Elias Gomes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Elias Gomes da Silva

Elias Gomes da Silva
Vereador de Cabo de Santo Agostinho Bandeira-cabodesantoagostinho.gif
Mandato 1976 - 1979
Prefeito de Cabo de Santo Agostinho Bandeira-cabodesantoagostinho.gif
Mandato 1982 - 1985
Deputado estadual de Pernambuco Bandeira de Pernambuco.svg
Mandato 1990 - 1994
Prefeito de Cabo de Santo Agostinho Bandeira-cabodesantoagostinho.gif
Mandato 1996 - 2000
Prefeito de Jaboatão dos Guararapes Bandeira JaboataodosGuararapes Pernambuco Brasil.svg
Mandato 1 de janeiro de 2009 - (presente)
Antecessor(a) Newton Carneiro
Vida
Nascimento 8 de Dezembro de 1951 (62 anos)
Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco
Dados pessoais
Partido Partido da Social Democracia Brasileira
Profissão contabilista

Elias Gomes da Silva nasceu em 08/12/1951, no Engenho Buranhém, em terras do município do Cabo de Santo Agostinho. Grande parte da sua juventude residiu no Distrito de Ponte dos Carvalhos, casando-se posteriormente nesta mesma localidade. Concluiu o Curso Técnico em Contabilidade, tornando-se um profissional exemplar e atuante. Lecionou em vários colégios do município, entre eles, o Colégio Normal Santo Agostinho

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 1976 foi eleito vereador da cidade do Cabo de Santo Agostinho-PE, destacando-se em defesa das lutas populares, estimulando as organizações sociais e ao tempo em que se destacava na tribuna da câmara pela sua combatividade e fiscalizando exemplarmente o poder executivo municipal; apresentando inovadoras proposições, trazendo à tribuna temas de relevância nacional e destacando-se, já naquela época, em defesa da reforma urbana e rural.

Em 1982 foi eleito prefeito do Cabo de Santo Agostinho, destacando-se neste primeiro mandatos (1983 a 1988) pela realização de uma gestão democrática e participativa, A partir daí, Elias Gomes destacou-se no cenário estadual como um administrador sério, honesto e competente sendo eleito em 1990 Deputado Estadual pelo PMDB, assumindo de imediato a liderança da oposição naquela Casa Legislativa. Sua atuação como líder foi baseada na combatividade, no diálogo propositivo e em defesa da autonomia da Assembléia Legislativa, sendo premiado pela sua ação destacada em defesa do fortalecimento e desenvolvimento da cultura em nosso estado, com o troféu Leão do Norte.

Em 1994 assumiu a Administração do Arquipélago de Fernando de Noronha, levantando a sua voz em defesa da institucionalização do Arquipélago que passava por uma traumática transição de Território Federal para Distrito Estadual de Pernambuco. Durante a sua administração foi realizada a 1ª Eleição da história daquele Arquipélago, sendo implantado o seu 1º Parlamento Distrital. Realizou ainda o 1º Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável com a mais ampla participação de todos os segmentos sociais, institucionais e governamentais, em níveis estadual e federal e da Assembléia Legislativa do Estado. Hoje Noronha ainda colhe os frutos de sua passagem pelo arquipélago e por todas estas conquistas e lutas, Elias Gomes foi agraciado com o título de Cidadão Noronhense.

Em 1996 Elias Gomes foi eleito novamente prefeito do Cabo de Santo Agostinho, cargo para o qual foi também reeleito em 2000. Neste período de oito anos (1997-2004) a administração de Elias Gomes na Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho ganhou reconhecimento em várias áreas e Elias consolidou sua imagem de gestor competente e sério.

Foi na gestão de Elias Gomes que o Cabo de Santo Agostinho tornou-se o primeiro município do país a ter 100% de suas crianças em idade escolar na sala de aula. Para isso, foi matricular crianças em suas casas, em alguns casos contra a vontade dos pais, que depois reconheceram o valor da educação e o empenho de Elias Gomes.

