Epístola aos Colossenses

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Colossenses - é o nome pelo qual é conhecida a epístola que o apóstolo S. Paulo redigiu aos cristãos da Igreja situada em Colossos, uma cidade da Ásia Menor, aproximadamente no ano 60 da era comum, durante a sua prisão em Roma.

Motivo da escrita[editar | editar código-fonte]

O apóstolo Paulo escreveu aos colossenses depois que foi informado sobre a situação espiritual daquela Igreja através de Epafras, um colossense fundador e dirigente desta igreja, numa época em que falsos mestres tentavam combinar elementos do paganismo e da filosofia secular com as doutrinas cristãs, induzindo a um relativismo religioso.

Embora nunca tenha passado por Colossos, Paulo esteve em Laodiceia, em sua terceira viagem missionária (ver: Atos).

Conteúdo[editar | editar código-fonte]

O conteúdo desta epístola aborda a supremacia e a plena suficiência de Cristo. Alguns dos assuntos de maior relevância tratados na carta seriam:

1. A pessoa e obra de Cristo (Colossenses 1:15-23);
2. Advertências acerca das heresias e falsas doutrinas (Colossenses 2:8-23);
3. E a união do cristão com Cristo (Colossenses 3:1-4).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a Bíblia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.