Ernesto Augusto, Duque de Iorque e Albany

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ernesto Augusto
Duque de Iorque e Albany
Príncipe de Osnabruque
Príncipe-Bispo de Osnabruque
Reinado 4 de dezembro de 1715 a 14 de agosto de 1728
Predecessor Carlos José de Lorena
Sucessor Clemente Augusto da Baviera
Duque de Iorque e Albany
Ducado 29 de junho de 1719 a 14 de agosto de 1728
Predecessor Criação do título
Sucessor Extinção do título
Casa Hanôver
Pai Ernesto Augusto, Eleitor de Hanôver
Mãe Sofia de Hanôver
Nascimento 17 de Setembro de 1674
Osnabruque
Morte 14 de Agosto de 1728 (53 anos)
Osnabruque
Religião Luterano

Ernesto Augusto (17 de setembro de 1674-14 de agosto de 1728[1] ) foi um nobre e militar teuto-britânico, era irmão mais novo do rei Jorge I.

Nascimento[editar | editar código-fonte]

Ernesto Augusto o sexto filho e sétima criança de Ernesto Augusto, Eleitor de Hanôver e Sofia de Hanôver.[2] Seus avós paternos foram Jorge de Brunsvique-Luneburgo e Ana Leonor de Hesse-Darmstadt. Seus avós maternos eram Frederico V, Eleitor Palatino e Isabel Stuart.

Educação[editar | editar código-fonte]

Sua educação seguiu os costumes da época, por que os príncipes alemães eram esperados para viajar para cortes estrangeiras para fazer contatos e aprender a estabelecer relações diplomáticas. No verão de seu 20 º ano, ele visitou a corte francesa em Versalhes via Amsterdã. Enquanto estava lá, ele completou 20 anos.[3]

Soldado[editar | editar código-fonte]

Após sua visita à França, ele trilhou o caminho bem-visto para os jovens príncipes alemães da época e serviu como um soldado. Seus interesses familiares estavam alinhados com os de Leopoldo I, Sacro Imperador Romano-Germânico e por isso ele lutou novamente contra os franceses na Guerra dos Nove Anos, e esteve presente na Batalha de Landen em 1693. Ele continuou a sua carreira militar durante a Guerra da Sucessão Espanhola e esteve ativamente envolvido no Cerco de Lille (1708).[3]

Jorge I[editar | editar código-fonte]

Após a morte de seu pai, Jorge herdou todas as suas terras e títulos, incluindo o de eleitor. Seu pai, havia alterado as tradições familiares de herança de ultimogenitura para primogenitura. Ao contrário de seus quatro irmãos mais velhos, Ernesto não se opôs a esta mudança e, conseqüentemente, ele se dava bem com seu irmão mais velho Jorge, que confiava nele. Ele era um membro proeminente da corte do seu irmão em Herrenhausen , em Hanôver, recebendo os visitantes diplomáticos e tendo um papel ativo nos interesses culturais da corte. Sua influência pode ter ajudado a garantir a posição de Kapellmeister na corte.[3]

Frederico[editar | editar código-fonte]

Com a ascensão de Jorge ao trono britânico, Jorge se mudou para Londres e Ernesto continuou na Alemanha como o membro sênior da família em Brunsvique-Luneburgo e assumiu o dever de cuidar do neto de sete anos de Jorge, Frederico, que era filho de Jorge, Príncipe de Gales. Frederico foi deixado na Alemanha como um movimento diplomático, para tranquilizar a população e todos os estados vizinhos ambiciosos do compromisso contínuo da família para suas terras alemãs.

Príncipe-Bispo de Osnabruque[editar | editar código-fonte]

Após a morte de Carlos José de Lorena em 1715, foi a vez de um protestante se tornar Príncipe-Bispo de Osnabruque. Agora que seu irmão era o rei da Grã-Bretanha, não foi considerado prático para Jorge seguir os passos de seu pai e assumir o título de Príncipe-Bispo, por isso o título foi passado para Ernesto.

Duque de York e Albany[editar | editar código-fonte]

Em 1716, Ernesto visitou a Inglaterra, onde, em 29 de junho de 1716, ele foi criado Duque de Iorque,Albany e Conde de Ulster.[4]

Em 30 de abril de 1718, ele foi criado um Cavaleiro da Ordem da Jarreteira, juntamente com seu sobrinho-neto Frederico, mais tarde o príncipe de Gales.[5]

Morte[editar | editar código-fonte]

Ele morreu em Osnabruque em 14 de agosto de 1728 e foi enterrado lá. Ernesto nunca se casou e, após sua morte, seus títulos britânicos e irlandeses se tornaram extintos.

Referências

  1. Estas datas utilizam o calendário georgiano sua data de nascimento. Na Grã-Bretanha a sua data de nascimento era 7 de setembro de 1674 e sua data de morte 3 de agosto de 1728.
  2. "A Paz de Vestfália (1648) havia estipulado que o bispado de Osnabruque, um principado dentro do Sacro Império Romano-Germânico, deveria alternar entre um prelado católico e um príncipe protestante, e os bispos protestantes eram governantes seculares em vez de clérigos".(Kilburn 2005)
  3. a b c Kilburn, Matthew (May 2005). "Ernest Augustus, Prince, duke of York and Albany (1674–1728)". Oxford Dictionary of National Biography. Oxford University Press. DOI:10.1093/ref:odnb/8839. 
  4. "Esses títulos já haviam sido usados por Jaime II, durante o reinado de seu irmão Carlos II", segundo Kilburn
  5. Vian, Alsager Richard, Ernest Augustus (1674-1728) in Dictionary of National Biography, volume 17, pages 393

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Carlos José de Lorena
Príncipe-Bispo de Osnabruque
1715 - 1728
Sucedido por
Clemente Augusto da Baviera