Empresa petrolífera nacional

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Edifício da Petrobras no Rio de Janeiro

Uma petrolífera nacional é uma petrolífera total ou maioritariamente propriedade de um Governo nacional. De acordo com a Administração da Informação de Energia dos EUA, as petrolíferas nacionais produzem cerca de 52% do petróleo a nível mundial e controlavam 88% das reservas comprovadas de petróleo em 2007. 1

Devido ao seu domínio crescente sob as reservas a nível global, a importância das petrolíferas nacionais relativamente petrolíferas internacionais, como a Aramco, NIOC, PEMEX, Petrobras, CNPC, Lukoil, Petarmina e Petronas, cresceu muito em relação às antigas empresas dominantes, as multinacionais privadas como a ExxonMobil, BP ou Royal Dutch Shell, processo este que se aprofundou dramaticamente nos últimos anos. As petrolíferas nacionais geralmente são estatais ou semi-estatais, mas também têm investido ada vez mais fora dos seus países de origem, atuando muitas vezes, como se fossem transnacionais típicas.

Eis uma lista das principais petrolíferas nacionais, segundo o país:

Algumas destas empresas tornaram-se companhias semi-estatais ou semi-privadas, quando parte de suas ações foram colocadas à venda no mercado de bolsas de valores. Atualmente, o modelo de semi-estatais predomina frente ao padrão de empresas 100% estatais.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Energy Information Administration. (2009). "Who are the major players supplying the world oil market?".