Erotomania

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Erotomania consiste na convicção delirante de uma pessoa que acredita que outra pessoa, geralmente de uma classe social mais elevada, está secretamente apaixonada por ela. A erotomania, também conhecida como síndrome de Clérambault, ganhou esse nome após um estudo publicado pelo psiquiatra francês Gaëtan Gatian de Clérambault (18721934) sobre o assunto (Les Psychoses Passionelles, 1921).

Síndrome Contemporânea[editar | editar código-fonte]

O indivíduo que sofre dessa síndrome pode também acreditar que ele e a outra pessoa, supostamente apaixonada, se comunicam secretamente através de métodos sutis como gestos de postura, arrumação de determinados objetos da casa, etc., ou - se a outra for uma pessoa de imagem pública - através de indícios ou pistas na mídia. A outra pessoa geralmente tem pouco ou nenhum contato com o indivíduo que sofre da síndrome, que frequentemente acredita que o outro (objeto do delírio) iniciou a relação fictícia. A erotomania está no contexto de esquizofrenia.

Ocasionalmente, o objeto do delírio não existe; no entanto, o mais comum são casos de indivíduos que sofrem desse delírio tendo como objeto pessoas expostas na mídia e tende a ser muito mais comum em fãs fanáticos como cantores, atores e políticos.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • ^ McEwan, I. (1997). Eduring love. New York: Anchor.
  • Berrios, G.E. & Kennedy, N. (2003) Erotomania: A conceptual history. History of Psychiatry, 13, 381-400.
  • Fitzgerald, P. & Seeman, M.V. (2002) Erotomania in women. In J. Boon and L. Sheridan (eds) Stalking and sexual obsession: Psychological perspectives for prevention, policing and treatment. John Wiley and Sons Ltd. ISBN 0-471-49459-3
  • Giannini AJ, Slaby AE, Robb TO (February 1991). "De Clérambault's syndrome in sexually experienced women". The Journal of clinical psychiatry 52 (2): 84–6. PMID 1993641.
  • Kennedy, N., McDonough, M., & Berrios, G.E. (2002) Erotomania revisited: Clinical course and treatment. Comprehensive Psychiatry, 43 (1), 1-6
  • Munro, A. (1999) Delusional disorder: Paranoia and related illnesses. Cambridge: Cambridge University Press. ISBN 0-521-58180-X
  • "A la folie, pas du tout" (2002) e "Anna M." (2007) são filmes franceses sobre erotomania. "Anna M." foi feito como um cuidadoso documentário.df:eritmally