Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Hogwarts School of Witchcraft and Wizardry
Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts. (PT)
Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. (BR)
Hogwarts coat of arms colored with shading.svg
Brasão da escola.
Dados físicos
Lema Draco Dormiens Nunquam Titilandus.
Lema em Português Nunca cutuque um dragão adormecido.
País Escócia,  Reino Unido.
Número de alunos 280, 70 em cada casa, 5 em cada dormitório. No padrão Europeu antigo, é uma escola de grandes proporções.
Fundação Há mais de 1.000 anos.
Número de Casa(s) 4
Casas Grifinória
Corvinal
Lufa-Lufa
Sonserina.
Andares 8, além do térreo, das masmorras e outras torres e cavernas que existem.
Torres Muitas torres, sendo utilizadas para aulas como Adivinhação e Astronomia.
Dados históricos
Fundador(es) Godric Gryffindor
Rowena Ravenclaw
Helga Hufflepuff
Salazar Slytherin.
Fantasmas Vários, destacando-se Nick Quase Sem Cabeça, Barão Sangrento, Pirraça, Frei Gorducho, Dama Cinzenta e Murta Que Geme.
Aluno(as) famoso(sas) Harry Potter, Minerva McGonagall, Tom Riddle, Alvo Dumbledore, Severo Snape e Merlim.
Primeira Aparição Harry Potter e a Pedra Filosofal.
Escola/Colégio da série Harry Potter
Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, ou simplesmente Hogwarts, é um internato de magia para bruxos e bruxas com idades entre os onze e dezessete anos. É o palco principal para os primeiros seis livros da série Harry Potter, de JK Rowling, cada livro equivalendo a um ano letivo. No volume derradeiro da série, Harry Potter e as Relíquias da Morte, a maior parte da história se passa fora de Hogwarts, uma vez que os personagens principais, Harry Potter, Rony Weasley e Hermione Granger não atendem ao sétimo e último grau de ensino (embora Rowling tenha declarado que Hermione retorna à escola depois dos acontecimentos descritos em Harry Potter e as Relíquias da Morte para prestar os seus exames de Nível Incrivelmente Exaustivo em Magia). A batalha final no livro e na série, no entanto, ocorre em Hogwarts.

Rowling afirmou que pode ter intencionalmente "captado" o nome da planta cujo nome em inglês é hogwort (Croton capitatus), que tinha visto nos Jardins Botânicos Reais de Kew algum tempo antes de iniciar a série Harry Potter. Ainda assim, as expressões "the Hogwarts" e "Hoggwart" já haviam sido mencionadas na literatura antes da série, no livro de 1954 How to be Topp, escrito por Geoffrey Willans.

Hogwarts foi votada como a 36ª melhor instituição de ensino escocesa em uma lista online de 2008, superando a Loretto School, localizada em Edimburgo. Segundo um dos diretores da Listagem da Rede de Escolas Independentes, a escola fictícia foi adicionada ao ranking apenas como "uma brincadeira", e depois esteve disponível ao voto.

Terreno de Hogwarts[editar | editar código-fonte]

A propriedade de Hogwarts é extensa, abrangendo o enorme castelo, que possui várias torres e masmorras com as respectivas salas de aulas, os professores, as salas comuns de cada casa (Ravenclaw, Gryffindor, Hufflepuff e Slytherin). Os Dormitórios dos alunos, as Cozinhas de Hogwarts (onde podemos encontrar elfos domésticos), o Salão Principal, o Salão de Entrada, todos os aposentos frequentados diariamente pelos alunos, professores e funcionários.

No exterior do castelo, encontra-se a Floresta Proibida, o Campo de Quidditch (Quadribol), a Cabana de Hagrid, o Lago Negro, as Estufas de Herbologia, o Salgueiro Zurzidor/lutador (Onde, em baixo, se localiza um atalho para a Casa dos Gritos) e A Torre das Corujas/Corujal, onde abrange muitas corujas para que os alunos e funcionários possam mandar cartas para seus entes queridos.

