Enrique Iglesias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Enrique Iglesias
Robin Wong Enrique 013.JPG
Informação geral
Nome completo Enrique Miguel Iglesias Preysler[1]
Também conhecido(a) como Principe do Pop Latino, Kike
Nascimento 8 de maio de 1975 (38 anos)[1]
Origem Madri, Espanha[1]
País  Espanha[1]
Gênero(s) Pop, Pop latino, Dance
Instrumento(s) Piano, violão, guitarra, bateria
Período em atividade 1995 - presente
Gravadora(s) Interscope
Afiliação(ões) Julio Iglesias, Sandy & Junior, Whitney Houston, Kelis, Ricky Martin, Juan Luis Guerra, Ciara, Pitbull, Nicole Scherzinger, Ludacris, Lil' Wayne, Usher
Página oficial Enrique Iglesias

Enrique Miguel Iglesias Preysler (Madrid, 8 de maio de 1975) é um ator, cantor e compositor espanhol. Enrique é filho de Julio Iglesias e da modelo filipina Isabel Preysler. O cantor hoje vive em Miami, Estados Unidos.

A carreira de Iglesias começou em 1995 na Fonovisa Records, quando Enrique tinha 19 anos. Ele se tornou um dos mais populares artistas da América Latina e no mercado latino dos Estados Unidos, vendendo mais álbuns latinos do que qualquer outro artista do período. Recebendo assim o título de Príncipe do Pop Latino pela Calçada da Fama de Hollywood onde foi agraciado com um estrela em 2008.

Ele emplacou dois hits na primeira posição da "Billboard Hot 100" e conseguiu o recorde de produzir 22 hits espanhóis em primeiro lugar na "Billboard Hot Latin Tracks". É o cantor com mais canções em primeiro lugar na "Billboard's Dance Charts", com nove músicas no topo da parada.[2] Ao longo de 16 anos de carreira, Enrique já vendeu cerca de 65 milhões de álbuns[3] e 60 milhões de singles, fazendo-o o artista espanhol que mais vendeu em todos os tempos, depois de seu pai. Tem uma fortuna estimada em US$ 500 milhões de acordo com o site MSN. E é vencedor de 173 prêmios, incluindo 2 Grammys, 16 Billboard Music Awards, 23 Billboard Latin Music Awards, 5 American Music Awards, 7 World Music Awards, 5 MTV Awards e 14 Premios Lo Nuestro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

1995-1996: Enrique Iglesias[editar | editar código-fonte]

Em 1995, lançou o seu 1º álbum auto-intitulado, uma coleção de baladas de rock, incluindo mega-hits como "Sí Tú Te Vas", "Experiência Religiosa" e outros. O álbum vendeu cerca de 3 milhões de cópias na primeira semana. Cinco singles foram lançados nesse álbum, "Por Amarte", "No Llores Por Mí" e "Trapecista" chegaram ao topo das paradas latinas. O álbum rendeu a Iglesias um Grammy para "Melhor Performance Pop Latina".

1997-1998: Vivir e Cosas Del Amor[editar | editar código-fonte]

O estrelato de Enrique continuou com o lançamento do álbum Vivir que o colocou no topo das paradas de sucesso, junto a outros superstars da música inglesa nas vendas do ano. O álbum também incluiu um versão cover da música do Yazoo, "Only For You", traduzida para o espanhol "Solo en Tí". Em 1997, iniciou a sua primeira turnê mundial, incluindo 78 shows em 13 países, sendo vistos por mais de 720 mil pessoas. O evento foi bem recebido pela crítica e foi considerado o maior realizado por um músico latino. Três singles foram lançado do disco Vivir, "Enamorado por Primeira Vez", "Solo en Tí" e "Miente" que chegaram ao topo das paradas latinas.

Iglesias com Ronald McDonald em 1999.

Em 1998, Iglesias lançou o seu 3º álbum Cosas del Amor. Tendo uma direção musical mais madura, o álbum contém populares singles como, "Esperanza" e "Nunca Te Olvidaré", os dois chegaram ao topo dos rankings musicais latinos e ajudou o seu status no cenário da música latina. Enrique fez uma pequena turnê para acompanhar o lançamento do álbum, com um show televisionado de Acapulco, México. Isso foi precedido de uma turnê mundial com 8 shows. "The Cosas del Amor Tour" foi o primeiro concerto da história patrocinado pelo McDonald's. No mesmo ano ganhou o American Music Award na categoria "Melhor Artista Latino" em que Ricky Martin e Los Tigres del Norte também foram indicados. A música "Nunca te Olvidaré" também foi usada na novela mexicana do mesmo nome (que ganharia versão brasileira, Jamais Te Esquecerei, exibida em 2003 pelo SBT). Nos últimos episódios ele fez uma aparição cantando a referida canção.

