén Héctor Giustiniani Confederação Coalizão Cívica 4.191.361 22,95
Roberto Lavagna Gerardo Rubén Morales Uma Nação Avançada 3.083.577 16,88
Alberto Rodríguez Saá Héctor María Maya Aliança Frente Justiça, União e Liberdade 1.408.736 7,71
Fernando "Pino" Solanas Angel Francisco Cadelli Partido Socialista Autêntico 292.933 1,60
Jorge Omar Sobisch Jorge Asís Total 284.161 1,56
Movimento das Províncias Unidas 150.458 0,82
União Popular 67.758 0,37
Movimento de Ação Vicinal 55.365 0,30
Movimento pela Dignidade e a Independência 10.580 0,06
Ricardo Hipólito López Murphy Esteban José Bullrich Recriar para o Crescimento 264.746 1,45
Vilma Ana Ripoll Héctor Bidonde Movimento Socialista dos Trabalhadores 138.601 0,76
Néstor Pitrola Gabriela Adriana Arroyo Partido Obreiro 113.004 0,62
José Alberto Montes Héctor Antonio Heberling Aliança PTS-MAS-Esquerda Socialista 94.777 0,52
Luis Alberto Ammann Rogelio Deleonardi Frente Ampla em Direção à Unidade Latino-Americana 75.692 0,41
Raúl Castells Nina Pelozo Movimento Independente de Aposentados e Desempregados 54.893 0,30
Gustavo Luis Breide Obeid Héctor Raúl Vergara Partido Popular da Reconstrução 45.113 0,25
Juan Ricardo Mussa Bernardo Nespral Confederação Lealdade Popular 12.832 0,07
Total de votos válidos 18.265.050 93,90
Votos em branco 934.739 4,81
Votos nulos 217.744 1,12
Votos recorridos e impugnados 35.061 0,18
Total de votantes (71,81% de participação eleitoral) 19.452.594 100%
Eleitores hábeis 27.090.236
Fonte: Dirección Nacional Eleitoral - Ministerio del Interior


Ícone de esboço Este artigo sobre a Argentina é um esboço relacionado ao Projeto América do Sul. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.