Aparatar (desaparecer de um lugar e se transportar quase instantaneamente para outro) não é permitido nos terrenos da escola, devido a encantamentos de segurança; o Expresso de Hogwarts transporta os alunos para a estação de King's Cross. Os alunos do primeiro ano chegam à escola atravessando o lago negro em barcos de madeira, enquanto os outros alunos vão em carruagens aparentemente sem cavalos (mas na realidade, puxadas por Testrálios, que só podem ser vistos por quem já viu a alguém morrer). O lago de Hogwarts contém muitas criaturas mágicas: lula gigante, sereias, grindylows, entre outros.

Lago de Hogwarts[editar | editar código-fonte]

Lago pertencente aos terrenos de Hogwarts. Vivem nele sereianos, lulas e outros Seres Mágicos.

Foi o cenário da 2ª prova do Torneio Tribruxo, que foi contado tanto no livro quanto no filme da série, ao qual deviam encontrar e libertar em 1 hora seus maiores tesouros. Harry Potter deveria resgatar Rony Weasley, seu melhor amigo; Cedrico Diggory resgataria Cho Chang, sua Namorada; Victor Krum salvaria Hermione Granger, por quem se "afeiçoou" e Fleur Delacour ficaria encarregada de salvar a irmã mais nova, Gabrielle Delacour.

Cabana de Hagrid[editar | editar código-fonte]

A cabana do Hagrid é descrita em diversos trechos dos livros da série Harry Potter.

A primeira coisa a saber é que ela está localizada nos terrenos de Hogwarts bem nas margens da Floresta Proibida. Embora nos filmes ela seja feita de pedras, J.K. Rowling, nos livros, a descreveu como uma cabana de madeira:

"[...] Hagrid morava numa casinha de madeira na orla da floresta proibida. [...]" (Harry Potter e a Pedra Filosofal, cap. 08)

A cabana possui um único cômodo e em um dos cantos existe uma imensa cama maciça coberta com uma colcha de retalhos. Ao lado da cama há um baú onde ele deve guardar roupas de cama e outras coisas inimagináveis. Como tudo o mais que pertence a Hagrid, os móveis são todos enormes, bem de acordo com a estatura do dono.

O fogão de lenha fica na quina, em frente a cama e há uma mesa com cadeiras, onde Hagrid costuma oferecer chá para Harry, Rony e Hermione, com aqueles terríveis bolinhos que quase quebram os dentes dos meninos, que apenas não os recusam por educação. Também existe no canto oposto à cama, um armário onde se presume que Hagrid guarde os utensílios de cozinha. Ele possui um grande caldeirão que usa para cozinhar, panelas e chaleira de cobre, jarra para leite, pratos, canecas que parecem baldes, recipientes para o chá. Sobre a prateleira em cima do fogão há um doce de melado na lata.

Através da descrição dos livros, sabemos que Hagrid tem também uma foto de seu pai, uma cadeira de braços e o cesto onde Canino dorme.

Na cabana há 2 portas: a da frente, e a dos fundos (que dá para a plantação de abóboras), e tem uma janela com cortinas ao lado da porta da frente.

Cada andar[editar | editar código-fonte]

