Eletrossíntese

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de junho de 2011. Ajude e colabore com a tradução.


Eletrossíntese em química orgânica é a síntese de compostos químicos em uma célula electroquímica [1] [2] A vantagem principal sobre uma reação redox é a economia de energia que seria utilizada em outra semirreação e a precisão do potencial requerido. A eletrossíntese é estudada ativamente com ciência, além de ser empregada industrialmente.

Montagem experimental[editar | editar código-fonte]

A aparelhagem básica da eletrossíntese consiste em um reator (célula eletroquímica), um potenciostato e dois eletrodos. Os solventes mais utilizados são o metanol, a acetonitrila e o diclorometano. Muitas vezes se adiciona um eletrólito (perclorato de lítio ou acetato de tetrabutilamônio). Os eletrodos podem ser de platina, varetas de grafite, magnésio, mercúrio (como líquido na base do reator), aço inoxidável ou carbono vítreo reticulado. Em muitas reações se faz necessário o uso de um eletrodo de sacrifício (que é consumido durante a reação), geralmente de zinco ou chumbo. Os dois tipos básicos de células são a célula sem divisão e a célula dividida por uma membrana semiporosa.

A eletrossíntese é realizada com voltagem ou corrente constante.

Reações[editar | editar código-fonte]

Oxidações orgânicas ocorrem no ânodo com a formação inicial de radicais cátion como intermediários reacionais. Compostos são reduzidos no cátodo a radicais ânion. A reação inicial acontece na superfície dos eletrodos e então os intermediários se difundem na solução, onde participam de reações secundárias.

Oxidações aniônicas[editar | editar código-fonte]

Reação não-Kolbe
Oxidação de Shono
Este tipo de reação é chamado oxidação de Shono. Um exemplo é a α-metoxilação da N-carbometoxipirrolidina [4]



]


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Electrochemistry Encyclopedia Link enciclopédia de eletroquímica.

References[editar | editar código-fonte]

  1. The application of cathodic reductions and anodic oxidations in the synthesis of complex molecules Jeffrey B. Sperry and Dennis L. Wright Chem. Soc. Rev., 2006, 35, 605 - 621, doi:10.1039/b512308a
  2. Topics in current chemistry. Electrochemistry, Vol. 3 (Topics in Current Chemistry, Vol. 148) E. Steckhan (Ed), Springer, NY 1988.
  3. Organic Syntheses, Coll. Vol. 7, p.181 (1990); Vol. 60, p.1 (1981) Links.
  4. Organic Syntheses, Coll. Vol. 7, p.307 (1990); Vol. 63, p.206 (1985). Link
  5. Organic Syntheses, Coll. Vol. 7, p.482 (1990); Vol. 60, p.78 (1981) Link