Enoturismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde outubro de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde outubro de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Vinhedo na Alemanha

Enoturismo - Turismo do Vinho - é um segmento da atividade turística que se baseia na viagem motivada pela apreciação do sabor e aroma dos vinhos e das tradições e cultura da localidades que produzem esta bebida. Mais do que apenas "beber" vinho, o enoturista aprecia paisagens, utiliza os equipamentos de gastronomia, hotelaria e diversão, além de comércio local e outras prestações de serviço. O enoturismo deve envolver o visitante na cultura, nos detalhes da bebida, transformando a experiência a partir dos cinco sentidos. (VALDUGA, 2011). É o ver os vinhedos, ouvir as histórias, sentir o aroma dos vinhos, provar as delícias da gastronomia, tocar nas garrafas e texturas e dialogar com produtores. É uma atividade que não se refere exclusivamente ao espaço rural, há inúmeros roteiros enoturisticos urbanos e nem por isso deixam de ser enoturismo. Da mesma maneira, o enoturista não é, necessariamente, consumidor de vinhos, é interessado na produção e cultura que poderá se tornar consumidor.

Além de conhecer a história, cultura e tradições do local, o turista tem a chance de ver o modo de elaboração das viniculturas, com todas as etapas, entendendo o que compõe aquele produto.

Barris de Vinho na Itália

No Brasil, não são só turistas, mas excursionistas e moradores que desfrutam das diferentes rotas de enoturismo. E começa a ser referência mundial pela qualidade e variedade dos serviços. No Rio Grande do Sul são inúmeros atrativos. Vão do pampa à serra. A região da Campanha Gaúcha é uma das inovações, aliando paisagem, bioma e vinhos de qualidade. Além do reconhecido Vale dos Vinhedos, a Serra Gaúcha têm inúmeras opções como Rota dos Espumantes, Caminhos de Pedra, Pinto Bandeira, os vinhos de Flores da Cunha, Caxias do Sul. Vale também conhecer o Vale do Rio São Francisco (nordeste), região de São Roque (SP). As Serras Catarinenses também merecem destaque - combinar o frio com um grande vinho? Sensações inesquecíveis.

VALDUGA, Vander. Enoturismo no Vale dos Vinhedos. Unipampa, 2011.

Ícone de esboço Este artigo sobre Vinhos é um esboço relacionado ao Projeto Vinhos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.