Em Chamas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Catching Fire
Em Chamas
Capa da edição americana.
Autor (es) Suzanne Collins
Idioma inglês
País  Estados Unidos
Género Aventura
Distopia
Ficção científica
Ação
Série The Hunger Games
Ilustrador Tim O'Brien
Editora Scholastic
Lançamento 1 de setembro de 2009
Páginas 392
ISBN ISBN 978-0-439-02349-8
Edição portuguesa
Tradução Jaime Araújo
Editora Editorial Presença
Lançamento outubro de 2010
Páginas 268
ISBN 978-972-23-4442-5
Edição brasileira
Tradução Alexandre D'Elia
Editora Rocco
Lançamento 2011
Páginas 416
ISBN 978-85-7980-064-1
Cronologia
Último
Último
The Hunger Games
Mockingjay
Próximo
Próximo

Em Chamas (Catching Fire, no original) é um romance para jovens adultos escrito pela norte-americana Suzanne Collins. O segundo da trilogia The Hunger Games, é precedido pelo livro homônimo da série e seguido por Mockingjay, e foi originalmente publicado nos Estados Unidos em 1 de setembro de 2009 pela editora Scholastic,[1] e lançado em Portugal e no Brasil, respectivamente, em outubro de 2010 pela Editorial Presença e no primeiro semestre de 2011 pela Rocco.[2] Ele continua a história de Katniss Everdeen na ficcional nação Panem, na qual uma rebelião contra a opressiva Capital é iniciada, e Katniss e Peeta são obrigados a participar de uma edição especial dos Jogos Vorazes.

Ele foi lançado também como audiolivro e livro digital, e recebido de forma geralmente positiva pelos críticos especializados. A adaptação cinematográfica da obra irá estrear primeiramente no Brasil em 15 de novembro de 2013, enquanto será exibida nos Estados Unidos e em outros países no dia 22 do mesmo mês.[3]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Depois de vencer a 74ª edição dos Jogos Vorazes, Katniss Everdeen e Peeta Mellark voltam para o Distrito 12, onde passam a viver na área dos vitoriosos. No dia em que os dois vão começar uma turnê feita anualmente pelos vencedores, Katniss é visitada pelo presidente Snow, que comanda Panem; ele deixa claro que ela está em risco por ter quebrado as regras dos Jogos e feito com que fosse possível que ela e Peeta vencessem, o que foi considerado por todos um desafio à Capital e inspirou o início de levantes nos distritos. Para evitar que ela e as pessoas que ama sejam punidas, Katniss precisa convencer a todos de que o único motivo de não ter tentado vencer os Jogos sozinha foi estar apaixonada por Peeta.

Durante a primeira parada da turnê, o Distrito 11, casa da antiga aliada de Katniss nos Jogos, Rue, há uma confusão quando um idoso canta uma melodia que Rue usava para dizer a Katniss que estava bem e todos a saúdam com um sinal típico do Distrito 12. Os Pacificadores, a polícia de Panem, desaprovam o ato e o idoso é assassinado, o que é seguido por um tumulto. Depois de ter visitado todos os outros distritos, Peeta pede Katniss publicamente em casamento e ela aceita, esperando que isso seja o suficiente para o presidente Snow, mas ele diz que não é. Depois de voltar para o Distrito 12, Katniss encontra duas fugitivas do Distrito 8, que lhe contam que seu distrito se rebelou e que as duas estão indo em direção ao Distrito 13, pois têm esperança de que sua destruição tenha sido inventada pela Capital e que lá existam pessoas que possam ajudá-los. O presidente Snow anuncia que, para o novo "Massacre Quaternário", Jogos Vorazes especiais que ocorrem a cada vinte e cinco anos, os enviados de cada distrito serão vinte e quatro antigos vencedores. Como é a única vencedora feminina do Distrito 12, Katniss é enviada, e, quando Haymitch é sorteado como o tributo masculino, Peeta se voluntaria para ir em seu lugar. Em sua entrevista com Ceasar Flickerman, Katniss usa um vestido de noiva, criado por seu estilista Cinna. Ao mostrar o vestido para a platéia, este queima revelando um vestido com a aparência de um Tordo, o símbolo de Katniss. A Capital entende isso como mais um ato de rebelião, o que faz o estilista criador do vestido, Cinna, ser morto antes de Katniss entrar na arena. Na entrevista de Peeta, para proteger Katniss, ele inventa que os dois se casaram e que Katniss está grávida.

