Eragon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Eragon
Eragon.png
Autor (es) Christopher Paolini
Idioma Português, inglês, entre outros.
País Estados Unidos
Assunto Ficção
Fantasia
Género Fantasia épica
Série Ciclo da Herança
Ilustrador Angela Paolini
Arte de capa John Jude Palencar
Editora Estados Unidos Random House
Brasil Editora Rocco
Portugal Edições Gailivro
Lançamento 2003
Páginas 465
ISBN 84-325-1848-6
Cronologia
Último
Último
Eldest
Próximo
Próximo

Eragon é um livro escrito pelo escritor norte-americano Christopher Paolini. Trata-se do primeiro livro do Ciclo da Herança, anteriormente conhecida como Trilogia da Herança.

Foi originalmente publicado pelo próprio autor. Depois foi publicado pela editora Alfred A. Knopf Publishing, tornando-se a partir daí um best-seller. Até 2005, Eragon já havia vendido cerca de 4 milhões de exemplares, em 38 países mundialmente[1] .

Embora tivesse concebido inicialmente as aventuras do Cavaleiro do Dragão Eragon em três volumes, o autor admitiu que, ao escrever aquele que seria o último volume, deu-se conta de que não conseguiria terminar a saga e responder a todas as questões deixadas nos dois primeiros títulos e, portanto, concluirá os passos do seu herói em mais um volume além do previsto e, assim, a Trilogia tornou-se o Ciclo da Herança.[2]

Resumo[editar | editar código-fonte]

Quando Eragon encontra na floresta uma pedra azul polida, acredita que teve sorte: poderá comprar carne para a família. Mas após lhe terem dito que a pedra não tinha valor, nasce dela um dragão azul, a que chama Saphira. Passam a ser metade um do outro, Cavaleiro e dragão. O seu primo Roran arranja trabalho noutra aldeia e os Ra'zac, seres monstruosos que parecem aves negras, vão à procura da pedra e matam o tio de Eragon, Garrow. Levado pela vingança, decide partir com Brom, o contador de histórias da aldeia, que era mais do que parecia e entrega a Eragon uma espada de Cavaleiro de dragão. Aprende a lutar e a fazer magia e conta com inesperados aliados. Em Teirm, a herbolária Angela lê-lhe o futuro. Galbatorix - o rei tirano - matara os cavaleiros e precisava de Saphira para criar uma nova Ordem à sua imagem, pois era a única fêmea. Dois dragões estavam por nascer, então Galbatorix estava interessado em Eragon. Por tudo isso, o rapaz deve decidir se será aliado do rei ou caçado até a morte. Mas quando chegam ao covil dos Ra'zac em Helgrind, têm de fugir, perseguidos por estes. É aí que começa uma corrida desesperada para levar o rapaz e o seu dragão em segurança até o grupo rebelde, denominado Varden, que tem um esconderijo nas Montanhas Beor, a morada dos anões, em Farten Dûr. No caminho Brom é morto numa emboscada pelos Ra'zac, e o Cavaleiro só é salvo graças a ajuda de Murtagh, um desconhecido que diz também odiar o rei Galbatorix. Eragon é preso e enquanto foge, leva consigo a elfo com que sonhara, Arya, mas Murtagh não queria ir ter com os Varden e é forçado a revelar porquê: Era filho de Morzan, primeiro e último dos Renegados, ainda que um aliado. Os três chegam aos Varden, juntam-se a estes e travam uma batalha entre os membros da resistência e um exército de Urgals (monstros liderados pelo espectro Durza, todos sob ordens do rei). Com a ajuda de Arya e Saphira, Eragon acaba por matar Durza e faz os Varden ganhar, mas fica com uma dolorosa cicatriz nas costas. Eragon é depois chamado pelo Imperfeito que é Perfeito, Sábio Pesaroso, um sábio que está em Du Weldenvarden, que o espera lá para que Eragon comece o seu treino e ascenda a um verdadeiro Cavaleiro do Dragão. E sim, Eragon decide ir.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Eragon - Um esperto e audaz rapaz de 15 anos (completa 16 durante o desenrolar do livro), com cabelos e olhos castanhos (embora no filme seja loiro) que vive no reino de Alagaësia. Encontra uma pedra azul na cordilheira de nome Espinha. Mais tarde ele descobre que não é uma pedra, e sim um ovo de dragão. Ao enconstar-se nele, o dragão deixa uma marca na sua mão, denominada "gedwëy ignasia", transformando assim Eragon num dos lendários Cavaleiros do Dragão. Em seguida ele junta-se a Brom e os Vardem para derrotar o poderoso rei de Alagaësia, Galbatorix.

Saphira - A dragão de Eragon e a sua melhor amiga. Possui escamas azuis e as suas asas são uma fina membrana de um azul safira brilhante. Saphira, apesar de mais nova do que ele, sente-se a sua protetora e herdou a sabedoria dos antigos dragões, sendo mais inteligente do que os humanos, embora alguns pensem que não passa dum monstro. Saphira é o primeiro dragão nascido desde que começou a ditadura de Galbatorix. Tem uma ligação mental com Eragon. Durante muito tempo, Saphira pensa ser o último dragão existente além de Shruikan ("dragão" de Galbatorix) e os dois ovos, embora no segundo volume da obra se descubra outro dragão chamado Glaedr.

