Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde janeiro de 2012).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
ECO
Escola de Comunicação
Logo ECO - UFRJ.gif
Universidade Minerva UFRJ.jpg Universidade do Brasil
Fundação 13 de março de 1967 (47 anos)
Tipo de Instituição Unidade acadêmica
Localização Rio de Janeiro , RJ  Brasil
Campus Praia Vermelha
Site www.eco.ufrj.br

A Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO-UFRJ ou simplesmente ECO) é uma unidade acadêmica dedicada ao ensino e à pesquisa em Comunicação Social, acolhida na maior universidade federal do país. A Escola foi fundada em 1967 pelo jornalista e professor Danton Jobim, como a segunda da área no Brasil e primeira do Rio de Janeiro. Tradicionalmente e até hoje, a ECO é uma das mais respeitadas escolas de comunicação no país. Situa-se no famoso campus da Praia Vermelha-UFRJ, no bairro da Urca.

Entre seus egressos mais notáveis, estão a âncora Fátima Bernardes e o falecido humorista Bussunda.

Atualmente, a Escola oferece dois cursos de graduação, com quatro habilitações distintas:

Além disso, oferece pós-graduação strictu senso (Mestrado e Doutorado) em Comunicação e Cultura, com duas linhas de pesquisa separadas:

  • Mídia e Mediações Socioculturais
  • Tecnologias da Comunicaçao e Estéticas

A atual coordenação da pós está a cargo do Prof. Paulo Vaz.

Os grupos e núcleos de pesquisa em atividade na ECO são, em 2006:

  • Programa de Educação Tutorial [1] (PET-ECO-UFRJ)
  • LECC - Laboratório de Estudos em Comunicação Comunitária
  • CiberIDEA

Fora estes, os estudantes da unidade organizam e promovem os seguintes projetos extracurriculares:

A estrutura acadêmica atual da ECO é a seguinte:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]