Anexo:Lista de personagens de Os Cavaleiros do Zodíaco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Espectros de Hades)
Ir para: navegação, pesquisa
Ni hon go2.png Este artigo contém texto em japonês.
Sem suporte multilingual apropriado, você verá interrogações, quadrados ou outros símbolos em vez de kanji ou kana.

Este artigo é composto por uma lista dos personagens mais relevantes da obra Os Cavaleiros do Zodíaco e de de sua continuação canônica Saint Seiya: Next Dimension – O Mito do Rei das Trevas, criadas, escritas e ilustradas por Masami Kurumada.

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O enredo de Os Cavaleiros do Zodíaco começa em 1986 e segue um grupo de cinco guerreiros que lutam em nome da deusa Atena contra deuses malignos que pretendem dominar o mundo. O principal adversário do grupo na primeira fase da obra é o Cavaleiro de Ouro de Gêmeos, que assassinou o representante de Atena e tomou seu posto como líder dos Cavaleiros. Na segunda fase, os Cavaleiros enfrentam o deus dos mares, Poseidon, que, após sequestrar a encarnação mortal de Atena, ameaça submergir o mundo com chuvas incessantes e maremotos para purificá-lo da maldade dos humanos. O oponente seguinte, que surge na terceira fase da obra, é o deus do Mundo Inferior, Hades, inimigo de Atena desde a era mitológica.

Saint Seiya: Next Dimension – O Mito do Rei das Trevas é tanto um precedente quanto uma sequência da obra original e detalha o resultado da guerra santa contra Hades. A história se inicia com Atena buscando o apoio dos deuses do Olimpo e de Chronos para salvar Seiya de Pégaso. Os dois principais antagonistas são as tropas da deusa Ártemis no século XX e a encarnação de Hades no século XVIII. Este é o prenúncio da tão aguardada Saga do Céu, em que Atena e seus Cavaleiros confrontam os deuses do Olimpo encabeçados por Zeus, o rei dos deuses, imaginada por Masami Kurumada como o final de Saint Seiya.

Criação e concepção[editar | editar código-fonte]

Ao desenhar Seiya, Kurumada se inspirou em Ryūji Takane, personagem principal de seu mangá Ring ni Kakero, criado 9 anos antes de Seiya.[1]

Protagonistas[editar | editar código-fonte]

Saori Kido[editar | editar código-fonte]

Saori Kido (城戸 沙織, Kido Saori?)
Jovem grega adotada pelo milionário Mitsumasa Kido e criada como sua neta. Saori é a reencarnação da deusa Atena no século XX, que sempre retorna à Terra quando a humanidade se encontra ameaçada pelo mal. Inicialmente ignorante de suas origens, Saori começa a planejar seu retorno ao Santuário após descobrir seu passado divino e conta com o apoio dos cinco Cavaleiros de Bronze que também protagonizam a obra.

Seiya de Pégaso[editar | editar código-fonte]

Seiya de Pégaso (天馬星座の星矢, Pegasasu no Seiya?)
Seiya é o Cavaleiro de Bronze da constelação de Pegasus. Quando criança, Seiya foi separado de sua irmã, Seika, para ir treinar como Cavaleiro no Santuário de Atena, na Grécia. Graças aos métodos rígidos e disciplinares de sua mentora Marin de Águia, Seiya foi capaz de cultivar um enorme potencial e conquistar a Armadura de Pégaso. Motivado pelo desejo de reencontrar sua irmã, Seiya depois descobre seu destino como um verdadeiro Cavaleiro de Atena, renascendo sempre que a deusa reencarna, para ajudá-la na batalha contra o mal que consome a Terra. Guerreiro de imenso poder, Seiya alcança a vitória em batalhas aparentemente impossíveis e consegue derrotar até mesmo os deuses Poseidon e Hades, mas ao custo de viver preso a uma cadeira de rodas, devido a maldição da espada de Hades, fato que Saori Kido e seus amigos pretendem reverter.