  • Terrenos: Cabana de Hagrid, Campo de Quidditch/Quadribol, Floresta Proibida, Salgueiro Zurzidor/Lutador, Portões de Hogwarts, picadeiro dos Hipogrifos (um pouco para dentro da Floresta Proibida), Estufas de Herbologia, Campo de Voo (onde os alunos do 1º ano tem aulas), Círculo de Pedra, Ponte Coberta;
  • Masmorras: Sala de Poções, Sala do Filch, Sala Comunal da Sonserina, sala onde estava guardado o Espelho de Ojesed, armário pessoal de Snape;
  • Primeiro Andar: Sala de História da Magia, Sala de Transfiguração, Ponte de Pedra, Pátio de Transfiguração, Ala Hospitalar e Sala da Professora Minerva McGonagall;
  • Segundo Andar: Sala de Feitiços, banheiro feminino da Murta Que Geme e a Entrada para a Câmara Secreta (na pia do banheiro onde vive a Murta), banheiro masculino;
  • Terceiro Andar: Sala de Defesa Contra as Artes Das Trevas, Sala dos Troféus, Ponte Suspensa, sala proibida onde Fluffy/Fofo (o Cérbero que pertenceu a Hagrid em Harry Potter e a Pedra Filosofal) se encontrava guardando a Pedra Filosofal), Torre do Relógio;
  • Quinto Andar: Banheiro dos Monitores, Topo da Torre do Relógio, Sala de Estudo dos Trouxas e entrada para o Salão Comunal da Ravenclaw;
  • Sexto Andar: Sala de Aritmância, Sala de Runas Antigas;
  • Sétimo Andar: Sala Comunal da Grifinória, entrada para o gabinete do Diretor, Sala Precisa, Sala de Adivinhação, Torre de Astronomia;
  • Porões: Sala Comunal de Hufflepuff, cozinhas, reservatório de poções, Câmara Secreta (muito abaixo na escola, sendo um pouco abaixo do lago).

Corpo Docente[editar | editar código-fonte]

Os Docentes de Hogwarts são responsáveis por lecionar aos alunos de todos os sete anos de Hogwarts, envolvem e repassam o conhecimento sobre as ramificações mais complexas e curiosas do Mundo Bruxo,preparando seus discentes para a vida além da propriedade escolar.

Funcionários Subjetivos[editar | editar código-fonte]

Os Funcionários Subjetivos são aqueles que lidam em cuidar do castelo, cada um em sua área. Sem estes funcionários muitas das funções de Hogwarts não funcionariam corretamente.

Disciplinas de Hogwarts[editar | editar código-fonte]

Hogwarts, possuí suas disciplinas como qualquer outra escola. Elas são subdivididas em Disciplinas Obrigatórias e Disciplinas Opcionais. As Disciplinas Obrigatórias são: Poções, Feitiços, Historia da Magia, Defesa Contra as Artes das Trevas, Herbologia, Transfiguração; Duelos e Vôo, são dadas apenas ao 1° ano, porém alunos podem optar para verem-na se quiserem. As Disciplinas Opcionais são: Adivinhação, Trato das Criaturas Mágicas, Astronomia, Estudo dos Trouxas, Runas Antigas e Aritmância.

História[editar | editar código-fonte]

Set de filmagem de Grande Salão de Hogwarts

Há mais de 1000 anos Godric Griffyndor, Rowena Ravenclaw, Helga Hufflepuff e Salazar Slytherin, os maiores e melhores feiticeiros da época, juntaram-se para formar uma escola de magia e feitiçaria. Juntos, eles construíram o castelo de Hogwarts, com o objetivo de educar os jovens que apresentassem algum talento mágico. Todos tinham qualidades singulares e distintas, e justamente por isso eles criaram casas para dividir os alunos de acordo com os próprios interesses. A história de Hogwarts está preservada de diversas formas no grande castelo, seja nos quadros, nos livros, nos fantasmas ou no próprio dispositivo mágico usado para a divisão dos alunos em casas, o Chapéu Seletor, que era o antigo chapéu de Godric Gryffindor(fundador da Grifinória). Porém um deles, Salazar Slytherin (fundador da Sonserina), não se dava bem com os outros três fundadores, pois queria que só fossem aceitos feiticeiros puro-sangue (de família inteiramente bruxa) e brigou com os outros. Construiu então a câmara secreta que só seria aberta por seu descendente para que o monstro que ela guardava eliminasse todos os nascidos Muggles(aqueles que não tinham sangue mágico) que estivessem na escola. Essa câmara está no Banheiro Feminino da Murta Que Geme e aparece no filme Harry Potter e a Câmara Secreta.

Hino[editar | editar código-fonte]

    

Edição original
"Hogwarts, Hogwarts, Hoggy Warty Hogwarts,
Teach us something please,
Whether we be old and bald,
Or young with scabby knees,
Our heads could do with filling,
with some interesting stuff,
For now they're bare and full of air,
Dead flies and bits of fluff,
So teach us things worth knowing,
Bring back what we've forgotten,
Just do your best,
we'll do the rest,
And learn until our brains all rot
."

