Emblema da República de Moçambique

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasão de Moçambique
Brasão de Moçambique
Detalhes
Adoção 1929

O emblema da República de Moçambique foi estabelecido após a independência do país de Portugal. Devido às ligações do movimento de independência nos anos 1970 com o comunismo internacional do perído da Guerra Fria, o brasão é baseado nos elementos gráficos do antigo brasão de armas da União Soviética.

O brasão de armas de Moçambique tem como elementos centrais um livro aberto sobre o qual se cruzam uma arma e uma enxada, estando o conjunto disposto sobre o mapa de Moçambique como se estivesse a ser olhado a partir do Oceano Índico. Por baixo do mapa está representado o mar e por cima o sol nascente, de cor avermelhada sobre um campo dourado delimitado por uma roda dentada. À direita e à esquerda deste conjunto encontram-se, respectivamente, uma planta de milho, com uma maçaroca e uma planta de cana de açúcar e, entre elas, no topo uma estrela vermelha fimbriada de ouro. Por baixo encontra-se uma faixa presidencial vermelha com os dizeres “República de Moçambique”.

O significado destes símbolos, segundo a constituição da República de Moçambique, é o seguinte:

Brasões históricos[editar | editar código-fonte]

Bandeira de Moçambique Moçambique
Bandeira • Brasão • Hino • Cultura • Demografia • Economia • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Turismo • Imagens
Ícone de esboço Este artigo sobre heráldica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.