Galbatorix - Galbatorix é o rei de Alagaësia, e embora já tenha sido um guerreiro bom, enlouqueceu por causa do poder. Numa viagem com dois amigos foi atacado por um grupo de Urgals, que assassinaram tanto os amigos como o seu dragão. Enlouquecido pela perda, vagueou pela Espinha por muito tempo matando tudo que encontrava. Quando foi encontrado e levado ao conselho dos Cavaleiros, exigiu um novo dragão mas o pedido foi negado. Fugiu dos cavaleiros e aprendeu magia negra com um espectro. Quando os Cavaleiros desistiram de procurar por ele, encontrou-se com um Cavaleiro chamado Morzan a que convenceu a ajudá-lo e juntos roubaram um dragão filhote, que Galbatorix, com ajuda da magia negra, forçou a unir-se a ele. Depois de treinar Morzan na magia negra e do seu dragão negro se tornar adulto, eles atacaram os Cavaleiros. Sendo muito poderoso, ele matou muitos e convenceu 12 Cavaleiros a se aliarem a ele, e, junto com Morzan eles ficaram conhecidos como Os Renegados. Depois de derrotar os Cavaleiros ele auto proclamou-se rei de toda a Alagaësia.

Murtagh – Um jovem forte e muito hábil com arco e espada que Eragon conhece durante sua jornada, durante uma emboscada armada pelos Ra'zac. Murtagh salva a vida de Eragon e Saphira, mas Brom recebe um ferimento que lhe custou a vida. Eragon e Murtagh tornam-se grandes amigos e decidem chegar juntos às montanhas Beor e encontrar os Varden, embora Murtagh segue com uma certa relutância por temer os Varden, pois Eragon descobre que Murtagh é filho de Morzan (e mais tarde, seu meio irmão). Mesmo odiando o seu próprio pai, pois o único presente que recebeu dele foi uma grande cicatriz nas costas feitas por Zar'roc, Murtagh é mantido em custódia pelos Varden, até que ele provasse ser fiel à causa contra Galbatorix. Murtagh não conhece os segredos da magia, porém a sua habilidade da artilharia e esgrima tornam-no num guerreiro de alto escalão. Mais tarde, no segundo volume, Murtagh é dado como morto e volta no final do livro como Cavaleiro, junto com o seu dragão Thorn, porém, dominado por Galbatorix.

Brom – O suposto "contador de histórias" de Carvahall. Brom descobre que um ovo eclodiu para um jovem fazendeiro, Eragon, e decide fugir da cidade de Carvahall e ajudar Eragon a seguir os rastos dos assassinos que mataram Garrow: os Ra'zac. Brom, embora seja bem mais velho, surpreende Eragon com sua grande habilidade em esgrima e os seus conhecimentos sobre a magia e a Língua Antiga. Brom treina Eragon durante uma boa parte da história, até que ele se fere gravemente após deixarem a cidade de Dras-Leona, durante uma emboscada feita pelos Ra'zac. Pouco depois, dentro de uma caverna, o estado de saúde de Brom não era nada bom. Ao ver que estava a morrer, Brom revelou a Eragon que já foi um Cavaleiro de Dragão, mas o seu dragão (também azul, fémea e chamada Saphira) havia morrido durante uma luta contra Morzan (foi Brom quem matou Morzan). Ele revela também, secretamente, algumas palavras da Língua Antiga dizendo a Eragon para apenas as usar em caso de extrema necessidade. Brom morre e deixa os jovens guerreiros sozinhos. Estes, sepultaram Brom num túmulo de diamante feito com a magia de Saphira, para que o seu corpo fosse preservado e ele pudesse descansar em paz. Brom era pai de Eragon, mas nunca lhe disse. Eragon descobre isso no 3º livro.