Para que todas as crianças fossem matriculadas, Elias mobilizou a sociedade e contou com o apoio das diversas entidades envolvidas com a educação e até mesmo do Ministério Público, da Justiça e das igrejas. Pelo seu compromisso e pela atenção dada à educação Elias Gomes recebeu do Unicef o título de Prefeito Amigo da Criança.

Desenvolvimentista, Elias Gomes ganhou o prêmio de Prefeito Empreendedor, do Sebrae, com a construção do Mercadão, empreendimento que organizou a antiga feira livre num espaço que se transformou também em pólo de lazer e é um dos cartões postais da cidade.

Na área da saúde, Elias Gomes reduziu em mais de 60% a taxa de mortalidade infantil e com o programa Saúde em Casa, levou atendimento médico para os lares de mais de 100 mil cabenses, o equivalente a mais de dois terços da população, na época. No campo da economia, a atuação de Elias Gomes foi decisiva junto ao Governo do estado e outras instituições para a atração de importantes empreendimentos no município, notadamente no Complexo de Suape. Diversas indústrias e empresas prestadoras de serviços se instalaram no Cabo de Santo Agostinho gerando emprego e renda para os cabenses. Milhares de jovens freqüentaram dezenas de cursos profissionalizantes, preparando-se para concorrer às vagas geradas.

Acompanhando o desenvolvimento social e econômico do município, na gestão de Elias Gomes, toda a infra-estrutura foi ampliada. Dezenas de ruas e avenidas foram calçadas, água, saneamento e energia elétrica chegaram a milhares de residências, melhorando a vida de grande parte da população cabense.

Durante a gestão de Elias Gomes o Cabo de Santo Agostinho cresceu e se desenvolveu, tornando-se uma das cidades mais promissoras de Pernambuco. Naquele período foram criadas as condições para que, nos dias de hoje, o município continue a se desenvolver.

Após concluir seus dois mandatos consecutivos de prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Elias Gomes foi nomeado Secretário Estadual de Justiça e Direitos Humanos pelo então governador Jarbas Vasconcelos. Durante um (01) ano em que permaneceu à frente da Secretaria, Elias Gomes teve sua administração marcada por intensa articulação com os movimentos sociais, com o Ministério Público, a OAB, organizações não-governamentais, universidades e fundações. Foram desenvolvidos ações e programas pioneiros no país que colocaram claramente a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos a serviço dos que mais necessitam e a credenciaram como importante interlocutora desses segmentos junto ao Governo do Estado.

Os Núcleos de Prevenção e Mediação de Conflitos ressaltam a criatividade e a participação popular nas ações da Secretaria. Centenas de facilitadores comunitários atuam voluntariamente na solução de pequenos conflitos em seus bairros. As Centrais de Penas Alternativas deram oportunidade a pessoas que cometeram pequenos delitos de repararem suas faltas sem ter que ir para o presídio.

A Defensoria Pública mais que dobrou o atendimento, assegurando justiça a milhares de cidadãos e cidadãs do Estado. O Programa Mutirão da Cidadania atendeu em média 600 pessoas em cada dia de trabalho nas diversas localidades espalhadas por todo o estado, levando documentação grátis à população.

O Movimento Popular de Justiça e Direitos Humanos percorreu diversas localidades de Jaboatão e Cabo de Santo Agostinho com a proposta de construir uma consciência cidadã. Milhares de moradores foram beneficiados com atendimento jurídico, mediação de conflitos e emissão de documentos como carteira de identidade, registro de nascimento e carteira do trabalho. Atualmente Elias Gomes é filiado ao PSDB e membro do Diretório Municipal do partido em Jaboatão.

Em outubro de 2008, foi eleito prefeito de Jaboatão dos Guararapes com 156.108 votos, 53,62% dos válidos. Em 2012, se reelegeu no primeiro turno, com mais de 60% dos votos válidos. [1]

Referências[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Newton Carneiro
Prefeito de Jaboatão dos Guararapes
2009atualidade
Sucedido por
-