Quando os Jogos começam, Katniss e Peeta acabam se aliando a Finnick Odair, que venceu os Jogos dez anos antes, quando tinha quatorze anos de idade, e Mags, uma voluntária de oitenta anos, ambos do Distrito 4. A arena é formada por uma área de praia e floresta, cercada por campos de força. Mais tarde, depois de receberem diversos ataques planejados pelos Idealizadores e também se aliarem ao casal Beetee e Wiress do Distrito 3 e a Johanna Mason do Distrito 7, eles descobrem que funciona como um relógio, em que em cada hora há um ataque em uma parte diferente. Com Mags e Wiress mortas, Beetee arma um plano que iria supostamente eletrocutar os outros tributos, mas é usado para destruir o campo de força ao redor da arena, quando Katniss tem a ideia de lançar uma flecha no campo de força do teto. Machucada, Katniss desmaia. Ao acordar, ela descobre que tudo era um plano conhecido por alguns dos outros tributos para tirá-los de lá, e que eles estão indo para o Distrito 13, que realmente ainda existe. Descobre também que Johanna e Peeta foram capturados pela Capital, o que a deixa transtornada, pois queria protegê-lo. Gale visita Katniss e lhe informa que ele conseguiu fugir com sua família e a dela que agora estão escondidos de toda a Capital e Panem, devido ao Distrito 12 inteiro ter sido bombardeado pela Capital e não existir mais.

Temas[editar | editar código-fonte]

Um dos principais temas do livro é sobrevivência.[4] Outro tema central é interdependência versus independência. Um crítico notou, "No segundo livro de The Hunger Games, Katniss e Peeta são definitivamente interdependentes. Eles estão ajudando um ao outro para sobreviver. Na verdade, eles querem que o outro sobreviva mais do que querem a si mesmos".[5]

O controle do governo também é destaque durante o livro, assim como em toda a trilogia. Depois de acabar com a primeira rebelião, a Capital cria regras para restringir e controlar a vida dos cidadãos dos distritos. Por exemplo, o modo como "os 75º Jogos Vorazes contam com 'novas' regras que fazem com que Katniss e Peeta sejam colocados em perigo outra vez. Mais 'Pacificadores' são espalhados pelos distritos para acabar com qualquer esperança que as pessoas começaram a ter depois dos últimos Jogos Vorazes".[5] Outros temas contidos no livro são moralidade, obediência, sacrifício, redenção e amor.[4]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Em Chamas recebeu críticas geralmente positivas. O Publishers Weekly escreveu que "Mesmo que esse segundo livro passe tempo demais recapitulando eventos do primeiro, ele não desaponta quando chega nos momentos de grande ação que os leitores estavam esperando".[6] A Booklist falou sobre como "uma prosa sem adornos fornece uma janela aberta para a estimulação perfeita e uma construção de mundo eletrizante".[4] O New York Times também publicou uma resenha positiva, no qual dizia que "Collins fez algo raro. Ela escreveu uma sequência que é melhor que o primeiro livro. Como leitor, me senti entusiasmado e até mesmo esperançoso: é possível que essa série e esses personagens estejam realmente isso para algum lugar?" e comentou sobre como Katniss está mais "sofisticada" nesse livro.[7] The Plain Dealer escreveu que "A última sentença de Em Chamas vai deixar os leitores arquejando. Sem mencionar loucos pela terceira parte".[8]

No entanto, nem todas as críticas foram positivas. A mesma resenha do The Plain Dealer fala sobre o quando achou entediante o início: "Depois de 150 páginas de hesitamento romântico, eu estava morrendo de vontade de seguir em frente".[8] O Entertainment Weekly chamou o livro de mais fraco que o primeiro, dizendo que "Katniss finge estar apaixonada pelo seu companheiro nos Jogos, o naturalmente encantador Peeta Mellark, mas está secretamente considerando Gale, um amigo de infância. Exceto - por quê? Há pouca distinção entre os dois rapazes, além do fato de Peeta ter um nome mais embaraçoso. Collins não evoca nenhuma da energia erótica que faz de Crepúsculo, por exemplo, tão assustadoramente sedutor".[9]

A revista Time elegeu Em Chamas o quarto melhor livro de ficção de 2009,[10] enquanto a People o considerou o oitavo melhor do ano.[11] Ele recebeu o prêmio de melhor livro do ano de 2009 da Publishers Weekly.[12]

Adaptação cinematográfica[editar | editar código-fonte]

A adaptação para o cinema de Em Chamas estreou mundialmente em 22 de novembro de 2013 (exceto aos brasileiros, na qual a estreia deve-se mais cedo, 15 de novembro) , com o título The Hunger Games: Catching Fire (no Brasil: Jogos Vorazes: Em Chamas, em Portugal: Jogos da Fome 2).[13] Francis Lawrence dirigiu o filme,[14] que começou a ser filmado no verão americano de 2012, e terminou pouco antes de janeiro de 2013, quando a intérprete de Katniss, Jennifer Lawrence, começou a filmar a continuação de X-Men: First Class.[15] O roteirista Michael Arndt (Toy Story 3, Little Miss Sunshine) assina o roteiro ao lado de Simon Beaufoy (Slumdog Millionaire, 127 Horas).[16] Além de Lawrence, no elenco ainda estão Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Woody Harrelson, Elizabeth Banks, Lenny Kravitz, Stanley Tucci, Jena Malone, Sam Claflin e Donald Sutherland.[17] Além de ter sido o número um nos Estados Unidos, alcançou uma marca estrondosa e percorreu o mundo com sucesso. O segundo filme da franquia recebeu vários prêmios e superou recordes de filmes e sagas anteriores.

Referências

  1. The Hunger Games. Scholastic. Página visitada em 9 de março de 2009.
  2. Em Chamas (Vol. 2). Livraria da Folha. Página visitada em 7 de abril de 2012.
  3. Weinstein, Joshua L (8 de agosto de 2011). The Hunger Games Sequel Set for 2013 Release. The Wrap. Página visitada em 15 de agosto de 2011.
  4. a b c Chipman, Ian. Booklist Catching Fire Review. Booklist. Página visitada em 21 de julho de 2010.
  5. a b Dill, Margo (15 de julho de 2010). Novel Study Guides : Themes in Catching Fire by Suzanne Collins. Página visitada em 22 de julho de 2010.
  6. Children's Book Reviews: 6/22/2009. Publishers Weekly (22 de junho de 2009). Página visitada em 29 de junho de 2009.
  7. Zevin, Gabrielle. "Constant Craving", The New York Times, 9 de outubro de 2009. Página visitada em 21 de julho de 2010.
  8. a b Welch, Rollie (6 de setembro de 2009). 'Catching Fire' brings back Suzanne Collins' kindhearted killer: Young Readers. The Plain Dealer. Página visitada em 21 de julho de 2010.
  9. Reese, Jennifer (28 de agosto de 2009). Catching Fire (2009). Entertainment Weekly. Página visitada em 21 de julho de 2010.
  10. "The Top 10 Everything of 2009", Time, 18 de dezembro de 2009. Página visitada em 10 de janeiro de 2010.
  11. People Magazine's Top Ten Books of 2009. BookGuide (janeiro de 2010). Página visitada em 7 de novembro de 2010.
  12. Grossman, Lev (8 de dezembro de 2009). Scholastic Catching Fire page. Página visitada em 22 de julho de 2010.
  13. Weinstein, Joshua L (8 de agosto de 2011). The Hunger Games Sequel Set for 2013 Release. The Wrap. Página visitada em 15 de agosto de 2011.
  14. Staskiewicz, Keith (3 de maio de 2012). Francis Lawrence confirmed as 'Catching Fire' director. Entertainment Weekly. Página visitada em 3 de maio de 2012.
  15. 'X-Men' Sequel to Shoot in January, Avoiding Conflict for 'Hunger Games' Star Jennifer Lawrence. Hollywood Reporter (5 de abril de 2012). Página visitada em 16 de abril de 2012.
  16. Kit, Borys (5 de maio de 2012). Michael Arndt in Talks to Re-Write 'Hunger Games' Sequel 'Catching Fire' (Exclusive). Hollywood Reporter. Página visitada em 6 de maio de 2012.
  17. Bruno Carmelo. Jogos Vorazes - Em Chamas : Elenco, atoreS. AdoroCinema. Página visitada em 4 de novembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]