    

Edição portuguesa
"Hogwarts, Hogwarts, infalível, Hogwarts,
Ensina-nos, por favor
Quer sejamos velhos e calvos
Ou jovens em pleno vigor,
Nossas mentes precisam de ser
Repletas de coisas interessantes
Pois estão vazias e cheias de ar
Como balões de gigantes.
Ensina-nos o que tiver valor
Faz-nos lembrar paz e tormenta
Dá o teu melhor, enche por favor
Toda a nossa massa cinzenta!
"

    

Edição brasileira
"Hogwarts, Hogwarts, ó querida Hogwarts,
Venha nos ensinar
Quer sejamos velhos e calvos
Quer moços de pernas raladas,
Temos as cabeças precisadas
De ideias interessantes
Pois estão ocas e cheias de ar,
Moscas mortas e fios de cordão.
Nos ensine o que vale a pena
Faça lembrar o que já esquecemos
Faça o melhor, faremos o resto,
Estudaremos até o cérebro desmanchar
"

Há algum tempo atrás os fãs se questionaram o porquê do hino só ter sido cantado no primeiro ano de Harry Potter em Hogwarts. Quanto a isso, a autora disse no seu site que "Dumbledore (o diretor) pediu que cantassem o hino quando ele se sentia particularmente esperançoso, talvez com a vinda de Harry à escola".

Em Harry Potter e o Cálice de Fogo (filme), foi gravada uma cena, que era logo no começo do ano, antes mesmo do Professor Alastor Moody chegar à escola, aonde mostra os alunos cantando o Hino. Contudo, a cena não bate com a descrição do livro, onde cada um canta no seu ritmo favorito, da maneira que quiserem, a partir da letra escrita por uma fita assemelhada a cetim conjurada pelo Professor Dumbledore, mas sim mostrava o professor conjurando a letra frase por frase, com uma bolinha pingando na sílaba que deve ser cantada. Mostram apenas os primeiros versos (Hogwarts, Hogwarts, Hoggy Warty, Hogwarts/ Teach us something please...), e não houve tradução dessa cena, já que ela foi cortada.

Após a Segunda Tarefa do Torneio Tribruxo, no mesmo filme, ouve-se o áudio de alunos a cantar o hino ao fundo. A tradução foi feita assim:

"Hogwarts, Hogwarts, ó querida Hogwarts, Vem nos ensinar, Quer sejamos velhos ou novatos no lugar..."

A parte restante da canção não pode ser escutada com clareza.

Avaliações[editar | editar código-fonte]

Plataforma 9 ¾

As avaliações acontecem todo o final de ano letivo, mas no quinto e sétimo ano, exames importantes são aplicados, e estes decidirão o futuro dos estudantes. São os N.O.M.s (N.P.F.s em Portugal) e os N.I.E.M.s (E.F.B.E.s em Portugal) Cada profissão exige diferentes N.O.M.s e N.I.E.M.s, por isso esses exames são importantes para o futuro.

N.O.M.'s / N.P.F.s[editar | editar código-fonte]

Níveis Ordinários da Magia (Brasil) / Níveis Puxados de Feitiçaria (Portugal) (no original, Ordinary Wizarding Levels Examinations - OWLs, que, em inglês quer dizer Coruja) são os exames que os estudantes de Hogwarts realizam ao final do quinto ano. Os alunos escolhem, além das matérias obrigatórias (Poções, Defesa Contra as Artes das Trevas, Herbologia, Transfiguração, Feitiços, Astronomia e História da Magia), algumas que eles mais gostam ou tem facilidade. Para cada disciplina em que obtêm aprovação o aluno recebe um N.O.M., que serve como indicativo das suas inclinações pessoais e das matérias que estudará para prestar os N.I.E.M.s (EFBEs em Portugal).

