Energia sonora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Dezembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Energia sonora é um tipo de energia que pode ser detectada pelo ouvido.

O som é produzido quando dois objetos em contato se movem em direções opostas; a perda simultânea do movimento dos objetos é convertida em som.[1] Basta haver movimento relativo, como quando os objetos movem-se na mesma direção, mas com velocidades diferentes.[1]

Alguns sons são produzidos, mas não são percebidos pelo ouvido humano, ou por serem muito fracos, ou por estarem muito distantes, ou por serem muito fortes.[1]

A vibração das cordas da guitarra e dos pratos da bateria produz, no ar sua volta, uma onda que chega aos nossos ouvidos.

Percepção do som[editar | editar código-fonte]

O som viaja aos nossos ouvidos como ondas sonoras, que são vibrações no ar. A energia sonora transforma-se em sinais elétricos no ouvido interno, que seguem por nervos até o cérebro e assim percebemos o som.

Referências

  1. a b c Arquitas de Tarento, Conversas, 1 [em linha]


Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.