Televisa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Esmas.com)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Televisa
Grupo Televisa
Tipo Canal de TV mexicano
País  México
Fundação 21 de março de 1950 (64 anos)
1955 (59 anos)
(como Telesistema Mexicano)
1968 (46 anos)
(como Televisión Independiente de México)
1 de janeiro de 1973 (41 anos)
(como Televisa)
por Emilio Azcárraga Vidaurreta
Pertence a Grupo Televisa
Proprietário Grupo Televisa
Presidente Emilio Azcárraga Jean
Cidade de origem Flag of Mexican Federal District.svg Cidade do México, DF
Slogan Compartiendo nuestras tradiciones
(Compartindo nossas tradições)
Cobertura México
Nome(s) anteriore(s) Telesistema Mexicano (1955-1967)
Televisión Independiente de México (1968-1973)
Página oficial Televisa
esmas.com

A Televisa (ou Grupo Televisa) é a principal cadeia mexicana de televisão. Formada em 1973, recebeu sua nomenclatura atual a partir da fusão do Telesistema Mexicano com a Televisión Independiente de México. A Televisa hoje é considerada o maior conglomerado de mídia da América Hispânica e a 6ª Maior emissora do Mundo, segundo o site Opinando TV, sendo superada apenas pela American Broadcasting Company, Rede Globo, Columbia Broadcasting System, National Broadcasting Company, British Broadcasting Corporation. A Televisa tornou-se conhecida no mundo inteiro por exportar programas de televisão, em especial telenovelas. A empresa produz atualmente cerca de 16 telenovelas por ano. Tem como seu concorrente mais próximo a TV Azteca.

História[editar | editar código-fonte]

Edifício-sede da Televisa no bairro de Colonia Doctores, na Cidade do México.

A Televisa é a maior cadeia do México e a quinta maior do mundo, e se tornou conhecida pelas suas telenovelas. Ao contrário do que se pensa, a Televisa não é um canal de televisão, mas sim um conglomerado de quatro canais, dois em rede nacional, uma semi-rede e outro canal local. Os canais são: Canal de Las Estrellas (XEW TV - Canal 2 - Nacional), FOROtv (XHTV - Canal 4 - Local), Canal 5 (XHGC - Canal 5 - Nacional) e Galavisión (XEQ - Canal 9 - Semi-nacional).

A Televisa nasceu da fusão de duas emissoras: a Telesistema Mexicano (XHTM, que tinham três canais) e a TV TIM (Televisión Independiente de México), que era apoiada pela PRI, governo que ficou mais de 50 anos no poder. A PRI saiu do poder recentemente, com a vitória do oposicionista Vicente Fox.

Em 1950, depois de vários anos de experiência, surge a pioneira em televisão no México, com a criação do primeiro canal: XHTV Canal 4. A concessão foi outorgada transformando o México na primeira nação da América Hispânica a ter uma emissora de TV.

Em 1951, sai oficialmente ao ar o segundo canal de televisão mexicano, a XEWTV (atual Canal de Las Estrellas) Canal 2, fundada pelo pioneiro Don Emílio Azcárraga Vidaurreta, transmititindo a XEW como "A Voz da América Hispânica desde o México".

No mesmo ano se inauguram as instalações do Televicentro na Avenida Chapultepec, lugar onde realizará suas atividades o novo meio de comunicação. Foi o engenheiro Guillermo González que recebeu em 1952 a concessão do terceiro canal de televisão, o XHGC Canal 5.

Como produto da união dos canais 2, 4 e 5 cria-se, ainda em 1952, o Telesistema Mexicano.

Em 1968 surge a XHTIM-TV Canal 8, Televisión Indepiendente de México, propriedade do grupo Visa que se instalou em San Angel Inn.

Em 1973 se unem o Telesistema Mexicano e a Televisión Indepiediente de México, para formar a atual Televisa, com a finalidade de coordenar, operar e transmitir o sinal dos canais 2, 4, 5 e 8.

Em 1985, o canal 8 mudou seu sinal para XEQ Canal 9 (com a chegada da ainda não estabelecida TV Azteca), que em um princípio se constituiu como um canal cultural, para posteriormente controlar uma linha comercial.

Em setembro de 1988, a Televisa concretizou a criação do primeiro sistema de notícias em espanhol via satélite: o ECO, transmitindo ao vivo as 24 horas do dia no México, Estados Unidos, Américas Central e do Sul, Europa Ocidental e Norte da África.

Em 1997, o Sr. Emílio Azcárraga Jean assume o Grupo Televisa e em 3 de junho de 2001, o canal 9 se chama Galavisión; e em 30 de abril do mesmo ano o canal 4 se chama 4TV.

No dia 25 de abril de 2008, a Televisa termina o acordo com o SBT para co-produção de novelas com texto mexicano no Brasil, meses depois, inicia a com a Rede Record. Em co-produção com a Record, a Televisa produz as novelas Bela, a Feia e a versão brasileira de Rebelde. Porém, mesmo após o fim do contrato, o SBT continua adaptando textos mexicanos, como Corações Feridos e exibindo tramas da Televisa. Em 2012, após desentendimentos com a alta cúpula da Rede Record, os executivos da Televisa resolveram, ao ver os baixos índices de audiência da segunda temporada da versão brasileira da novela Rebelde, adotar uma nova parceria com aquela emissora que sempre foi amiga da rede mexicana o SBT que a partir daí deu início ao remake da nova versão de Carrossel.

Canais[editar | editar código-fonte]

Muito tempo atrás, o engenheiro Francisco Javier Stavoli, recebeu um apoio de um partido político para levar para o México a televisão. Importaram uma antena de transmissão de TV e instalaram na torre de uma igreja, na cidade de Allende y Bleisario Dominguez. A primeira imagem da TV Mexicana foi de Amélia Fonseca de Stavoli, mulher do engenheiro. Isso aconteceu alguns meses depois da TV Tupi ter ido ao ar.

A primeira transmissão oficial da televisão mexicana aconteceu no dia 1º de Setembro de 1950, com a Canal 4, de Romulo O’Farrill Silva. No dia 22 de setembro de 1951, a estréia da XEW TV (Canal 2). A XEW era uma importante emissora de rádio (inclusive, Angelines Fernandez, a Bruxa do 71, chegou a trabalhar nela). A XEW TV pertencera a um importante empresário de dono de um importante jornal, quase um Roberto Marinho mexicano. Em agosto de 1952, sua primeira concorrente, a XEQ (Canal 5), foi ao ar. A XEQ também era uma importante emissora de rádio. Seu dono era Guillermo González Camarena.

Ainda em 1952, aconteceu a fusão dos canais 2, 4 e 5, formando o Telesistema Mexicano (XHTM). Isso aconteceu devido a uma grande pressão do presidente Adolfo Ruiz Cortines para que a TV chegasse a mais telespectadores.

Em 1973, outra grande fusão aconteceu na TV Mexicana: a fusão do Telesistema Mexicano com a TV TIM, canal 8. Assim, nasceu a Televisa (que não só significa Televisão Via Satélite como a junção dos dois nomes: Telesistema Mexicano e Visa, grupo mexicano dono da TV TIM).

Usando um exemplo de um programa de conhecemos muito bem: os programas de Chespirito começou na TV TIM. Chaves lá no México se chama El Chavo de Ocho não por causa da história do apartamento 8 e sim por causa do número da TV TIM. Curiosamente, depois da fusão, o Chaves passou a ser exibido na XEW TV (Canal de Las Estrellas - Canal 2), mas mesmo assim continuou se chamando Chavo del Ocho. A TV TIM passou ser a XEQ (Canal 8) e a antiga XEQ (Canal 5) passou a ser a XHGC (Canal 5).