N.I.E.M's / E.F.B.E.s[editar | editar código-fonte]

Níveis Incrivelmente Exaustivos de Magia (Brasil) / Exames de Feitiçaria Barbaramente Extenuantes (Portugal) (no original, Nastily Exhausting Wizarding Test - NEWTs, que, em inglês, quer dizer Salamandra) são os exames finais que os estudantes de Hogwarts realizam ao final do sétimo ano. Os alunos escolhem, dentre as matérias em que foram aprovados nos N.O.M.'s, que provas prestarão nos N.I.E.M's. Para cada disciplina em que obtêm aprovação o aluno recebe um N.I.E.M., que serve como indicativo das suas inclinações pessoais e aptidões, servindo como critério para admissão num trabalho, quando termina a escola.

É interessante comentar que estes dois exames parecem ter relação com o Sistema Educacional Britânico. Os N.O.M's' seriam as provas finais do Key Stage 3, e os N.I.E.M.'s equivaleriam ao GCSE (General Certificate of Secondary Education).

As notas dos alunos seguem essa tabela. É válida para ambos os exames, N.O.M.'s e N.I.E.M's

As notas usadas para a avaliação dos N.O.M.'s e N.I.E.M.'s são:

    

Brasil

Notas de Aprovação Notas de Reprovação
O Ótimo P Péssimo
E Excede Expectativas D Deplorável
A Aceitável T Trasgo
    

Portugal

Notas de Aprovação Notas de Reprovação
B Brilhante F Fraco
E Excede as Expectativas H Horrível
A Aceitável T Troll

Os Fundadores, Direção e as Casas de Hogwarts[editar | editar código-fonte]

A Catedral de Gloucester, uma das locações de Hogwarts, nos filmes

Hogwarts, sua história e suas casas têm destaque importante em todos os livros da série. Diz-se que foi fundada há mais ou menos 1000 anos. Veja seus fundadores e que casas compõe a escola e suas respectivas qualidades prezadas.

Sobre os Fundadores[editar | editar código-fonte]

Hogwarts foi fundada por quatro bruxos, os mais poderosos da época, e cada um desses bruxos fundou uma Casa, onde admitiria somente aquele que tivesse certas qualidades prezadas por cada um. São Fundadores os seguintes bruxos:

  • Godric Gryffindor' - Gryffindor (No Brasil, Grifinória)
  • Rowena Ravenclaw - Ravenclaw (No Brasil, Corvinal)
  • Salazar Slytherin - Slytherin (No Brasil, Sonserina)
  • Helga Hufflepuff - Hufflepuff (No Brasil, Lufa-Lufa)

Três dos fundadores coexistiam em harmonia, exceto Slytherin, o mais sagaz, inteligente e astuto. Este acreditava que somente alunos de família inteira de sangue puro feiticeiro deveriam estudar. Como não conseguiu convencer os outros de sua ideia, a lenda (confirmada no segundo livro) conta que antes de deixar a escola, Slytherin construiu uma Câmara, a Câmara Secreta. Nela havia um Basilisco, uma cobra gigantesca que mata com o olhar, que é extremamente rara, que as aranhas temem, nascendo de um ovo de galinha chocado por uma rã. Somente o verdadeiro herdeiro de Slytherin poderia abrir a Câmara. Este herdeiro revela-se ser Tom Marvolo Riddle (Tom Servolo Riddle no Brasil), que mais tarde revela-se como o próprio Voldemort, o bruxo das trevas que tentou assassinar Harry Potter durante a sua infância.

Direção[editar | editar código-fonte]

A direção de Hogwarts é um sistema hierárquico. O diretor é o cargo mais alto da instituição, possuindo total poder sobre a escola, seguido do vice-diretor, cuja função é auxiliar o diretor. Ambos são supervisionados pelo Conselho Diretor, formados por doze pais de alunos. Os diretores das casas possuem poderes semelhantes aos do diretor, podendo inclusive expulsar alunos, mas o poder é limitado aos alunos da sua casa. No quinto livro da série, Harry Potter e a Ordem da Fênix, é criado o cargo de Alta Inquisidora de Hogwarts, que concedia ao ocupante poderes extraordinários sobre os alunos, professores e o programa de estudos. Após o Ministério da Magia admitir a volta do Lorde das Trevas, o cargo é extinto. Dolores Umbridge foi a única Alta Inquisidora de Hogwarts. Dentre os diretores da escola, pode-se citar: Alvo Dumbledore (considerado o mais famoso), Minerva McGonagall, Armando Dippet, Fineus Nigellus, Severo Snape, Dolores Umbridge e Dilys Derwent.

