Emirado de Córdova

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Emirado de Córdova
756 – 929
Localização de Emirado de Córdova
Território do Emirado de Córdova (verde)
Continente Europa
Região Península Ibérica
Capital Córdova
Religião Islão
Governo monarquia
Período histórico Idades Média
 • 756 Fundação
 • 929 Dissolução

O Emirado de Córdova (em árabe أمير قرطبة, Imārat Qurṭuba) foi um emirato independente que existiu na Península Ibérica entre 756 e 929. Sua capital era Córdova (Córdoba).

Após a conquista pelos muçulmanos, entre 711 e 718, o território ibérico foi transformado em província do Califado Omíada, cuja sede era Damasco. Em 750, os omíadas caíram numa revolta e foram sucedidos pelos abássidas, que massacraram os membros da dinastia anterior. Um dos omíadas - Abderramão I - escapou do massacre e em 756 chegou a Al-Andalus (a Península Ibérica muçulmana). Após conquistar Córdova, Abderramão fundou o emirado e conseguiu a independência de Bagdad - sede do Califado abássida - em 773.

O Emirado durou até 929, quando o emir Abderramão III se auto-proclamou califa, fundando o Califado de Córdova.

Emires[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.