Espectros (Stargate)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde Outubro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde outubro de 2008). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

No universo ficcional de Stargate, Espectros (Wraith no original em inglês) são a raça alienigina hostil, inicialmente apresentada no episódio-piloto "Rising" da série Stargate Atlantis. Nos seriados, eles são uma raça telepática que se alimenta da "energia vital" de humanos, e são a força dominante na galáxia de Pégaso. A primeira temporada de Atlantis foca em como os personagens principais buscam meios para sobreviver a poderosos ataques dos Espectros. Apesar de que nas temporadas finais novos inimigos chamaram mais atenção que os Espectros, eles permanecem como uma forte e sempre-presente ameaça à Expedição Atlantis.

Todos os espectros que aparecem em Stargate Atlantis que possuem um nome foram assim 'batizados' pelos humanos, uma vez que nenhum Espectro jamais revelou seu verdadeiro nome. John Sheppard frequentemente nomeia Espectros capturados com nomes terrestres interessantes ou genéricos. A maioria dos espectros não-combatentes masculinos e femininos foram interpretados pelos mesmo atores, James Lafazanos e Andee Frizzell respectivamente. James Lafazanos deixou o programa após a segunda temporada. Outros Espectros masculinos foram interpretados por Cruistopher Heyerdah (terceira temporada em diante), Jeffrey C. Robinson (segunda temporada), Dan Payne (terceira temporada), James Bamford (quarta temporada), Brendan Penny, e Tyler McClendon (quinta temporada).

Histórico[editar | editar código-fonte]

Os Espectros são humanóides inteligentes geneticamente próximos de insetos, apesar de predominantemente humanos. Eles evoluiram na galáxia de Pegaso, após os Antigos a povoarem com humanos. Uma das populações humanas se alimentou de um inseto chamado Iratus, que possui a habilidade de drenar a energia vital de outros para se curar. A medida que se alimientavam, os insetos incorporaram o DNA humano, dando origem aos Espectros. Assim como os insetos, os Espectros passaram a se alimentar dos humanos, tratando-os como gado e considerando o ato de se alimentar como nada mais que um ato natural.

Dezenas de anos atrás, os Espectros entraram em guerra com os Antigos (os quais eles conheciam como Lanteans) pelo controle da galáxia. Com sua tecnologia superior, os Antigos achavam-se invencíveis e suberstimaram o oponente, enviando naves dentro do território dos Espectros numa tentativa de destrui-los. Os Espectros conseguiram caputrar três destas naves, junto de seus ZPM que foram utilizados para clonar os exércitos dos Espectros. Com este novo exército, os Antigos enviaram uma delegação protegida por suas mais poderosas naves em busca de paz, mas eles foram completamente dizimados. Os Espectros derrotaram os Antigos até que somente restou Atlantis. A guerra com os Antigos durou mais de 100 anos, até que os Antigos decidiram submergir a cidade e retornar para Terra. Agora mestres de sua galáxia, as colonias de Espectros entraram um ciclo de hibernação e alimentação, acordando a cada centena de anos para cuidar de seu "rebanho humano".

Referências[editar | editar código-fonte]