Escala de Batchelor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A escala de Batchelor, determinada por George Batchelor (1954)1 , descreve o tamanho de uma gotícula de escalar que vai difundir-se no mesmo tempo que leva a energia em um turbilhão de tamanho η para dissipar-se. A escala de Batchelor pode ser determinada por2 :

\lambda_B=\left( \frac{ \eta }{Sc^{1/2}} \right) = \left( \frac{\nu{}D^2}{\epsilon} \right)^\frac{1}{4}

onde:

Similar às microescalas de Kolmogorov, as quais descrevem as menores escalas de turbulência antes da viscosidade dominar; a escala de Batchelor descreve as menores escalas de comprimento de flutuações em concentração escalar que pode existir antes de ser dopminada pela difusão molecular. É importante notar que para Sc>1, o que é comum em muitos fluxos líquidos, a escala de Batchelor é menor quando comparada às microescalas de Kolmogorov. Isto significa que transporte escalar ocorre a escalas menores que a menor escala turbulenta.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. G.K., Batchelor. (1959), "Small-scale variation of convected quantities like temperature in turbulent fluid. Part 1. General discussion and the case of small conductivity", Journal of Fluid Mechanics 5: 113–133 
  2. Paul, Edward L.; Atiemo-Obeng, Victor A.; Kresta, Suzanne M. (2004), Handbook of industrial mixing: science and practice (1st ed.), Wiley-IEEE, pp. 49–52, ISBN 0471269190