Corpo Docente[editar | editar código-fonte]

O corpo docente é o corpo de professores de Hogwarts que são responsáveis, por ensinar determinadas matérias aos alunos. Várias matérias como: Herbologia, Poções, Defesa Contra as Artes das Trevas, História da Magia e etc.

Funcionários Subjetivos[editar | editar código-fonte]

Os funcionários subjetivos, são aqueles que não ocupam cargos muito importantes, mas sim fundamentais para a escola. Elas são: Zelador, Bibliotecária, Guarda-Caça e Enfermeiras.

Disciplinas[editar | editar código-fonte]

Existem dois tipos de disciplinas em Hogwarts, as obrigatórias e opcionais. As obrigatórias são: Defesa Contra as Artes das Trevas, Poções, História da Magia, Astronomia, Feitiços, Transfiguração e Herbologia; Duelos e Vôo só são aulas feitas no 1° ano, porém alunos de outros anos podem optar de ver-las. As opcionais: Adivinhação, Trato das Criaturas Mágicas, Runas Antigas e Estudo dos Trouxas

Sobre as Casas[editar | editar código-fonte]

As Casas de Hogwarts funcionam como se fossem a família de cada estudante. Seus acertos, seja por respostas corretas nas aulas, seja por bons atos, lhes rendem pontos, como também os pontos ganham nas partidas de quadribol. Já seus erros nas aulas ou transgressões às regras fazem com que percam pontos. No fim do ano a Casa com mais pontos ganha a Taça das Casas. Os quatro fundadores de Hogwarts fundaram também suas casas, onde só admitiam aqueles com as qualidades que prezavam. As casas e seus respectivos fundadores são:

  • Grifinória (Gryffindor): fundada por Godric Gryffindor, que prezava a coragem e o passado marcado por nobres feitos. Suas cores são vermelho e dourado e seu animal símbolo é um leão, apesar do nome original da casa, Gryffindor indicar um grifo (supostamente, o nome Gryffindor vem da junção das palavras "griffin", grifo em inglês, e "d'or", que significa 'de ouro' em francês). Dentre os alunos famosos desta casa estão: Harry Potter, Hermione Granger, Rony Weasley, Alvo Dumbledore e Minerva McGonagall.
  • Corvinal (Ravenclaw): fundada por Rowena Ravenclaw, que prezava a sagacidade acima de tudo. Suas cores são azul e bronze e o animal símbolo é a águia, apesar de o nome Ravenclaw conter a palavra corvo (raven). Uma característica muito notada nos integrantes da casa Corvinal, mas que não é dita como uma característica específica da casa nos livros, é a beleza, quebrando o estereótipo de que "beleza e inteligência não se misturam". Dentre os alunos famosos desta casa estão: Luna Lovegood e Cho Chang.
  • Sonserina (Slytherin): fundada por Salazar Slytherin, que era astuto, qualidade que apreciava em seus educandos. A parte majoritária dos bruxos das trevas pertenceu à Sonserina, incluindo Voldemort, o que não quer dizer que a todos os membros falte o caráter. Salazar Slytherin também só aceitava alunos de ancestralidade bruxa, ou seja, puros-sangue, embora essa não seja uma regra, visto que Voldemort e Snape eram mestiços. Além disso, J.K. Rowling planejou criar uma personagem sonserina chamada Mafalda que seria nascida-trouxa, mas voltou atrás, criando a personagem Rita Skeeter, que teria a mesma serventia de Mafalda (trazer informações aos personagens principais). Suas cores são verde e prata, e o animal símbolo, a serpente, já que Slytherin era capaz de se comunicar com as cobras (habilidade denominada "ofidioglossia" no Brasil e "serpentês" em Portugal). Dentre os alunos famosos estão : Tom Riddle (Voldemort), Severo Snape, Horácio Slughorn Draco Malfoy e Merlin
  • Lufa-Lufa (Hufflepuff): fundada por Helga Hufflepuff, que disse que aceitaria a todos e ensinaria o que pudesse. Helga era uma mulher leal, honesta e aplicada, e valorizava essas qualidades em seus alunos. Além disso, seus alunos são justos e generosos. Suas cores são amarelo e preto, e seu animal símbolo, o texugo. Muitos alunos de Hogwarts, especialmente os da Casa Sonserina, não gostam muito desta casa por considerarem seus membros como sendo "babacas" ou "tolos". Dentre os alunos famosos desta casa estão: Andromeda Tonks e Cedric Diggory.