Em 1985, o XEQ (Canal 8) passou para o canal 9 por causa de uma organização nas freqüências do México. O dial do México é o mesmo do Brasil (7 canais entre 13 possíveis).

Os canais[editar | editar código-fonte]

Canal de las Estrellas (XEW-TV)[editar | editar código-fonte]

O Canal de las Estrellas é o principal canal da Televisa. Ele transmite programação em geral, como esportes, noticiários, novelas, séries e outros. É neste canal que é feita a transmissão original das principais telenovelas e séries produzidas pela Televisa.

FOROtv (XHTV-TV)[editar | editar código-fonte]

A FOROtv é um canal da Televisa que só é transmitido na Cidade do México. Ele transmite somente notícias.

Canal 5 (XHGC-TV)[editar | editar código-fonte]

O Canal 5 é o canal que transmite para todo o México programas para jovens e series e filmes americanos.

Galavisión (XEQ-TV)[editar | editar código-fonte]

O Galavisión é um canal versátil onde se pode encontrar uma alternativa de entretenimento, como telenovelas, esportes, séries e eventos especiais, como campeonatos de luta livre, entre outros.

Significado das siglas[editar | editar código-fonte]

XHTV-TV, XEW-TV, XEQ-TV… Esses montes de letras são os prefixos das emissoras, coisa que era muito usada no México a alguns anos atrás. Os nomes aqui citados (Canal de Las Estrellas, Galavisón, Canal 5) só foram criados recentemente. No Brasil, os canais também tem prefixos, porém diferentes dos do México, eles não começam com "X" seguidos de letras e sim com "ZYB" mais três algarismos, com prefixos diferentes para cada retransmissora. As únicas emissoras que falam ou não seus prefixos são afiliadas, como, por exemplo, a Globo SP, cujo o prefixo é ZYB 850 e a Globo RJ, ZYB 511.

A Televisa além da TV[editar | editar código-fonte]

O ex-ator e humorista da Televisa, Carlos Villagrán, interpretando o seu famoso personagem Quico.

A Televisa atualmente vai muito além de suas quatro emissoras. Assim como a Globo, a Televisa opera em outras áreas como a TV Paga. A Televisa Networks é a programadora dos canais De Película, Ritmsom, TL Novelas, Telehit, Golden, American Network, Unicable, Bandamax e o Canal de Las Estrellas Internacional. Além da Televisa Networks, a Televisa é sócia majoritária da Sky México e dona da Cablevisión.

  • A Televisa é dona de três times de futebol: Club América, Club Necaxa e Club San Luis (adquirido recentemente) e dona do Estádio Azteca (que não tem nada a ver com sua concorrente). Chespirito, inclusive, torce pelo Club América.
  • No cinema a Televisa opera com a VideoCine, que produz e distribui filmes no México.
  • A Televisa lança seus DVDs pela Televisa Home Entertainment, que adapta e produz todos os DVDs de novelas e programas. Inclusive os DVDs de Chespirito no Brasil, em conjunto com a Amazonas Filmes.
  • Na fusão dos canais, a Televisa também ficou com as rádios, assim criando a rede Televisa Rádio
  • A Televisa Licencias vende as marcas de seus programas, novelas e séries para a produção de brinquedos e dentenção das marcas pela emissora que exibirá tal produção. Os agentes internacionais da Televisa Consumer Products são: Elastic, License 2 Brand, Univision, SBT Licensing, Mondo TV, Selecta visión, Compañía Panamericana de Licencias (LATAM) e El 8. No México e em grande parte da América Hispânica representa a Endemol, Fremantle Media e a Viacom.
  • A Televisa também tem participação na Univisión (maior emissora em espanhol dos EUA), EMI Televisa Music México, TuTV (operação com a Univisión para lançar os canais a cabo nos EUA), La Sexta (canal espanhol), Ocesa (importante produtora teatral mexicana), Más Fondos (empresa de administração de ações e finanças),Grupo Recoorde Volaris (empresa de aviação aérea cívil).
  • Na Internet a Televisa também é grande. É dona do Esmas.com, maior portal mexicano de conteúdo. O Esmas.Com tem diversos serviços, como o Esmas Móvil (provedor de serviços para celulares), Esmas TV (player que vende programas dos canais da Televisa), Gyggs (rede de relacionamento semelhante ao Orkut) e o Tarabu (player que vende músicas digitais). Essas empresas fazem parte da Televisa Digital.
  • A maior editora em língua espanhola pertence à Televisa. É a Televisa Editorial, com mais de 50 publicações em 18 países do mundo. A mais nova publicação deles é a versão mexicana da Caras.
  • A Televisa possui dois diretórios de transmissão: A Televisa Regional que coordena as emissoras dentro do México e a Televisa Internacional ou Televisa Estúdios que age exportando os produtos feitos pela Televisa.
  • A Televisa também tem uma pequena agência musical, a Televisa Música, que lança novos talentos musicais no mercado.

