Enzio da Sardenha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Enzo Sardinie.jpeg

Enzio da Sardenha (ou Enzo, 1220-1272) foi um filho ilegítimo do imperador Frederico II do Sacro Império Romano-Germânico e de Adelheid Enzio e teve os títulos de Rei da Sardenha e de Vigário Imperial para o norte da Itália.

Enzio apoiou o seu pai contra o papa e as comunas do norte de Itália, onde o seu primeiro successfoi foi a reconquista de Jesi, em Marche, que era a cidade-natal de Frederico. Durante uma campanha para defender as cidades italianas gibelinas de Modena e Cremona contra Bolonha, que alinhava com os guelfos, Enzo foi derrotado e capturado a 26 de Maio de 1249 durante a Batalha de Fossalta, em Maio de mesmo ano. Com apenas 23 anos, Enzio é colocado numa prisão in Bologna in 1249 para o resto da vida, morrendo 24 anos depois, em, e o título de Rei da Sardenha é-lhe usurpado pelo marquês Palavicino. Depois da morte de Conradino, em 1268, ele foi o último representante dos Hohenstaufen.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Enzio da Sardenha