Escala de Palermo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Escala Técnica de Ameaça de Impacto de Palermo (em inglês Palermo Technical Impact Hazard Scale) é uma escala de tipo logarítmica (base 10) cuja função é medir o risco de impacto de um objeto próximo à Terra (NEO, do inglês Near Earth Object). É comparável à probabilidade do impacto potencial do objeto detectado com o risco médio de outro objeto de igual ou superior tamanho ao longo dos anos até a ocorrência do impacto potencial previsto. Existe outra escala similar chamada Escala de Turim que toma valores discretos (níveis 0-10) com o que facilita sua compreensão. Ao ser menos técnica está orientada para pessoas com menos conhecimentos teóricos. Os valores que pode tomar a escala de Palermo são de caráter contínuo diferentemente da escala de Turin. O valor -2 significa que só existe 1% do risco médio de impacto. O valor 0 indica que a probabilidade de impacto é a mesma que a probabilidade do risco médio. O valor 2 indicaria que a probabilidade de impacto é 100 vezes superior ao risco médio.

Fórmula matemática[editar | editar código-fonte]

A fórmula de cálculo da escala de Palermo:

P = \log_{10} \frac {p_i} {f_B T}
  • {p_i} é a probabilidade de impacto.
  • {T} = é o período que falta até o evento.
  • {f_B} = é a frequência anual de impacto. Atualmente está estimado em: f_B = 0,03 E^{-0,8} \;

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Steven R. Chesley, Paul W. Chodas, Andrea Milani, Giovanni B. Valsecchi et Donald K. Yeomans, "Quantifying the Risk Posed by Potential Earth Impacts", Icarus, 2002, p. 423-432

Ver também[editar | editar código-fonte]