Alunos[editar | editar código-fonte]

Quando uma criança com poderes mágicos nasce, uma pena mágica localizada dentro do Castelo de Hogwarts escreve o seu nome em um grande livro. Todos os anos, o diretor ou diretora de Hogwarts olha esse livro e manda corujas para todas as crianças que farão 11 anos, avisando que elas têm uma vaga em Hogwarts. Todos os alunos devem respeitar as regras ou poderão ser castigados de acordo como por exemplo, levar uma detenção. Todos os alunos menores de 17 anos tem rastreadores, nenhum aluno menos de 17 pode fazer magia fora de Hogwarts, podem ser expulsos por isso. [1]

Outras Escolas[editar | editar código-fonte]

Há algumas outras escolas de magia mencionadas em Harry Potter e o Cálice de Fogo: Beauxbatons, localizada na França; Durmstrang, provavelmente localizada na Bulgária. Essas duas escolas assumem papel importante no quarto livro, já que são as duas outras escolas europeias mais famosas e juntas, Hogwarts, Beauxbatons e Durmstrang concorrem pela taça do Torneio Tribruxo.

Duas outras instituições de ensino são brevemente citadas no quarto livro: Harry lê em uma bandeira estrelada estendida na barraca de duas velhas bruxas americanas sobre o Instituto das Bruxas de Salem, nos Estados Unidos. E a Brazilian Wizarding School, localizada no Brasil. Gui Weasley trocava cartas com um estudante desta escola, o qual o convidou para participar de um programa de intercâmbio estudantil. Mas, Os Weasleys, infelizmente, não tinham dinheiro para pagar as despesas da viagem. Então o estudante, ofendido, enviou a Gui como resposta um chapéu enfeitiçado que fez suas orelhas murcharem.

Livros-texto[editar | editar código-fonte]

Esses são alguns livros utilizados pelo alunos de Hogwarts. A maioria deles são recomendados pelos professores de cada matéria, como Herbologia, Defesa Contra as Artes das Trevas, Transfiguração, Runas Antigas e etc. Outros são encontrados pelos alunos das quatro casas na biblioteca de Hogwarts.

Mas nas horas vagas alunos estudiosos como Hermione certamente adorariam ler "Hogwarts uma História". Merece também menção o livro Contos de Beedle, o Bardo de Beedle, o Bardo, espécie de contos infantis para bruxos. O livro foi publicado pela própria J.K. Rowling - com o pseudônimo de Beedle, o Bardo e comentários de Dumbledore. Também devem ser lembrados os livros Animais Fantásticos e Onde Habitam também escrito por J. K. Rowling e com comentários de Harry Potter e Rony Weasley e Quadribol Através dos Séculos, onde se fala tudo sobre o esporte dos bruxos e é citado nos livros.

(Lembrando que os livros de Gilderoy Lockhart não foram escritos por ele, que apenas ganhava os créditos por feitos de outros bruxos e bruxas)

Referências

  1. Pottermore - What is the Magic Quill?. Página visitada em 2 de agosto de 2011.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal Harry Potter