Programacão[editar | editar código-fonte]

Os protagonistas da telenovela Rebelde e ex-membros da banda RBD; Dulce María, Anahí Puente, Maite Perroni, Christopher Uckermann, Christian Chávez e Alfonso Herrera.

Programacão atual[editar | editar código-fonte]

Telenovelas
Comédia
  • Chespirito (1971-1995)
  • La Familia P.Luche (2002-2011)
  • María de todos los Ángeles (2009-2013)
  • La Casa de la Risa (2003-2005)
  • La Hora Pico (2000-2007)
Programacão Esportiva
  • Acción
  • Noticiero TD
  • Más Deporte
  • La Jugada
Jornalismo
  • Primeiras Noticias
  • Noticieiro com Lolita Ayala
  • Noticieiro com Joaquin López-Dóriga
  • Noticiero Fin de semana
  • Las Noticias POR Adela
  • El Mañanero
  • Economia de Mercado
  • A Tr3s las
  • Fr @ ctal
  • Paralelo 23
  • Agenda Pública
  • En 1 Hora
  • Hora 21
  • Es la Hora de Opinar
  • Matutino expresso
  • Respuesta Opportuna
Séries
  • Como Dice el Dicho
  • La Rosa de Guadalupe
  • El Chavo animado
Programação Esportiva
  • Mexicanas nacionais de futebol da equipe partidas
  • Futebol Mexicano
  • MLB
  • NFL
  • NASCAR Nationwide
  • Fórmula 1
  • A1 Grand Prix
  • NASCAR México
  • Boxe
  • Lucha libre AAA
  • Hazaña, el deporte vive
  • Lucha libre CMLL
  • Tiempo final
Filmes
  • Cine Sensacional

Televisa estúdios[editar | editar código-fonte]

A Televisa tem presença internacional através da Televisa Estúdios, líder na comercialização de soluções integrais de entretenimento. Oferece aos cinco continentes uma grande variedade de serviços que incluem programação para televisão, livros, formatos, co-produções, soluções integrais de promoção, recursos artísticos e mais.


Algumas das centrais de transmissão da Televisa:

Departamentos[editar | editar código-fonte]

O Grupo Televisa conta com vários departamentos dedicados a produzir conteúdo para as diferentes mídias da empresa. Os mais importantes são:

  • Noticieros Televisa é o departamento de jornalismo da Televisa, produz vários jornais da empresa entre eles o Noticiero con Joaquín López-Dóriga, Noticiero con Lolita Ayala e Primero Noticias. As pessoas mais conhecidas dessa divisão são: Joaquín López-Dóriga, Carlos Loret de Mola, Adela Micha, Denise Maerker, Víctor Trujillo, Paola Rojas, entre outras.
  • Televisa Deportes é a divisão esportiva da empresa. As pessoas mais conhecidas são: Javier Alarcón, Ricardo Peláez, Enrique Bermúdez de la Serna, Antonio de Valdes e Enrique Burak.
  • Televisa Espectáculos é a área especializada em informar sobre este tipo de noticias e promover produções da empresa.
  • Televisa Niños é o departamento infantil. Produz conteúdo para o público infantil.

