Eleições legislativas na Guiné em 2002

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Guiné
Coat of arms of Guinea.svg

Este artigo é parte da série:
Política e governo da
Guiné



Outros países · Atlas

As Eleições Parlamentares realizaram-se na Guiné em 30 de junho de 2002. Elas foram ganhas pelo Presidente Lansana Conté do Partido Unidade e Progresso, que teve mais de 60% dos votos e 85 dos 114 assentos.

Resultados[editar | editar código-fonte]

e • d Sumário do 30 de junho de 2002 Assembleia Nacional da Guiné
resultados da eleição
Partidos Votos % Assentos
Partido Unidade e Progresso (Parti de l'Unité et du Progrès) 1,947,318 61.5 85
União para a Renovação e Progresso (Union pour le Progrès et le Renouveau) 842,270 21.7 20
União para o Progresso da Guiné (Union pour le Progrès de la Guinée) 130,065 4.1 3
Partido Democrático da Guiné-Democrata Rally Africano (Parti Démocratique de Guinée-Rassemblement Démocratique Africain) 107,666 3.4 3
Nacional Aliança para o Progresso (Alliance Nationale pour le Progrès) 62,780 2.0 2
Partido da União para o Desenvolvimento (Parti de l’Union pour le Développement) 20,823 0.7 1
Total (afluência 71.6%) 3.162.855   114
Fonte: Democraf. As eleições foram boicotadas pela Rassemblement du Peuple Guinéen.


Ícone de esboço Este artigo sobre a Guiné é um esboço relacionado ao Projeto África. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre eleição na África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.