Escola EB 2,3 Tecnopolis de Lagos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Escola EB 2,3 Tecnopolis
{{{nome_hotel}}}
Dados e estatísticas da escola
Endereço Rossio de S. João - Apartado 145
8601 - 902 Lagos
Data de abertura 13 de Setembro de 2010
Número de alunos 750 alunos (2010-2011)
Website http://www.avelagos.net/

A Escola EB 2,3 Tecnopolis, mais conhecida como Escola Tecnopolis ou Escola Tecnopólis, é uma instituição de ensino Básico, situada no concelho de Lagos, em Portugal.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Capacidade[editar | editar código-fonte]

A escola pode albergar até 750 alunos, divididos em 30 turmas, empregando, em 2010, 60 professores e 25 funcionários.[1]

Caracterização física, equipamentos e localização[editar | editar código-fonte]

Este estabelecimento dispõe de uma área com cerca de 18 mil metros quadrados.[1]

Além das salas de aulas e de apoio, esta escola também alberga um pavilhão desportivo, com infra-estruturas de suporte às funções desportivas, um parque de estacionamento com cerca de 160 lugares[2] , uma sala de alunos, uma sala para professores, vários gabinetes de trabalho, uma sala polivalente, uma secretaria, uma galeria exterior coberta, um gabinete do executivo, um bar, um refeitório com cozinhas, e uma biblioteca, entre outros equipamentos.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Planeamento[editar | editar código-fonte]

O Concelho de Lagos foi contemplado, no âmbito do Plano de Relançamento da Economia Europeia, concretizado através do Decreto-Lei n.º 34/2009 de 6 de Fevereiro, com a construção de uma nova escola EB 2,3, integrada num projecto de modernização do parque escolar; o propósito desta acção é equilibrar a distribuição de alunos pelos equipamentos escolares do concelho, ao permitir reduzir o número de turmas das Escolas EB 2,3 n.º 1 de Lagos e EB 2,3 das Naus, e da Escola Secundária com 3.º Ciclo Gil Eanes. Esta iniciativa foi, igualmente, enquadrada num conjunto de intervenções a serem levadas a cabo no Concelho, de acordo com o Plano de Expansão e Remodelação do Parque Escolar, acordado com a Direcção Regional de Educação do Algarve.[3]

O nome da escola provém do facto de ser um dos principais pólos do projecto "Tecnopolis de Lagos", no qual se pretende criar uma conjunto de infra-estruturas que sirvam de eixo para a expansão urbana da zona aonde se enquadram, na periferia de Lagos.[3]

O projecto, elaborado por Mário Martins, Atelier de Arquitectura, Lda., do a baseou-se, principalmente, na nova Escola Secundária Gil Eanes, que havia sido construída poucos anos antes, tendo sido efectuadas várias alterações, de forma a se enquadrar no nível de ensino dos 2.º e 3.º Ciclos, ao quais se destina, a se integrar no enquadramento legal, e a melhorar as condições de laboração.[3]

Construção[editar | editar código-fonte]

As obras foram, em Agosto de 2009, visitadas pela ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, que afirmou que esta era, entre todas as escolas do país em construção ou substituição, a que se encontrava em estado mais avançado.[4] O custo de construção foi de aproximadamente 4,7 milhões de Euros[2] , tendo sido comparticipado em 4 milhões de Euros através do Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central (PIDDAC), e de vários fundos comunitários.[3]

Inauguração[editar | editar código-fonte]

A escola entrou ao serviço no dia 13 de Setembro de 2010, conforme estava marcado no calendário para as actividades lectivas no concelho[5] ; no entanto, só foi inaugurada no dia 5 de Outubro, em simultâneo com outras 99 instituições de ensino em todo o país, no âmbito da iniciativa “100 Escolas para a República”, que pretendeu comemorar o Centenário da República Portuguesa. A cerimónia teve a participação da Secretária de Estado da Igualdade, Elza Pais.[6]

O vereador do Partido Social Democrata, Nuno Marques, criticou a inauguração da escola, citando o relatório de uma vistoria efectuada em 9 de Setembro, que revelou várias anormalidades e defeitos na execução do projecto.[2]

Actividade[editar | editar código-fonte]

No primeiro ano de actividade, na época escolar 2010-2011, esta instituição irá laborar à sua capacidade máxima, pois irá albergar toda a comunidade escolar da Escola EB 2,3 n.º1 de Lagos, que se encontra encerrada para a realização de obras de remodelação.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Nova Escola Tecnopolis de Lagos já abriu as suas portas. Barlavento Online (14 de Setembro de 2010). Página visitada em 23 de Outubro de 2010.
  2. a b c (Outubro 2010) "Inauguração da Escola Tecnopolis na celebração da República". Correio de Lagos XXI (250): 3.
  3. a b c d e Lagos comemorou a República. Câmara Municipal de Lagos (8 de Outubro de 2010). Página visitada em 23 de Outubro de 2010.
  4. Lagos: Ministra da Educação visitou obras da nova Escola Tecnopólis. Região Sul (24 de Agosto de 2009). Página visitada em 23 de Outubro de 2010.
  5. a b Ano Lectivo Arranca em Lagos com todas as Escolas a funcionar. Câmara Municipal de Lagos (14 de Setembro de 2010). Página visitada em 23 de Outubro de 2010.
  6. Secretária de Estado inaugura escola em Lagos. Região Sul (4 de Outubro de 2010). Página visitada em 23 de Outubro de 2010.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre a Escola EB 2,3 Tecnopolis de Lagos
Ícone de esboço Este artigo sobre escolas ou colégios é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.