Endotoxina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Endotoxina é uma toxina que é parte integrante da parede celular de algumas bactérias e só é libertada após a destruição da parede celular da bactéria, nas Gram negativas é o LPS e menos frequente, nas Gram positivas, peptideoglicano. As endotoxinas são menos potentes e menos específicas que a maioria das exotoxinas. São também chamadas toxinas intracelulares. Causam febre e são moderadamente tóxicas. É um lipopolissacarídio componente da parede celular das bactéias gram-negativas.

São toxinas encontradas no interior da célula bacteriana, que são liberadas quando a célula rompe-se. Não são encontradas em filtrados livres de células de bactéria.

A condição caracterizada pela presença de endotoxinas no sangue é chamada de endotoxemia.

Referências[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.