Espada & Feitiçaria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Capa da revista Weird Tales (1934) com o conto Devil in Iron, um conto de Conan, original de Robert E. Howard

Numa tradução literal Espada e Feitiçaria (sword and sorcery, no original), ou Espada e Magia como é mais conhecido no Brasil, é um sub-gênero da fantasia e da fantasia histórica, geralmente caracterizado por heróis espadachins envolvidos em conflitos emocionantes e violentos. Um elemento de romance está sempre presente, como um elemento de magia e do sobrenatural. Ao contrário de obras de alta fantasia, os contos, embora dramático, concentrar-se principalmente em batalhas pessoais, em vez de questões mundialmente pondo em perigo. Um gênero de filme tangencialmente relacionado com espada e feitiçaria, pelo menos no nome, é a Espada e sandália, embora seus temas são geralmente orientados para os tempos bíblicos e da Antiguidade, em vez de fantasia.

Origem[editar | editar código-fonte]

O termo " espada e feitiçaria " foi cunhado pela primeira vez em 1961, quando o autor britânico Michael Moorcock publicou uma carta no fanzine Amra, exigindo um nome para o tipo de história de fantasia e aventura escrito por Robert E. Howard. Ele havia proposto inicialmente o termo "fantasia épica". No entanto, o célebre escritor americano Fritz Leiber respondeu na revista Ancalagon (6 de abril de 1961), sugerindo , espada e feitiçaria como um bom slogan popular para o campo".

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre ficção científica e fantasia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.