Shiryu de Dragão[editar | editar código-fonte]

Shiryu de Dragão (龍星座の紫龍, Doragon no Shiryū?)
Shiryu é o Cavaleiro de Bronze da constelação de Draco. Ele é, entre os cinco Cavaleiros de Bronze que acompanham Saori Kido, o mais sábio, maduro e reservado. Por estar sempre envolvido em combates que superam os seus limites, é bastante comum ver Shiryu gravemente ferido, inconsciente, perdendo a visão ou tendo sérias hemorragias. Shiryu foi treinado nos Cinco Picos Antigos de Rozan, na China, pelo Mestre Ancião (o Cavaleiro de Ouro, Dohko de Libra) para ganhar a Armadura de Dragão. Sua Armadura é conhecida por possuir surpreendentes propriedades ofensivas e defensivas, nas respectivas formar de punho e escudo. Quando Shiryu eleva o seu Cosmo ao máximo, uma imagem de um dragão aparece em suas costas, que começa a desaparecer conforme o Cavaleiro de Dragão está muito perto da morte.

Hyoga de Cisne[editar | editar código-fonte]

Hyoga de Cisne (白鳥星座の氷河, Kigunasu no Hyōga?)
Hyoga é o Cavaleiro de Bronze da constelação de Cygnus. Nascido no pequeno vilarejo Kohoutek, no leste da Sibéria (Rússia, que na época do lançamento de Saint Seiya era parte da extinta União Soviética). Seu talento sobre o controle do Cosmo lhe permite criar gelo e neve, mesmo em temperaturas próximas do zero absoluto, tal fato também cria nele certa arrogância. Sendo cristão ortodoxo, Hyoga guarda contigo um rosário com uma cruz que representa a Cruz do Norte (outro nome para sua constelação protetora), única lembrança deixada por sua mãe antes de morrer.

Shun de Andrômeda[editar | editar código-fonte]

Shun de Andrômeda (アンドロメダ星座の瞬, Andoromeda no Shun?)
Shun é o Cavaleiro de Bronze da constelação de Andrômeda. Sua Armadura é conhecida por possuir correntes, que são utilizadas tanto para atacar, quanto para se defender. Misericordioso, humilde e gentil, Shun prefere resolver conflitos sem derramar sangue, só se envolvendo em combate quando realmente for necessário ou quando sua quase infinita paciência for esgotada. Shun é o receptáculo de Hades, ligado ao Deus dos Mortos através do pingente em forma de um pentagrama prateado com a inscrição “Yours Ever” (“Sempre Seu”), que Shun julgava ter ganhado de sua falecida mãe, mas foi salvo pelo sangue de Atena em seu sacrifício.

Ikki de Fênix[editar | editar código-fonte]

Ikki de Fênix (鳳凰星座の一輝, Fenikkusu no Ikki?)
Ikki é o Cavaleiro de Bronze da constelação de Phoenix. Ikki tem uma personalidade completamente oposta a de seu irmão mais novo Shun de Andrômeda: solitário, frio e agressivo. Ele foi treinado na Ilha da Rainha da Morte por Guilty, que o tornou em um ser movido a ódio puro e capaz de exercer todo o poder da Armadura de Fênix. Ikki era um antagonista no começa e comandou os Cavaleiros Negros em uma vingança contra Saori Kido, mas se arrepende e passar a lutar por Atena, ajudando seus amigos e irmão, porém, por conta própria. Ikki já trinfou em diversas batalhas e sempre que morrer, ele voltará à vida ainda mais forte, tornando-o praticamente invencível.

Outros Cavaleiros[editar | editar código-fonte]

Personagens de apoio[editar | editar código-fonte]

