Emergência de Áden

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emergência de Áden
Parte da(o) Guerra Fria
LocationSouthYemen.png
A localização do Protetorado de Áden
Data 10 dezembro de 1963 - 30 de novembro de 1967
Local Protetorados Ocidental e Oriental, Protetorado de Áden, Oriente Médio
Desfecho Retirada britânica
Criação da República Popular do Iêmen do Sul
Combatentes
 Reino Unido
Flag of the Federation of South Arabia.svg Federação da Arábia do Sul
FLN
FLISO

Apoiados por
Egito Egito
Iémen República Árabe do Iêmen

Principais líderes
Reino Unido Harold Wilson
Reino Unido Gp Capt Michael Beetham
Reino Unido Lt-Col Colin Campbell Mitchell
Qahtan Muhammad al-Shaabi (NLF)
Abdullah al Asnag (FLOSY)

A Emergência de Áden, de Adem ou de Adém foi uma insurgência contra as forças da coroa britânica nos territórios controlados pelos britânicos no sul da Arábia, que atualmente fazem parte do Iêmen. Em parte inspirado pelo nacionalismo pan-árabe de Gamal Abdel Nasser, começou em 10 de dezembro de 1963 com o lançamento de uma granada em uma reunião de oficiais britânicos no Aeroporto de Aden. Um estado de emergência foi declarado em seguida, a colônia da coroa britânica de Áden e sua hinterlândia, o Protetorado de Áden. A emergência aumentou em 1967 e acelerou o fim do domínio britânico no território que havia começado em 1839. Em 30 de novembro de 1967, as forças britânicas se retiraram e a independente República Popular do Iêmen do Sul foi proclamada.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Naumkin, Vitaly, Red Wolves of Yemen: The Struggle for Independence, 2004. Oleander Press. ISBN 0-906672-70-8
  • Walker, Jonathan, Aden Insurgency: The Savage War in South Arabia 1962-67 (Hardcover) Spellmount Staplehurst ISBN 1-86227-225-5

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]