Elinor Ostrom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Elinor Ostrom Medalha Nobel
Ciência política, economia pública
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Nascimento 7 de agosto de 1933
Local Los Angeles
Morte 12 de junho de 2012 (78 anos)
Atividade
Campo(s) Ciência política, economia pública
Instituições Universidade de Indiana,
Universidade do Estado do Arizona
Alma mater Universidade da Califórnia em Los Angeles
Prêmio(s) Prêmio John J. Carty (2004), Nobel prize medal.svg Nobel de Economia (2009)

Elinor Ostrom (Los Angeles, 7 de agosto de 1933Bloomington (Indiana), 12 de junho de 2012[1] ) foi uma politóloga e economista política estadunidense.

Recebeu o Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel de 2009, juntamente com Oliver Williamson, pela análise da governança econômica, especialmente dos bens comuns. Foi a primeira mulher a receber este prêmio.

Formada em ciência política pela Universidade da Califórnia em Los Angeles, desenvolveu uma linha de pesquisa sobre os bens comuns, influenciada pela nova economia institucional. Seu trabalho descreve a formação de uma relação sustentável entre o homem e os ecossistemas, através de arranjos institucionais que se desenvolveram ao longo de milhares de anos.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Paul Krugman
Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel
2009
com Oliver Williamson
Sucedido por
Peter Diamond, Dale Mortensen e Christopher Pissarides


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.