Escola de Administração de Empresas de São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2010)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

A Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV-EAESP), mantida pela Fundação Getulio Vargas, oferece os principais cursos de graduação em Administração de Empresas e Administração Pública do país, além de cursos de especialização (CEAG, CEAHS, MBM e OneMBA), de Mestrado Acadêmico em Administração de Empresas (CMAE) e Administração Pública e Governo (CMAPG), de Mestrado Profissional em Administração de Empresas (MPA), Gestão Internacional (MPGI) e Gestão e Políticas Públicas (MPGPP) e de Doutorado em Administração de Empresas (CDAE) e Administração Pública e Governo (CDAPG).

História[editar | editar código-fonte]

A Escola de Administração de Empresas de São Paulo foi criada no ano de 1954 com o apoio de docentes da Michigan State University, sendo a primeira instituição fora da América do Norte a apresentar o curso de administração. Esta parceria foi fruto de acordos entre o governo brasileiro e o norte-americano; prevista para durar quatro anos, foi renovada duas vezes, estendendo-se por 12 anos.

A Michigan State University foi responsável pelos docentes que vieram formar a escola, sendo nos primeiros anos os responsáveis pelo conhecimento aqui disseminado. Uma forma de agradecimento a estes docentes é a placa que se encontra no térreo do prédio da Avenida Nove de Julho, com o nome de todos eles. Além disto, a biblioteca foi batizada de Biblioteca Karl A. Boedecker como homenagem a um dos professores desta época.

A ajuda do governo norte-americano à escola incipiente foi também financeira. A escola, como forma de gratidão, colocou no saguão do prédio sede em São Paulo um busto do presidente John F. Kennedy, então presidente dos EUA e responsável pela contribuição.

Desde então a escola vem se moldando ao mercado e se transformando para se adequar cada vez mais às necessidades dele, dando uma formação completa ao administrador.

Um exemplo disso é a reforma da graduação, que, após quatro anos de discussão, acabou sendo implementada no segundo semestre de 2007.

A EAESP obtem creditação internacional da AACSB (The Association to Advance Collegiate School of Business), Equis da EFMD (European Foundation of Management Development) e AMBA (Association of MBAs). Vale ressaltar que se trata de um caso ímpar esta tripla creditação, sendo somente experimentado por poucas outras faculdades no mundo, além de uma exceção na América Latina.

Além disto a EAESP obteve no ENADE 2006 o duplo 5 (conceito máximo), com a melhor média nacional entre as escolas de administração com este conceito.

Alunos célebres

Entidades Estudantis[editar | editar código-fonte]

A EAESP conta com as seguintes entidades organizadas e geridas pelos alunos:

Associação Atlética Acadêmica Getulio Vargas (AAAGV)

AIESEC GV - Responsável por intercâmbios de negócios

Conexão Social FGV - Responsável pela formação do aluno como um líder socialmente responsável

Diretório Acadêmico Getulio Vargas (DAGV)- Responsável por representar e integrar o corpo discente com a faculdade e entre si.

Empresa Júnior - FGV (EJ)- Responsável por consultorias na esfera privada

Consultoria Júnior Pública (CJP)- Responsável por consultorias no 1º e 3º Setor.

Consultoria Júnior de Economia (CJE)- Responsável por consultorias na área Econômica

Gazeta Vargas (GzV) - Publicação periódica inteiramente realizada pelos alunos da Fundação

International Network (IN)- Responsável por desenvolver atividades internacionais entre os alunos e por realizar intercâmbios culturais

Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP) - Responsável por projetos com economia solidária

RH Junior - Responsável por consultorias na área de Rh

Principais Cursos[editar | editar código-fonte]

Graduação[editar | editar código-fonte]

Graduação em Administração de Empresas[editar | editar código-fonte]

O curso de graduação em Administração de Empresas da FGV-EAESP tem como objetivo formar profissionais capazes de administrar qualquer tipo de organização privada em diferentes setores da economia, seja indústria, comércio, serviço, agropecuária, consultorias, empresas de pequeno e médio porte independente de seu grau de complexidade.

Graduação em Administração Pública[editar | editar código-fonte]

A linha de Administração Pública tem como objetivo formar profissionais capazes de administrar organizações do setor público em diversos níveis de governo (municipal, estadual, federal), tal como agências reguladoras, consultorias, ONG's ou na área de responsabilidade social dentro de empresas do setor privado.

Lato Sensu[editar | editar código-fonte]

OneMBA[editar | editar código-fonte]

O OneMBA é o curso de especialização internacional da FGV-EAESP e funciona em parceria com as melhores instituições acadêmicas do mundo. Com um curso conciso e voltado para o mercado internacional, o OneMBA oferece a oportunidade de aprender as particularidades de cada mercado, além do contato e a chance de estudar com profissionais de diversos cantos do mundo.

MBM[editar | editar código-fonte]

Master in Business and Management é uma pós-graduação lato sensu em Administração de Empresas com o objetivo de capacitar jovens profissionais em início de carreira, com até 3 anos de formado, que precisam fortalecer o currículo com experiência de mercado.

CEAG[editar | editar código-fonte]

O CEAG é um curso em nível de pós-graduação lato sensu que tem por objetivo a formação de gestores profissionais com visão abrangente de Administração. Reconhecido pela Association of MBAs, o CEAG é voltado para profissionais graduados há mais de 3 anos, com experiência de mercado, e que pretendem solidificar sua formação e se manter atualizados na área de Administração de Empresas.

