Equação de Wheeler–DeWitt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Teoria quântica de campos
Feynmann Diagram Gluon Radiation.svg
(Diagramas de Feynman)
Histórica
Equações
Equação de Dirac
Equação de Klein–Gordon
Equação de Proca
Equação de Wheeler–DeWitt

Na física teórica, a Equação de Wheeler–DeWitt é uma equação derivada funcional mal definida para o caso geral, porém muito importante para a teoria da gravidade quântica.[1] A equação possui a forma de um operador que age numa função de onda, que se reduz numa função cosmológica. Ao contrário do caso geral, a equação de Wheeler–DeWitt é bem definida para espaços pequenos.

A equação foi proposta em 1967 por Bryce DeWitt e foi nomeada em homenagens aos físicos Bryce DeWitt e John Archibald Wheeler.[2]

Definição[editar | editar código-fonte]

A Equação de Wheeler–DeWitt pode ser escrita da seguinte forma

\hat{H}(x) |\psi\rangle = 0

onde \hat{H}(x) é o hamiltoniano restrito numa relatividade geral quantizada e |\psi\rangle é a função de onda relativa ao espaço de Hilbert.

A equação de Wheeler–DeWitt busca adaptar a equação de Schrödinger ao espaço-tempo curvo da relatividade geral.

Leitura recomendada[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. DeWitt, B. S.. (1967). "Quantum Theory of Gravity. I. The Canonical Theory". Phys. Rev. 160 (5): 1113–1148 pp.. DOI:10.1103/PhysRev.160.1113.
  2. Carlo Rovelli (2008). Notes for a brief history of quantum gravity (em inglês).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]