Esferas métalicas de Klerksdorp

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
As esferas de Klerksdorp

As esferas de Klerksdorp são rochas esféricas ferrosas encontradas em Ottosdal, na África do Sul, sobre um estrato Pré-cambriano. Encontram-se atualmente expostas no Museu de Klerkdorp. A idade aproximada das esferas metálicas de Klerksdorp é de 3 BILHÕES de anos, que está compreendida entre o período pré-cambriano que vai de 4,5 bilhões de anos, até o surgimento de uma larga quantidade de fósseis, que marca o início do período Cambriano da era Paleozóica do éon Fanerozóico, há cerca de 540 milhões de anos.

Embora alguns autores sugiram que as esferas de Klerksdorp tenham origem não-natural,1 análises por diversos geólogos demonstraram a sua origem como resultado de processos naturais.2 3 4 5 Contudo, ainda não há consenso científico entre estudiosos do assunto acerca da origem destas esferas.

References[editar | editar código-fonte]

  1. Jochmans, J. R., 1995, Top ten out-of-place artifacts: Atlantis Rising. no. 5, pp. 34-35, 52, and 54. (Fall 1995)
  2. Cairncross, B., 1988, "Cosmic cannonballs" a rational explanation: The South African Lapidary Magazine. v. 30, no. 1, pp. 4-6.
  3. Heinrich, P.V., 1997, Mystery spheres: National Center for Science Education Reports. v. 17, no.1, p. 34. (January/February 1997)
  4. Heinrich, P.V., 2007, South African concretions of controversy: South African Lapidary Magazine. vol. 39, no. 1, pp. 7-11.
  5. Heinrich, P.V., 2008, The Mysterious "Spheres" of Ottosdal, South Africa. National Center for Science Education Reports, v. 28, no. 1, pp. 28-33.

Enlaces[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre arqueologia ou arqueólogos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.