CEAHS[editar | editar código-fonte]

O CEAHS é a pós-graduação para profissionais de Administração na área da saúde. O curso está voltado para o sistema de saúde brasileiro e seus componentes como hospitais, clínicas, laboratórios, operadoras de plano de saúde, secretarias de saúde, entre outros. O curso ainda tem uma parceria com o Hospital das Clínicas da FMUSP, para tornar as atividades ainda mais práticas.

Stricto Sensu[editar | editar código-fonte]

MPA[editar | editar código-fonte]

O Mestrado Profissional em Administração (MPA) é um dos mais tradicionais cursos da FGV-EAESP, coroado pela AACSB lnternational - Association to Advance Collegiate School of Business -, pelo Equis, da EFMDEuropean Foundation for Management Development - e pela AMBAAssociation of MBAs. O MPA é voltado para capacitar executivos, empreendedores e gestores que têm como objetivo combinar a sólida base acadêmica com aplicações práticas.

MPGI[editar | editar código-fonte]

O Mestrado Profissional em Gestão Internacional (MPGI) é um curso com parcerias entre renomadas instituições estrangeiras, criado e pensado para capacitar profissionais com a experiência necessária para gerir cargos e posições de liderança no ambiente de trabalho global.

MPGPP[editar | editar código-fonte]

O Mestrado Profissional em Gestão e Políticas Públicas (MPGPP) destina-se a pessoas que querem desenvolver seu potencial como profissionais de alto desempenho, conhecendo e acompanhando os principais avanços da gestão e das políticas públicas no país e em outros contextos, para atuação destacada em governos e outras organizações públicas.

CMCD[editar | editar código-fonte]

O seu objetivo é formar docentes e pesquisadores com alta qualificação científica para inserção no mercado acadêmico, empresarial e governamental. Constituem áreas afins no caso do Curso de Doutorado em Administração de Empresas: Administração, Economia, Contabilidade e Engenharia da Produção. As áreas afins no caso do Curso de Doutorado em Administração Pública e Governo são: Administração, Direito, Economia, Sociologia e Ciência Política para Administração Pública e Governo; Os programas contam com um quadro de professores altamente qualificados, bem como uma excelente infra-estrutura, não só do ponto de vista físico-operacional, mas também no sentido de suporte à pesquisa e à publicação. A tradição em excelência e inovação dos cursos de mestrado e doutorado da FGV-EAESP têm possibilitado uma avaliação muito boa pela CAPES, entidade responsável pela avaliação dos programas de pós-graduação no Brasil.

Associação Atlética Acadêmica Getulio Vargas (AAAGV)[editar | editar código-fonte]

A Associação Atlética Acadêmica Getulio Vargas (AAAGV) é uma entidade esportiva dos alunos da Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP), de Economia (EESP) e de Direito (EDESP) de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV). Foi fundada oficialmente em 1987, porém existe desde 1954 como parte do Diretório Acadêmico Getulio Vargas (DAGV), originalmente Centro Acadêmico Getulio Vargas (CAGV).

Atualmente, é uma das maiores associações atléticas do Estado de São Paulo,[carece de fontes?] com equipes de alto nível e com destaque no vôlei masculino e feminino, basquete masculino, no tênis masculino e feminino, na natação masculina e no judô, com grandes resultados nas competições em que participa. Para isso, conta com a participação de boa parte dos mais de quatro mil alunos da Fundação Getulio Vargas.

Participa dos campeonatos Inter-Calouros, Universíadas e Economíadas, tendo como destaque a atleta Mirella Arnold, que participou dos Jogos Olímpicos de Inverno de Salt Lake City e Turim, em 2002 e 2006 respectivamente, como atleta do Ski Alpino. Também nos Jogos Olímpicos de Inverno de Turim, o aluno Henrique de Alcântara Rodrigues Pelosi foi destaque na delegação brasileira de voluntários, trabalhando na Assessoria de Imprensa, sendo 1 dos 7 brasileiros escolhidos, dentre os mais de 25000 voluntários do mundo todo que trabalharam durante os Jogos. Quatro anos mais tarde, em 2010, Henrique esteve presente nos Jogos Olímpicos de Inverno de Vancouver, como assessor da delegação brasileira. Em 2006, foi o Attacheé da Delegação Nigeriana, na II Copa do Mundo FIFA de Beach Soccer.

Diretório Acadêmico Getulio Vargas (DAGV)[editar | editar código-fonte]

O Diretório Acadêmico Getulio Vargas (DAGV) é o órgão oficial de representação dos alunos de graduação de Economia e Administração da Fundação Getúlio Vargas, fundado em 1954.

O DAGV é formado pelo Diretoria Executiva e por mais diretorias que são livremente criadas pelas chapas. A diretoria executiva é formado pelo Presidente, Vice-Presidentes Acadêmicos (Administração e Economia), Diretor Financeiro e Secretário Geral. Sua função é coordenar a atuação do DAGV e definir as diretrizes gerais de trabalho. O DAGV também é composto por colaboradores, alunos interessados em aprender e ajudar na representação e realização de projetos que agregam não só ao corpo discente, como também ao corpo docente e funcionários.

A diretoria é eleita anualmente pelos alunos da graduação. As eleições são realizadas sempre no fim do primeiro semestre. A formação de chapas para concorrer nas eleições é livre.

Parcerias[editar | editar código-fonte]

A EAESP tem parcerias com as seguintes instituições:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]