1999-2000: Enrique[editar | editar código-fonte]

Em 1999, Enrique já tinha um enorme sucesso no mercado da música inglesa. Nesse mesmo ano, ele fez uma contribuição para o filme Wild Wild West de Will Smith. Bailamos se tornou um hit numero 1. Depois do sucesso de Bailamos, várias gravadoras queriam contratar o cantor. Após semanas de negociações com a Interscope, Enrique finalmente gravou seu primeiro álbum todo em inglês, Enrique. O álbum pop, com algumas influências latinas, demorou 2 meses para ser finalizado e contém um dueto com Whitney Houston chamado "Could I Have This Kiss Forever" e um cover dá música de Bruce Springsteen, "Sad Eyes". O terceiro single do álbum, "Be With You", se tornou seu segundo número 1. O último single do álbum foi a música "You're My" regravado e lançado em territórios selecionados. Com essa música fez duetos com alguns cantores locais, como - Alsou na Rússia, Sandy & Júnior no Brasil e Valen Hsu na Ásia.

2001-2003: Escape[editar | editar código-fonte]

Enrique durante um show.

Enrique voltou em 2001 com o álbum Escape. Dessa vez procurava vender cada vez mais. O primeiro single do álbum, "Hero", se tornou um hit número 1 no Reino Unido e em alguns outros países. O álbum inteiro foi co-escrito por ele mesmo. Escape foi seu maior sucesso comercial até hoje. Os singles "Escape" e "Don't Turn Off" foram um grande sucesso. Uma segunda edição do álbum foi lançado internacionalmente e continha uma nova versão de uma das músicas favoritas de Enrique, "Maybe", que ganhou um dueto com Lionel Richie chamado "To Love a Woman".

Enrique mostrou o sucesso do álbum com a turnê "One-Night Stand World Tour" consistindo de 50 shows com os ingressos esgotados em 16 países. Incluindo Radio City Music Hall, em Nova York e três consecutivas noites no Royal Albert Hall, em Londres. A tour terminou com um enorme show no Estádio Nacional Lia Manoliu em Bucareste, Romênia. O concerto lançou a MTV Romêna, com o vídeo "Love to See You Cry" sendo o primeiro a ser mostrado no canal. A segunda parte da tour, "Don't Turn Off The Lights", foi completada no verão de 2002, com duas noites com ingressos esgotados no Madison Square Garden, em Nova York e outras duas no Auditório Nacional do México. A turnê terminou com um show no Coliseu Roberto Clemente em San Juan, Porto Rico.

2002-2003: Quizás[editar | editar código-fonte]

Iglesias em Vilnius, Lithuania, em 2007.

Retornando para sua língua nativa, em 2002, Enrique escolheu lançar seu 4º álbum espanhol chamado Quizás. Uma produção musical mais madura do que seus álbuns espanhóis precedentes, contendo canções mais introspectivas, a música com o título do álbum é uma canção sobre o relacionamento "esticado" que Enrique tem com seu famoso pai. O álbum estreou em #12 na Billboard 200, a maior colocação para um álbum espanhol da época. Quizás vendeu 1 milhão de cópias em uma semana, se tornando o álbum que vendeu mais rapidamente na Espanha em 5 anos. Os três singles lançados do álbum ficaram no topo das paradas latinas, dando a Enrique um total de 16 singles em 1º no chart. Por isso ele conseguiu o recorde de ter mais singles nº 1 na Billboard Latina. O úlitimo single do Quizás, "Para Que la Vida", conseguiu ser tocada 1 milhão de vezes nos Estados Unidos, a única música espanhola que alcançou o feito.

O vídeo da música "Quizás" foi o primeiro videoclipe espanhol a ser adicionado para a seleção do popular programa da MTV, Total Request Live. Enrique apresentou a música no programa The Tonight Show com Jay Leno, se tornando o primeiro a cantar uma música em espanhol no show, assim abrindo portas para outros artistas como Ricky Martin, Juanes e Jorge Drexler para apresentarem seus materiais espanhóis. Iglesias incluiu músicas do Quizás em sua "Don't Turn Off the Lights Tour", e o álbum rendeu-lhe um Grammy Latino de Melhor Álbum Vocal Pop".

