Entente dos Balcãs

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Entente (ou Pacto) dos Balcãs (português europeu) ou Bálcãs (português brasileiro) foi um pacto firmado em 9 de fevereiro de 1934 pela Iugoslávia, Romênia, Turquia e Grécia[1] para proteger a integridade territorial frente a pretenções anexionistas da Bulgária e Hungria. A Segunda Guerra Mundial deixou-lhe sem efeito.

Membros da Entente dos Bálcãs.

Pelo pacto, que visava manter o status quo geopolítico na região após a Primeira Guerra Mundial, os signatários concordaram em suspender todas as reivindicações territoriais disputadas contra uns aos outros e seus vizinhos imediatamente após o rescaldo da guerra e do aumento das tensões regionais entre as várias minorias étnicas. Outras nações da região que estiveram envolvidas na relacionada diplomacia recusaram a assinar o documento, incluindo a Itália, Albânia, Bulgária, Hungria e União Soviética. Os não-signatários tinham na maior parte governos com interesses de expansão territorial. O pacto tornou-se efectivo no dia em que foi assinado. Foi registrado pelo Tratado de Série da Liga das Nações em 1 de outubro de 1934 .[2]

O Pacto dos Bálcãs ajudou a garantir a paz entre a Turquia e os países independentes no sudeste da Europa, que fizeram parte do Império Otomano, sendo o mais importante a Grécia, mas não conseguiu travar a intriga regional que incentivou a intervenção militar da Alemanha, Grã-Bretanha e da União Soviética durante a Segunda Guerra Mundial.

Referências

  1. Pact of Balkan Agreement Between Yugoslavia, Greece, Romania and Turkey
  2. League of Nations Treaty Series, vol. 153, pp. 154-159.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Nicholas. Romania in Harm's Way (em ). [S.l.]: Columbia University Press (ed.), 2004. 251 pp. ISBN 9780880335461.
  • William S., Jr. Germany's Informal Empire in East-Central. Europe: German Economic Policy toward Yugoslavia and Rumania, 1933-1939 (em ). [S.l.]: Franz Steiner Verlag (ed.), 1988. 269 pp. ISBN 3515050051.
  • Frank C.. Germany and Yugoslavia 1933-1941: The German Conquest of Yugoslavia (em ). [S.l.]: East European Monographs (ed.), 1988. 162 pp. ISBN 9780880331418.
  • Seton-Watson, R. W.. (1937). "The Little and Balkan Entente" 15 (45). pp. . 553-576.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.