Emmanuel Tremellius

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emmanuel Tremellius (1510 - 1580)
Frontispício da tradução latina do Antigo Testamento feita por Tremellius,
porém, publicada por volta de 1590

Johannes Immanuel Tremellius (1510-1580) (sinonímia: Giovanni Emmanuele Tremellio, Emmanuel Tremellius) (Ferrara, em 1510 -Sedan, no dia 9 de outubro de 1580 foi um hebraísta e tradutor da Bíblia italiano.

Vida[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Ferrara, e foi educado na Universidade de Pádua. Por volta de 1540 converteu-se à fé católica por influência do cardeal Reginald Pole, mas abraçou o Protestantismo no ano seguinte, e foi para Estrasburgo para ensinar hebraico.

Devido à Guerra de Esmalcalda1 na Alemanha ele foi compelido a buscar asilo na Inglaterra, onde passou a residir no Palácio de Lambeth com o Arcebispo Cranmer em 1547. Nessa época ele deu aulas de hebraico na Universidade de Cambridge. Em 1549 ele sucedeu Paulus Fagius (1504-1549) como Regius professor de Hebraico em Cambridge.

Por ocasião da morte de Eduardo VI da Inglaterra ele voltou para a Alemanha em 1553. Na cidade de Zweibrücken foi preso como Calvinista2 . Tornou-se professor de estudos bíblicos da Universidade de Heidelberg em 1561, e permaneceu lá até ser liberado de seu posto em 1577. Por fim, encontrou refúgio no Colégio de Sedan3 , onde passou seus últimos anos.

Tremellius traduziu o Antigo Testamento diretamente do hebraico, renovando assim a versão tradicional da Vulgata. Sua conversão para o Protestantismo se deu por influência de Pietro Martire Vermigli4 que lhe fez conhecer o pensamento de João Calvino.

Obras[editar | editar código-fonte]

A sua principal obra literária foi a tradução latina da Bíblia a partir do hebraico e do siríaco. A tradução do Novo Testamento apareceu em Genebra, no ano de 1569. As cinco partes relativas ao Velho Testamento foram publicadas em Frankfurt entre 1575 e 1579, em Londres em 1580 e em inúmeras outras edições posteriores. A obra foi associada à tradução de Franciscus Junius, O Velho, que era seu genro. Esta tradução era muito apreciada por John Milton5 . Ela foi usada por John Donne para a sua versão do Livro das Lamentações.

Tremellius também traduziu O Catecismo de Genebra de João Calvino para o hebraico (Paris, 1551), e também é autor de uma gramática caldaica e siríaca (Paris, 1569).

Referências Externas[editar | editar código-fonte]

  1. Guerra de Esmalcalda
  2. Jewish Encyclopedia
  3. Academia de Sedan
  4. Vida de Pietro Martire Vermigli
  5. William B. Hunter, John T. Shawcross (editors), Milton Encyclopedia (1981), p. 88.