2003-2006: 7[editar | editar código-fonte]

Em 2003, Enrique lançou seu 7º álbum, que se chamou 7, o segundo a ser co-escrito por ele mesmo. O álbum era mais inspirado na década de 1980, estrelando a música "Roamer", que foi escrita com seu amigo e por longo tempo guitarrista, Tony Bruno. O CD continha a música "Be Yourself", uma música sobre independência (o refrão fala sobre como os pais de Enrique não acreditavam que ele seria bem sucedido na sua carreira de cantor). O primeiro single foi a música "Addicted", que foi seguida de um remix da música "Not in Love", com uma participação da cantora Kelis. Com esse álbum, Enrique conseguiu a maior turnê mundial de sua carreira. A super divulgada turnê começou com 12 shows nos Estados Unidos e continuou em diversos países, a maioria em que ele nunca havia visitado, tocando para lotar as arenas e estádios na Austrália, Índia, Egito e Singapura antes de encerrar a tour na África do Sul.

2007-2008: Insomniac e Greatest Hits[editar | editar código-fonte]

Enrique lançou em 2007 seu 8º álbum, intitulado Insomniac. O primeiro single foi "Dou You Know? (The Ping Pong Song)". Ele estreou no número 2 no Bubbling Under Hot 100 Singles (O Bubbling Under Hot 100 Singles é geralmente visto como uma extensão da Billboard Hot 100) antes de debutar nos charts oficiais no número 33 (enventualmente tendo seu pico no número 21, seu maior hit no Hot 100 atualmente). A música também fez um pulo do número 49 ao 1º no Hot Latin Tracks. Algumas das gravações em destaque incluiam "Push", com a colaboração do rapper Lil' Wayne e também "Ring My Bells", uma música temperamental que Enrique escreveu em Los Angeles junto com dois de seus parceiros compositores favoritos, Kristian Lundin e Savan Kotecha. O álbum contém um cover da música "Tired of Being Sorry". Enrique Iglesias lançou sua tour promocional em Los Angeles com uma sessão de autógrafos na Virgin Megastore.

Enrique durante a Euphoria World Tour.

Enrique fez um novo videoclipe para "Tired of Being Sorry" que foi lançado somente na Europa. Ele fez uma aparição no programa da MTV, TRL, dizendo que "Push" ou "Somebody's Me" seriam o próximo single para os Estados Unidos e que ele e seu agente iriam pôr uma enquete na Internet para escolhorem qual seria a escolha mais popular. Apesar das pessoas de fóruns e Blogs musicais, posts do YouTube terem escolhido "Push", o agente de Iglesias resolveu ignorar isto e escolheu "Somebody's Me" para ser lançado. Em 4 de Julho, Enrique Iglesias se tornou o primeiro artista ocidental a fazer um concerto na Síria em três décadas, esgotando os ingressos. O single "Tired of Being Sorry" alcançou o Top 20 do Reino Unido e o primeiro na Finlândia.

Enrique lançou um álbum espanhol de seus maiores hits em 25 de Março de 2008, que irá incluir 17 músicas #1 e mais 2 músicas inéditas: O primeiro single, "Donde Estan Corazon", foi escrito pelo famoso argentino Coti. A outra música é chamada "Lloro Por Ti". Em 11 de novembro de 2008 foi lançado Greatest Hits com os singles em inglês e incluindo as inéditas "Away" e "Takin' Back My Love".

2010-presente: Euphoria[editar | editar código-fonte]

No início de 2010, Enrique foi um dos artistas colaboradores da nova versão de We Are the World.

Meses depois, ele anuncia seu primeiro álbum bilígue Euphoria, que contará com diversas parcerias, como Akon, Usher e Nicole Scherzinger. Os singles "Cuando Me Enamoro" e "I Like It" foram lançados com sucesso."I Like It", que conta com o rapper cubano Pitbull, foi lançado em 3 de maio de 2010 nos Estados Unidos e se tornou um sucesso, alcançando o número 4 na Billboard Hot 100. Após semanas na parada, chegou ao 1° lugar na Billboard Hot / Dance Club Play, tornando-se o número 7 em uma canção sobre o gráfico e também tornando-o o cantor com mais número de acessos empatando com Prince e Michael Jackson. No final do ano de 2010 Enrique também lançou o single "Tonight (I'm Fuckin' You)" na parceria do rapper Ludacris & Dj Frank E na versão Dirty, e "Tonight ( I'm Loving You )" na versão clean. A versão remix de "Dirty Dancer" com a participação de Usher e também de Lil' Wayne foi lançada como sexto single, seguido de "Ayer", o único single sem colaboração nos vocais.

Composição, produção e atuação[editar | editar código-fonte]

Enrique Iglesias em 6 de junho de 2010.

