Engenharia de reservatório

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Engenharia de reservatório é um ramo da engenharia de petróleo no qual se aplica os princípios científicos aos problemas de drenagem que surgem durante o desenvolvimento e produção de reservatórios de petróleo e gás natural, de modo a obter uma alta recuperação econômica.

As ferramentas de trabalho do engenheiro de reservatórios são geologia, matemática aplicada e os modelos computacionais, e as leis básicas da física e da química que regem o comportamento das fases líquida e vapor de petróleo bruto, gás natural e de água na rocha reservatório.

De interesse particular a engenheiros de reservatório é gerar estimativas precisas de reservas para uso em relatórios financeiros para órgãos reguladores de mercado de ações como por exemplo nos EUA o SEC. Outras responsabilidades de sua atividade incluem modelagem numérica do reservatório, previsão de produção, ensaio de poços, perfuração de poços e planejamento, modelagem econômica e análise PVT dos fluidos do reservatório.



Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de. Ajude e colabore com a tradução.


Referências[editar | editar código-fonte]

  • Craft, B.C. & Hawkins, M. Revised by Terry, R.E. 1990 "Applied Petroleum Reservoir Engineering" Second Edition (Prentice Hall).
  • Dake, L.P., 1978, "Fundamentals of Reservoir Engineering" (Elsevier)
  • Frick, Thomas C. 1962 "Petroleum Production Handbook, Vol II" (Society of Petroleum Engineers).
  • Slider, H.C. 1976 "Practical Petroleum Reservoir Engineering Methods" (The Petroleum Publishing Company).
  • Charles R. Smith, G. W. Tracy, R. Lance Farrar. 1999 "Applied Reservoir Engineering" (Oil & Gas Consultants International)

Ver também[editar | editar código-fonte]