Espaço completamente regular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Junho de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Em topologia, um espaço topológico é completamente regular se um conjunto fechado e um ponto externo a este conjunto podem ser separados por uma função contínua; ou, mais precisamente:[1]

Para todo conjunto fechado A não vazio [Nota 1] e todo ponto p, p \notin A\,, existe uma função contínua f com contradomínio no intervalo [0, 1] tal que f(A) = { 1 } [Nota 2] e f(p) = 0.

Alguns textos incluem na definição de completamente regular que tenha a propriedade acima e também a propriedade T1, ou seja, que dois pontos p e q possam ser separados por abertos A e B (não necessariamente disjuntos) em que cada ponto pertence a um aberto mas não ao outro.

Um espaço T3 1/2 é definido, dependendo do livro consultado, como um espaço completamente regular, ou como um espaço completamente regular e T1.

Relação com os demais axiomas de separação[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

  1. A literatura costuma negligenciar a restrição de A não ser vazio, o que é um erro, pois f(\varnothing) = \varnothing \ne \{ 1 \}\,
  2. Novamente, a literatura costuma ser negligente com a notação, escrevendo f(A) = 1

Referências

  1. a b c University of Toronto, Department of Mathematics, Chapter 3: Separation Axioms [em linha]