Espúrio Postúmio Albino Magno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Espúrio Póstumo Albino Magno (em latim, Spurius Postumius Sp.f. Sp.n. Albinus Magnus[1] ) magistrado romano,[carece de fontes?] foi cônsul em 148 a.C.,[1] ano no qual um grande incêndio destruiu parte da cidade de Roma.[2] Teve a Lúcio Calpúrnio Pisão Cesonino como colega.[1]

Provavelmente,[carece de fontes?] foi o pai de Espúrio Póstumo Albino, que foi cônsul em 110 a.C.,[1] e de Aulo Póstumo Albino Magno, que foi propretor em 110 a.C..[carece de fontes?]

Cícero menciona-o numa obra sua.[3]

Referências

  1. a b c d Fasti Capitolini [em linha]
  2. Obseq. 78
  3. Cic., Brutus, c. 25
Precedido por:
Lúcio Márcio Censorino e Mânio Manílio
Cônsul da República Romana com Lúcio Calpúrnio Pisão Cesonino
148 a.C.
Sucedido por:
Públio Cornélio Cipião Emiliano e Caio Lívio Druso