Elekeiroz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Bovespa: ELEK3, ELEK4

Localizada nos municípios de Várzea Paulista (65 km de São Paulo) e Camaçari-BA a ELEKEIROZ S.A. foi a pioneira na produção de diversos produtos químicos no país, como anidrido ftálico, bissulfeto de carbono, octanol e butanol a partir de álcool de cana, trimetilolpropano, ácido 2 etil hexanóico, entre outros.


Controlada pela Itaúsa, tem como presidente do conselho Rodolfo Villela Marino e presidente executivo Marcos Antonio De Marchi.



Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


História[editar | editar código-fonte]

1894 A Elekeiroz teve sua origem no laboratório farmacêutico Queiroz Moura e Cia., fundado pelo farmacêutico Luiz M. Pinto de Queiroz.

1909 A Queiroz Moura e Cia. muda razão social para L. Queiroz & Cia, dando origem ao atual nome Elekeiroz e em 1910 construiu a primeira fábrica de Ácido Sulfúrico da América do Sul.

1912 A Companhia, já transformada em Sociedade Anônima Produtos Químicos L. Queiroz, produzia e comercializava ácidos, adubos, inseticidas, formicidas e produtos farmacêuticos.

1923 Adquiriu o terreno em Várzea Paulista, onde hoje se encontra um dos sites de seu complexo industrial.

1954 Foi inaugurada a primeira fábrica de Anidrido Ftálico do Brasil e, um ano depois, a Ucebel Produtos Químicos, uma empresa controlada da Elekeiroz, iniciou suas atividades produzindo Anidrido Maleico e Resinas.

1960 Foi implantada em Igarassu, Pernambuco, a primeira fábrica de Octanol da América do Sul, através da Elekeiroz do Nordeste.

1969 A Companhia abriu seu capital à subscrição pública.

1972 Início da produção de Plastificantes, na Elekeiroz do Nordeste.

1982 A Itaúsa adquiriu a participação acionária do Dr. Henrique de Toledo Lara e passou a deter importante parcela do Capital, vindo a adquirir o controle acionário da Companhia em 1986.

1987 A Companhia inaugurou em Várzea Paulista sua unidade de Ácido Sulfúrico, com capacidade de 700 t/dia e em 1988 instalou uma turbina para geração de energia elétrica, a partir do vapor extraído daquela unidade.

1995 A Elekeiroz do Nordeste incorporou a Produtos Químicos Elekeiroz S.A. e no ano seguinte a razão social foi alterada para Elekeiroz S.A.

1998 Foi vendida a unidade produtora de Fertilizantes, em Guará (SP) e a Companhia passou a se dedicar exclusivamente à produção e comercialização de produtos químicos intermediários.

2000 Obtenção da certificação ISO 9001 para o sistema de gestão da qualidade para o desenvolvimento e produção de Resinas Poliéster, o que nos anos seguintes se estendeu para todas as unidades industriais.

2002 Aquisição da Ciquine Companhia Petroquímica em Camaçari (BA), ampliando sua capacidade de produção de Anidrido Ftálico e Plastificantes e voltando a atuar na fabricação de álcoois.

2005 A Companhia iniciou a produção do Ácido 2-Etil Hexanoico no seu complexo de Camaçari, agregando assim mais um produto ao seu portfólio.

2009 Início da operação da 3ª linha de Plastificantes no site de Várzea Paulista.

2012 Ampliação da capacidade de produção de resinas poliéster.

2013 Aquisição da planta de gás de síntese da empresa norte americana Air Products em Camaçari (BA), fortalecendo a competitividade de produção dos Oxo-Álcoois no Brasil.

Produtos e Aplicações[editar | editar código-fonte]

Cadeia Produtiva Elekeiroz[editar | editar código-fonte]

Uma Empresa Sustentável[editar | editar código-fonte]

Referência externa[editar | editar código-fonte]

  • [[1]]Site Oficial