Ernesto Korrodi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ernesto Korrodi (Zurique, 30 de Janeiro de 1870 - Leiria, 3 de Fevereiro de 1944) foi um arquitecto de origem Suíça, que se naturalizou português.

Veio para Portugal através de um concurso nacional para professor de desenho.

Em 1889 seria colocado na Escola Industrial de Braga, a leccionar a disciplina de desenho ornamental, onde ficará até 1894.

Em 1894 é transferido para a Escola Domingos Sequeira em Leiria.

Em 1898 publica um pequeno estudo sobre S. Fructuoso de Montélius, intitulado “Um monumento Bizantino-Latino em Portugal”, no Boletim de Arquitectura da Associação dos Arquitectos Civis e Arqueólogos Portugueses.

Em 29 de Abril de 1901, casa com Quitéria da Conceição Maia, professora do Ensino Primário na freguesia dos Marrazes, desde 1892 a 1901. Tiveram três filhos, um que morreu logo após o nascimento em 1902, Maria Teresa (1903-2002) e Camilo (1905-1985).

Em 1919 projetou o Santuário de Nossa Senhora da Assunção, em Monte Córdova, Santo Tirso.

É autor de cerca de 400 projectos em todo o país.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Obras[editar | editar código-fonte]

Entre os seus projectos arquitectónicos, destacam-se:

Após a derrocada parcial de um dos muros no Castelo de Leiria, Korrodi foi nomeado diretor das obras, em 1921, à frente de uma comissão sujeita à Direcção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais (DGEMN), em caráter de urgência. O seu trabalho desenvolveu-se até 1934, quando se desligou. As obras, porém, prosseguiram na década de 1930, com base nos seus desenhos.

Referências

  1. Uma arquitectura pré-republicana. A República das Artes (em pt). Tugaland ed. [S.l.]: Tugaland, 2010. ISBN 978-989-8179-85-2
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.