Arya – A bela e jovem elfo de um século de idade, embaixadora dos elfos e amiga dos Varden, Arya era a responsável por transportar o ovo de Saphira entre Farten Dûr e Du Weldenvarden, nas Beor e Ellesméra, na floresta Du Weldenvarden, mas durante a sua missão de levar o ovo de Saphira até os Varden, Arya e dois guardacostas foram emboscados por Durza, o espectro, e o seu bando de Urgals. Os dois guardacostas de Arya foram mortos e ela viu-se cercada por Durza, estando toda a cercante floresta em incêndios devido às suas magias. Então, Arya, teleportou o ovo para um lugar distante rumo a leste, sendo capturada por Durza e levada até Gil'ead, onde foi aprisionada e drogada para que não pudesse usar magia. O ovo de Saphira foi transportado para um lugar nas montanhas da Espinha, sendo então encontrado por Eragon. A meio da história, Eragon começa a sonhar muitas vezes com Arya, visionando-a presa numa sala escura, dormindo. Quando Eragon foi capturado por um bando de Urgals, foi também levado a Gil'ead e descobriu que a elfo estava lá. Eragon foi salvo por Murtagh e Saphira, tendo levado Arya consigo. Logo descobre que ela estava envenenada e só estava adormecida para prevenir a sua própria morte (ela usou magia para se preservar imóvel) e precisava de um antídoto só possuído pelos Varden, mas eles tinham pouco tempo para chegar até eles. Eragon percorre centenas de quilómetros a cavalo em poucas semanas, acompanhado de Murtagh e Saphira, que de vez em quando carregava Arya no seu dorso. Eles cruzaram o deserto Hadarac e chegaram às Montanhas Beor, onde Arya recebeu cuidados e foi salva do seu mal. Eragon descobre depois que Arya é a princesa dos elfos, filha da rainha Islanzadí. Ele é apaixonado por ela, embora saiba que se trata de um "amor impossível". Mais tarde ela ajuda Eragon a enfrentar Durza e mais adiante participa em outra batalha com um espectro junto com Eragon onde ela mesmo o mata, tornando-se conhecida como "matadora de espectros". Por fim ajuda na batalha final contra Galbatorix matando "Shruikan" usando uma das lanças lendárias criadas pelos Elfos para caçar dragões nos primórdios da guerra entre as duas raças. Se torna uma cavaleira no final da saga.

Roran – Primo de Eragon, filho de Garrow e também um forte e corajoso guerreiro. Após sua fazenda ser destruída pelos Ra'zac, Roran vai morar com amigos em Carvahall, mas descobre que sua ligação com Eragon lhe traria grandes problemas com o Império, obrigando-o a defender a sua vida, a cidade e a sua amada Katrina. Quando Katrina é raptada pelos Ra'zac, Roran descobre que a única forma de salvar o povo de Carvahall e sua amada é deixando a cidade e se juntando aos rebeldes de Surda, levando grande parte de Carvahall consigo. Mais tarde, Roran terá a ajuda de Eragon e Saphira na salvação de Katrina, descobrindo que esta espera um filho seu.

Orik – Sobrinho de Hrothgar, o rei dos anões, Orik é um membro dos Varden e o mais simpático dos anões, que salva a vida de Eragon logo durante sua chegada em Farthen Dûr. Orik e Eragon se tornam bons amigos, principalmente após lutarem juntos contra o exército dos Kulls e Orik ser escolhido para acompanhar Eragon durante sua jornada até Ellesméra. O anão odeia os costumes e manias dos elfos, mas suporta tudo pela sua grande amizade por Eragon.

Sloan – O arrogante açougueiro de Carvahall e pai de Katrina, que trai toda a Carvahall indo ter com os Ra'zac e criando o rapto da própria filha. (Sloan não morre pelas mãos dos Ra'zac como é mostrado no filme).

Garrow – O tio de Eragon, que o criou até ser morto pelos Ra'zac.

Ajihad – Líder dos Varden e pai de Nasuada.

Ângela – A herbolária de Teirm e amiga de Eragon.

Solembum – O menino-gato que profetiza o futuro de Eragon e o ajuda durante algumas aventuras. Solembum é a mascote de Ângela.

Nasuada – Filha de Ajihad e sua sucessora.

Durza - Espectro morto por Eragon, embora tenha deixado uma cicatriz enorme de lembrança nas costas do rapaz. Inicialmente era um rapaz bom que tentou vingar a morte de seu mestre mago, mas depois de descobrir a magia negra e vender a alma aos espíritos, tornou-se Espectro.

Hrothgar – Rei dos Anões e membro dos Varden.

Islanzadí – Rainha dos elfos e mãe de Arya.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Eragon em outros formatos[editar | editar código-fonte]

Adaptação Cinematográfica[editar | editar código-fonte]

Em Dezembro de 2006, a Fox 2000 adaptou Eragon para o cinema, numa película do mesmo nome, com o custo de 120 milhões de dólares.[3] O filme é estrelado por John Malkovich, Edward Speleers, Jeremy Irons e Sienna Guillory. Foi dirigido pelo estreante Stefen Fangmeier e escrito por Peter Buchman.[4]

Videojogo[editar | editar código-fonte]

Baseada na versão cinemátográfica de Eragon, a história do Cavaleiro foi levada para os videogames. Este é um jogo em terceira pessoa lançado para o Playstation 2, Xbox 360, PSP, Nintendo DS e Microsoft Windows,[5] desenvolvido pela Stormfront Studios.

Referências

  1. O dragão, o feiticeiro e as editoras data=24-08-2005 Veja. Visitado em 23-07-2010.
  2. AUDIO REVIEWS: ‘Eragon’ author’s new ‘Brisingr’ (em inglês) TheProvidenceJournal (31-07-2009). Visitado em 23-07-2010.
  3. Eragon (em português) Omelete (22-12-2006). Visitado em 23-07-2010.
  4. Eragon (2006) imdb (25-12-2006). Visitado em 07-08-2010.
  5. Eragon Secures Film Talent (em inglês) ign.com. Visitado em 05-08-2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]