Emmanuelle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde março de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Emmanuelle, ou Emanuelle, é a protagonista da série de filmes eróticos soft core franceses baseados na personagem criada por Emmanuelle Arsan no livro The Joys of a Woman.

História[editar | editar código-fonte]

A personagem apareceu pela primeira vez no filme Io, Emmanuelle em 1969 e era interpretada por Erika Blanc. Ela foi recriada mais tarde em 1974 no filme Emmanuelle e era interpretada pela holandesa Sylvia Kristel, provavelmente a atriz mais famosa pelo papel. O filme ultrapassou as barreiras do que era aceitável em filmes na época, com suas cenas de sexo, estupro, masturbação, mile high club (sexo em aviões) e uma cena onde uma dançarina fuma um cigarro com sua vagina usando técnicas de pompoarismo. Diferentemente de outros filmes que tentavam evitar uma classificação adulta do MPAA, o primeiro filme de Emmanuelle abraçou o gênero e tornou-se um grande sucesso internacional. O filme é, até hoje, um dos mais bem-sucedidos filmes franceses e chegou a ser exibido nos cinemas locais por anos.

Várias continuações, começando com Emmanuelle 2, também conhecido como Emmanuelle: the joys of a woman, foram produzidas com Kristel ainda no papel principal. A personagem também começou a aparecer em diversas outras produções feitas na Itália, no Japão e nos Estados Unidos. Em diversos casos, o nome da personagem foi escrito "Emanuelle", com um m a menos, sugerindo que essas produções não eram autorizadas.

Entre as sequências mais famosas, está uma série de filmes italianos estrelados por Laura Gemser. Também foi produzida, em 1978, na Grã-Bretanha, uma paródia à personagem com o título de Carry on Emmanulle, estrelando Suzanne Danielle no papel principal e coestrelando Kenneth Williams.

Sylvia Kristel parou de interpretar Emmanuelle nos anos 1980, dando lugar a atrizes mais jovens, embora ela continuasse a fazer aparições nos filmes seguintes no papel de uma Emmanuelle mais velha. Ela também estrelou vários filmes que faziam referências à sua imagem de Emmanuelle, como a comédia erótica estadunidense Private lessons. Em 1992, Sylvia Kristel retornou à série para sete episódios televisivos, com Marcela Walerstein no papel título e o sétimo volume, Emmanuelle au 7ème ciel (1993). A série e o filme foram assinados por Francis Leroi, diretor de Emmanuelle 4.

Uma das mais conhecidas atrizes a tomar o papel de Emmanuelle nos anos 1980 foi a atriz estadunidense Monique Gabrielle.

O nível de cenas explícitas variam nos vários filmes de Emmanuelle/Emanuelle, indo de praticamente inexistentes a totalmente explícitas. Emmanuelle V, de 1987, com Monique Gabrielle no papel da protagonista, foi lançado em duas versões: uma com as cenas de sexo soft core típicas da série e uma versão disponível unicamente em vídeo, onde foram inseridas várias cenas de sexo explícito. Monique Gabrielle, embora atriz pornô, não aparece nessas cenas.

A personagem de Arsan apareceu de várias formas diferentes nos últimos anos, incluindo uma série de ficção científica feita para tevê à cabo nos anos 1990 chamada Emmanuelle in space, estrelando a atriz e modelo estadunidense Krista Allen, na época em início de carreira. Embora Krista Allen, que depois foi estrela em Baywatch e em outros filmes, tenha dito que se arrepende de seus filmes adultos no papel de Emmanuelle, ela continua sendo vastamente identificada com a personagem.

No Brasil, os filmes de Emmanuelle ficaram famosos por sua exibição no bloco Cine Band Privé da rede Bandeirantes durante os anos 1990 e começo dos anos 2000, com as séries estreladas por Marcela Walerstein e Krista Allen. Sylvia Kristel, a mais famosa "Emmanuelle" no país durante muito tempo, visitou o Brasil quando da liberação do seu filme de 1974, que aconteceu em 1979. Durante os compromissos promocionais, foi convidada e participou de algumas cenas da telenovela da rede Globo Espelho Mágico, tendo como parceiro de cena Cicerone o personagem de Carlos Eduardo Dolabella.

A atriz holandesa Sylvia Kristel, que ficou famosa como a protagonista do filme erótico "Emmanuelle", de 1974, morreu na noite de quarta-feira 17 de outubro de 2012 vítima de câncer, informou a agência que administrava sua carreira.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Essa é uma filmografia dos filmes protagonizados por Emmanuelle até hoje. As ligações externas abaixo são para as páginas dos filmes na IMDB (Internet Movie Database):

Ligações externas[editar | editar código-fonte]