Epídoto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

1

Epídoto

O epídoto, Ca2(Al, Fe)3(SiO4)3(OH), é um mineral sorossilicato algumas vezes encontrado em rochas eruptivas associado à piroxena, albite, clorite, ao feldspato e ao quartzo. Tendo um grau de dureza próximo ao do quartzo (6,7). O nome epídoto é originário do grego epidosis "acrescimento". Pode ser chamado também de pistacita, por sua cor se assemelhar à do pistache.

O epídoto pode ser encontrado no Brasil, Áustria, EUA e Madagascar.

Fórmula Química - (Ca,Na,Fe)Al2O.Si3O11OH
Composição -  7,36 % Al2O3,  34,60 % Fe2O3, 34,71 % SiO2, 1,73 % H2O
Cristalografia - Monoclínico
        Classe - Prismática
Propriedades Ópticas - Biaxial negativo
Hábito - Acicular, tabular, granular.

Clivagem - Perfeita {001}, imperfeita {001}

Dureza - 6
Densidade relativa - 3,3 - 3,4
Brilho - Vítreo a resinoso
Cor - Verde, amarelo, vermelho, marrom, cinza, preto.
Associação - Frequentemente associado a quartzo, feldspato, actinolita, axinita, clorita e outros.

Propriedades Diagnósticas - Cor (em geral amarelo-esverdeado), longitudinalmente estriado, clivagem, decomposto parcialmente em HCl.

Ocorrência - Mineral tipicamente metamórfico e hidrotermal, ocorrendo em rochas como gnaisses, mica xistos, anfibolitos, serpentinitos, skarnitos; também ocorre em rochas como quartzitos, calcários e arenitos como produto de alteração. Ocorre em basaltos, por alteração de albita (espilitização). Descrito também em granitos.

Usos - Usado como gema.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um mineral ou mineraloide é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.