Iglesias já colaborou com o compositor Gut Chambers]para escrever "Un Nuovo Giorno", single do primeiro álbum pop de Andrea Bocelli. A música depois foi traduzida para o inglês chamando-se "First Day of My Life" e gravada pela Spice Girl Melanie C. A música se tornou um grande hit pela Europa e estreou em #1 em vários países. Enrique também escrevou o single "The Way" que foi cantada por Clay Aiken. 4 músicas foram co-escritas por Iglesias apareceram no atual álbum da banda inglesa The Hollies. Muitas vezes ele disse que enquanto ele não se aposentar ele quer escrever e produzir músicas para outros artistas.

Em 2000, Iglesias co-produziu um pequeno musical "off Broadway" (pequenos musicais apresentados em menores teatros do que os da Broadway na cidade de Nova York) chamado Four Guys Named Jose and Una Mujer Named Maria. No musical, quatro americanos de descendência latina possuem um comum interesse na música e decidem colocá-lo num show. O show continha muitas referências para várias músicas latinas clássicas e contemporâneas como as de Carmen Miranda, Selena, Richie Valens, Santana, Ricky Martin e o próprio Iglesias.

Enrique também demonstrou um interesse em atuação, estrelando ao lado de Antonio Banderas, Salma Hayek e Johnny Depp no filme de Robert Rodriguez - Once Upon a Time in Mexico (Era uma vez no México, em português) em que interpretou o personagem Lorenzo. Em 2007 ele teve um papel na sitcom Two and a Half Men. Ele diz que atuaria outra vez se o dessem papéis pequenos que coubessem entre seus compromissos musicais.

Também interpretou Gael, um massagista argentino, na sitcom How I Met Your Mother. Ele participa dos dois primeiros capítulos da 3ª temporada da série.

Ele também fez parte de um império romano mal no ambicioso comercial de TV da Pepsi, que patrocinou seu último tour mundial. Atuou ao lado de Britney Spears, Beyoncé e Pink que jogam as mesas contra ele no comercial.

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Enrique começou a namorar a tenista Anna Kournikova no final de 2001. Em junho de 2008, Iglesias disse ao Daily Star que ele havia se casado com Kournikova no ano anterior e que eles estão separados. No entanto, em uma entrevista com Graham Norton, em 2010, confirmou que ela e Enrique estão juntos há mais de oito anos, mas não têm planos de se casar em um futuro próximo. Enrique tem dois outros irmãos, Chabeli Iglesias e Julio Iglesias, Jr. Ele tem um tio que é 30 anos mais jovem do que ele e sua tia é 31 anos mais jovem. Enrique fez uma cirurgia em 2003 para remover uma verruga circular do lado direito de seu rosto, citando preocupações com possíveis que ao longo do tempo pode tornar-se cancerosas.

Em 2009, Enrique foi diagnosticado como sendo portador de Situs inversus.[4]

Em 26 de julho de 2011, no intervalo de um show realizado na Austrália, o cantor declarou possuir o menor pênis do mundo: "Eu possuo aparência de espanhol, mas na verdade tenho o menor pênis do mundo. Estou falando sério", afirmou em frente ao público. Depois da apresentação, o cantor declarou que estava sob efeito de álcool e antibióticos.[5]

Sua relação com seu pai, Julio Iglesias, nunca foi das melhores. Por isto, Enrique declarou publicamente que abrirá mão de toda a fortuna de seu pai (US$ 5 bilhões)[6] . A fortuna pessoal de Enrique está avaliada em US$ 500 milhões.[7]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Year Film Role Notes
2003 Once Upon a Time in Mexico Lorenzo Estréia em Hollywood
2007 America's Next Top Model Ele mesmo Convidado Especial
Live with Regis and Kelly Co-anfitrião
How I Met Your Mother Gael Convidado; 2 episódios: "Wait for It" e "We're Not from Here"
Two and a Half Men Fernando 4ª temporada; Episódio 23: "Anteaters. They're Just Crazy-lookin"
2011 The X Factor (U.S.) Ele mesmo Juiz convidado, juntamente com Nicole Scherzinger.

Turnês[editar | editar código-fonte]

  • Vivir World Tour (1997)[8]
  • Enrique World Tour (2000)
  • One Night Stand Tour (2002)
  • Insomniac World Tour (2007)
  • Greatest Hits Tour (2009)
  • Euphoria Tour (2010–12)
  • Enrique Iglesias & Jennifer Lopez Tour (2012)

Principais Premiações[editar | editar código-fonte]

Grammy Awards[editar | editar código-fonte]

1997

  • "Melhor Artista Latino"

Grammy Latino[editar | editar código-fonte]

2003

  • "Melhor Álbum Pop Masculino" por Quizás

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Enrique Iglesias


Referências