Elena Kagan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde fevereiro de 2013)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.
Elena Kagan em 2010.

Elena Kagan (nascida em 28 de abril de 1960) é uma juíza da Suprema Corte dos Estados Unidos da América. Ela é uma jurista, professora, e já ocupou o cargo de advogada-geral dos Estados Unidos.

Ela foi a primeira mulher a ocupar o cargo de advogada-geral, nomeada pelo presidente Barack H. Obama em 2009. Elena Kagan havia sido a decana da faculdade de direito da Universidade de Harvard, além de ter lecionado na Universidade de Chicago. Kagan também trabalhou como conselheira da Casa Branca no governo de Bill Clinton.

Em 2010, Barack Obama indicou Elena Kagan para a Suprema Corte dos EUA, devido à aposentadoria do juiz John Paul Stevens. A nomeação foi aprovada pelo Comitê Judiciário e pelo plenário do Senado americano.

Precedido por
John Paul Stevens
Juiz Associado da Suprema Corte dos Estados Unidos
7 de agosto de 2010atualidade
Sucedido por
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.