Eleições legislativas na Romênia em 2008

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira do país

As eleições legislativas romenas de 2008 ocorreram em 30 de novembro.

Participação[editar | editar código-fonte]

A participação dos eleitores romenos no pleitofoi inferior a 20% passadas as sete primeiras horas de votação.

Às 14h do horário local, 19,84% dos 18,3 milhões de eleitores com direito a voto tinham depositado sua cédula nas seções espalhadas pelo país, que abriram às 7h.

Em Bucareste, onde mais de 1,8 milhão de pessoas estão aptas a votar, apenas 15,85% dos eleitores tinham se apresentado nos colégios eleitorais até as 14h locais.

Resultados[editar | editar código-fonte]

O Partido Social Democrata (PSD) venceu as eleições. Segundo a comissão eleitoral, a sigla oposicionista recebeu 33,6% das intenções de voto. O Partido Democrata Liberal (PDL), ligado ao presidente Traian Basescu, ficou com 33% dos votos.

O Partido Nacional Liberal (PNL), do primeiro-ministro Calin Popescu Tariceanu, atualmente no governo, ficou em terceiro lugar com 18%. De acordo com os resultados, nem o PSD, dirigido por antigos comunistas, nem a direita reformista (PNL) conseguiram maioria para formar o governo. Dessa forma, o partido de Tariceanu fica em posição determinante para a governabilidade do país.1

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre política, partidos políticos ou um político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.