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Protesto na Cidade do México, devido à presença de um veículo Televisa.

Televisa escondeu e deturpou informações relacionadas com o massacre de estudantes em Tlatelolco em 2 de outubro de 1968 pelo exército mexicano. A empresa passou por uma reestruturação após a morte de Emilio Azcárraga Milmo, ocorrido em 1997, que era um multi-eixo de acusações de cumplicidade com o partido no poder, o PRI, também minimizou a situação do terremoto no México em 1985, nem expôs a corrupção de Guillermo Carrillo Arena escondido por seus laços com o partido no poder e ex-presidente Miguel de la Madrid, que ampliou os efeitos do desastre.[1]

Em 2006, a empresa estava envolvida na passagem controversa da “Lei Televisa” que concedeu, a título gratuito, o uso do espectro digital de frequências. Esta lei tem sido considerada por alguns um dom de um bem público (espectro de frequência digital) para um meio privado. Por outro lado, aumentou as acusações de partidarismo político da Televisa em favor do partido no poder. A lei estabelece a desregulamentação do espectro digital em favor do facto duopólio formado pela mexicana Televisa grupo de mídia e TV Azteca. Vários senadores que eram membros do Legislativo LIX promovidos para a Suprema Corte de Justiça da Nação uma ação constitucional, argumentou que a lei inibe a concorrência e promove o poder da televisão referido duopólio.

Em 7 de junho de 2012, três semanas antes da eleição federal elegeria o presidente do México, o jornal londrino The Guardian publicou uma frente-enredo em que a Televisa teria tido uma aliança com o candidato à Presidência da República, Enrique Peña Nieto. O jornal de Londres disse que os pagamentos foram ligados aos órgãos administrativos, candidatos a Televisa em troca de cobertura de notícias positivas. Além disso, os arquivos enviados pelo jornal detalhando uma estratégia para evitar Andrés Manuel López Obrador venceu as eleições federais no México, em 2006, envolvendo também a TV Azteca e ex-presidente do México, Vicente Fox.[2]

Em 7 de julho de 2012, a Televisa, foi ao ar o casamento de seu comediante Eugenio Derbez, e nenhum progresso havia convocado o Movimento YoSoy132 contra Peña Nieto, o que provocou protestos contra a emissora.

Em 23 de agosto de 2012, na Nicarágua foram presos 18 supostos empregados, técnicos, apresentadores e jornalistas da empresa, acusados de tráfico de drogas que usavam veículos oficiais da Televisa.[3]

Esmas[editar | editar código-fonte]

Esmas.com
Slogan El portal más completo (em português: O portal mais completo)
Gênero Rede de comunicação
País de origem  México
Idiomas Espanhol
Lançamento 2000
Proprietário Televisa
Página oficial www.esmas.com

Esmas.com é, desde o ano 2000, a página da Internet do Grupo Televisa que oferece conteúdo da empresa na rede através de seus diferentes canais verticais, como desportos, futebol, notícias, espetáculos, telenovelas, mulher, saúde e crianças.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Roberto Garduño (10 de junho de 2001). Sem título (em espanhol). La Jornada. Página visitada em 31 de outubro de 2012.
  2. Jo Tuckman (10 de junho de 2001). Computer files link TV dirty tricks to favourite for Mexico presidency (em inglês). The Guardian. Página visitada em 31 de outubro de 2012.
  3. La "telenovela de Televisa" en Nicaragua (em espanhol). Aristegui Noticias (Outubro de 2012). Página visitada em 31 de outubro de 2012.
  4. * Site oficial de Esmas.com (em espanhol) e Site oficial de Esmas.com USA (em inglês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Televisa