Eleonora de Toledo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eleonora de Toledo retratada por Bronzino.

Leonor de Toledo, de seu nome completo Eleonora Álvarez de Toledo y Pimentel-Osorio, (Alba de Tormes, 1519 - Pisa; 17 de dezembro de 1562), aristocrata espanhola, duquesa de Florença desde 1537 e Grã-duquesa de Toscana desde 1539.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha de Pedro Álvarez de Toledo, vice-rei de Nápoles, e de Joana Osorio e Pimentel, marquesa de Villafranca.

Casamento[editar | editar código-fonte]

O Grão-Duque Cosme I da Toscana buscava uma esposa que pudesse ajuda-lo a reforçar sua posição politica, já o Imperador Carlos V necessitava de uma aliança com os Médici, para poder colocar tropas espanholas dentro dos territórios da Toscana. A candidata perfeita foi a filha do Vice-rei de Nápoles. Eleonora era riquissíma e seu pai um dos homens mais poderosos e influentes da península itálica.

Posteridade[editar | editar código-fonte]

De seu casamento com Cosme I de Médici, nasceram 11 filhos: