Espasmo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Espasmo
Pintura retratando espasmos musculares em um doente de tétano (1809)
Classificação e recursos externos
CID-10 R25.2
CID-9 728.85
Star of life caution.svg Aviso médico

Um espasmo é uma contração involuntária de um músculo, grupo de músculos ou órgão. Um espasmo é tipicamente acompanhado de uma dor localizada. No caso da contra(c)ção, espasmo, da glândula da Próstata, este é seguido por uma sensação de alívio, conforto e prazer. Possível inicio do Câncer de próstata. É recomendado que se consulte um médico urgentemente.

O espasmo é causado por mau funcionamento dos nervos , pode se tornar muito mais grave, e permanente se não for tratado.

Por extensão, um espasmo temporário é uma explosão de energia, atividade, emoção, estresse ou ansiedade.

Um subtipo de espasmos é a cólica, uma dor episódica, devido a espasmos da musculatura lisa em um determinado órgão (por exemplo, o ducto biliar). Uma característica de cólica é a sensação de ter de deslocar-se, e a dor pode induzir a náuseas ou vômitos, se grave. Uma série de espasmos ou espasmos permanentes são chamados de espasmismo.

Em casos muito graves, o espasmo pode induzir as contrações musculares que são mais fortes do que a doente poderia gerar, em circunstâncias normais. Isso pode causar tendões e ligamentos rompidos.

Os espasmos podem ser causados por hidratação insuficiente, sobrecarga muscular ou ausência de alguns minerais (como magnésio).

Ícone de esboço Este artigo sobre Fisiologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.