Escola de Chicago (arquitetura)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Chicago Building de Holabird & Roche (1904-1905) é um exemplo principal da Escola de Chicago, exibindo ambas as variações das janelas de Chicago.

A Escola de Chicago de arquitectura e urbanismo foi preponderante no desenvolvimento da cidade no final do século XIX. O estilo também é conhecido como estilo Comercial.[1] Representa um estilo de construção que passa a utilizar o ferro na estrutura ao invés da madeira, sendo produzido em série. Por um lado criou uma fachada constante, isto é, sem muitas variações, mais ou menos tal como conhecemos hoje: janelas iguais, aspecto de bloco no edifício. Por outro lado possibilitou um erguimento mais rápido e prático. Além disso, abriu a possibilidade de uma nova divisão do peso da construção, aumentando o gabarito. A escola de Chicago é o base da construção dos arranha-céus.

Depois do Grande Incêndio de Chicago a cidade ficou parcialmente destruída. Era necessário reconstruí-la de forma rápida e eficaz. As influências modernistas da Escola de Glasgow e da Secessão Vienense foram uma ajuda preciosa no planejamento de novos edifícios.

Foram estudados sistemas de alicerçamento, cimentação, resistência e isolamento. Foi o início da construção em altura, até então um pouco inviável devido à inexistência de elevadores elétricos. Utilizaram o método moderno de projectar grandes edifícios — Parede cortina, grandes áreas de parede envidraçadas.

A estrutura ortogonal em ferro veio trazer um novo sistema de planeamento das plantas mais flexível, ajudando na colocação de canalizações. Surgiram desta forma os primeiro arranha-céus. A ornamentação era completamente rejeitada, bem ao estilo do Modernismo, constituindo uma das bases fundamentais da Bauhaus e do Estilo Internacional.

Um dos mais conhecidos arquitectos desta escola foi Frank Lloyd Wright, que apesar de não ter seguido esta vertente, serviu para impulsionar a arquitectura modernista na cidade de Chicago e nos Estados Unidos.

Referências

  1. Commercial style definition (em Inglês). Dictionary of Wisconsin History. Wisconsin Historical Society. Página visitada em 5 de dezembro de 2013. Cópia arquivada em 29 de outubro de 2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.