Equivalente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Equivalente (Eq ou eq) é uma medida de quantidade de matéria, sendo definida como a massa, em gramas, de uma substância que pode reagir com 6,022 * 10^{23} eletrons.[1]

6,022 * 10^{23} é o número de Avogadro, que é o número de partículas de um mol. Assim, o equivalente é a massa, em gramas, de uma dada substância que pode reagir com um mol de elétrons.

Equivalente é uma unidade utilizada em química e nas ciências biológicas. Traduz a tendência de uma substância a combinar-se com outras substâncias. É geralmente usada para determinar a normalidade.

Em outra definição, menos precisa, equivalente é o número de gramas de substância que pode reagir com um grama de hidrogénio atómico.

O equivalente poderia ser também formalmente definida através da quantidade de substância que irá:

  1. reagir com o fornecimento de uma mole de íons de hidrogênio (H^+) em uma reação ácido-base; ou
  2. reagir com ou fornecer um mol de elétrons em uma reação redox.[2] [3]

Os equivalentes são expressos em número de equivalente grama (nEqg).

Para cada tipo de substância, existe uma forma de se calculá-lo:

Ex.:H_2(SO_4) = 2 ~\text{Hidrogénios Ionizáveis} - 2 Eqg
Ex.:Al{(OH)}_3 = 3 Eqg
Ex.:NaCl  = Na^{1+} + Cl^{1-} = 1 Eqg

Outra definição, ainda mais imprecisa, descreve o equivalente como o número de gramas da substância que irá reagir com um grama de hidrogênio puro - o que é verdade, já que um grama de hidrogênio equivale a aproximadamente um mol, e o hidrogénio puro tem um elétron livre; assim, um grama de hidrogénio equivale aos elétrons).

Desse modo, o peso equivalente de uma dada substância é efectivamente igual à quantidade de substância em mols, dividido pela valência da substância.

Na prática, o peso equivalente tem muito pouca importância e, sendo assim, ele é frequentemente descrito em miliequivalente (mEq ou meq), sendo que o prefixo mili denota que a quantidade é dividida por 1000.

Com muita frequência, a medida é usada em termos de miliequivalência do soluto por litro de solvente (\frac{mEq}{L}). Isto é especialmente comum para a medida de compostos em fluidos biológicos. Por exemplo, o nível saudável de potássio no sangue humano é definido entre 3.5 e 5.0 ~ \frac{mEq}{L}.

Equivalentes têm vantagem sobre outras medidas de concentração (como o mol) na análise quantitativa das reações. O melhor de se usar equivalentes é que não há necessidade de estudar-se muito sobre a natureza da reação. Por exemplo, não é necessário analisar e balancear as equações químicas. Os equivalentes dos reagentes reagem em número igual aos equivalentes dos produtos.

No caso de reações químicas trabalhosas, são usados equivalentes (ou miliequivalentes).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Equivalente químico
  2. União Internacional de Química Pura e Aplicada. "equivalent entity". Compêndio de Terminologia Química Edição da internet.
  3. União Internacional de Química Pura e Aplicada (1998). Compendium of Analytical Nomenclature (definitive rules 1997, 3rd. ed.). Oxford: Blackwell Science. ISBN 0-86542-6155. seção 6.3. (em inglês)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  1. Gordon M. Brarrow, Fisico-quimica. Reverte, ISBN 8-585-00605-6.
  2. Paul Strathern, O Sonho de Mendeleiev: A verdadeira história da química, Zahar ISBN 8-537-80540-8
  3. GIOVANNI M. DE ARAUJO, Normas regulamentadoras comentadas, Gerenciamento Verde Editora ISBN 8-599-33131-0
  4. Sierieda I. p., I. P. Sierieda, Problemas de química, Reverte, 1979 ISBN 8-429-17496-6 (em espanhol)
Química A Wikipédia possui o:
Portal de Química
Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.