Cassios (カシオス, Kashiosu?)
Anteriormente um aprendiz de Cavaleiro sob a tutela de Shaina de Ofiúcio. Gigantesco e de enorme força física, Cassios disputou com Seiya pela Armadura de Pégaso e o status de Cavaleiro. Ele foi, porém, vencido pelo rapaz, que ainda cortou uma de suas orelhas. Cassios sempre teve um grande respeito e apreço por Shaina, além de secretamente ser apaixonado por ela, mas percebe a atração que sua mestra sente por Seiya. Motivado por isso, Cassios toma o lugar de Seiya e morre durante uma luta contra Aiolia de Leão, tentanto libertar o Cavaleiro de Ouro do controle do Grande Mestre. No anime, Cassios é o irmão caçula de Dócrates, um personagem exclusivo do anime.
Guilty (ギルティー, Girutīes?)
Mestre de Ikki de Fênix durante o seu treinamento na Ilha da Rainha da Morte. Também conhecido como Cavaleiro do Diabo, Guilty se tornou uma criatura movida a ódio puro após ser submetido ao golpe Satã Imperial do Grande Mestre. Duro, implacável e cruel, Guilty esconde seu rosto atrás de uma máscara oni. Ele aplicava métodos brutais no treinamento de Ikki, a fim de torná-lo em um ser movido a ódio puro e capaz de exercer o poder da Armadura de Fênix. Guilty foi responsável pela morte de Esmeralda e foi morto por Ikki, como parte do teste final do seu discípulo para se tornar um Cavaleiro, mas, não sem antes revelar para Ikki o segredo do seu nascimento. Masami Kurumada nunca revelou a constelação de Guilty, apesar de ele ser reconhecidamente um Cavaleiro de Atena.
Natássia (ナターシャ, Natāsha?)
Uma das amantes de Mitsumasa Kido e falecida mãe de Hyoga de Cisne. Depois de morrer em um naufrágio de navio, seu corpo permaneceu intacto, preservado pelas águas geladas do mar da Sibéria. Ela também é conhecida no mangá e no anime como Mãe de Hyoga (氷河の母親, Hyōga no Māma?).
Kiki (貴鬼?)
Aprendiz e auxiliar de Mu de Áries em Jamiel, Kiki é um grande amigo de Shiryu e ajuda os Cavaleiros de Bronze sempre que necessário. Assim como seu mestre, Kiki tem duas pintas em sua testa no lugar de sobrancelhas e descende do mesmo povo do extinto continente de Mu. Como outros habitantes de Jamiel, Kiki detém uma poderosa telecinese e teletransporte. Na Saga de Poseidon, Kiki foi designado para entregar as armas da Armadura de Ouro de Libra aos Cavaleiros de Bronze e consegue cumprir sua missão, mesmo colocando a própria vida em risco e chegando a "lutar" contra um dos Generais Marinas. Na Saga de Hades, Kiki se uniu a Marin, Shaina e os Cavaleiros de Bronze secundários para proteger Seika dos ataques mortais de Thanatos, conseguindo sobreviver aos ataques e salvar a vida de Seika.
Esmeralda (エスメラルダ, Esumeraruda?)
Uma escrava da Ilha da Rainha da Morte que foi vendida para um fazendeiro local por apenas três sacas de grãos. Em momentos de delírios causados pelo treinamento cruel, Ikki a confundia com seu irmão Shun, porque ela e Shun tinham semblantes parecidos, exceto pela cor do cabelo e pelo sexo. Ela foi morta por Guilty, mestre de Ikki, para forçá-lo a usar o poder do seu ódio. Ela tem um histórico similar na versão do anime, porém ela é filha de Guilty.
Jacó (ヤコフ, Yakofu?)
Um menino do vilarejo Kohoutek, no leste da Sibéria, que é um grande amigo de Hyoga de Cisne. Jacó ajuda Hyoga em diversas tarefas domésticas, além de cuidar do sono eterno da mãe de Hyoga quando ele está ausente. Jacó assume um papel importante na história especial "O Conto do Cisne - Natássia do País do Gelo", e nos episódios fillers em que o Cavaleiro de Cristal é controlado pelo Mestre Arles.
Mitsumasa Kido (城 戸 光 政, Kido Mitsumasa?)
Um milionário que criou Saori Kido como sua neta, após encontrá-la ainda bebê nos braços do moribundo Aiolos de Sagitário na acrópole de Atenas, que lhe designou a responsabilidade de garantir a proteção do bebê. Mitsumasa é o pai biológico de todos os órfãos enviados pelo mundo para treinarem como Cavaleiros de Atena (no anime, ele apenas selecionou as crianças de vários orfanatos). Antes de morrer, Mitsumasa disse para Saori toda a verdade sobre o seu encontro com Aioros no Santuário, suas origens divinas e o propósito de seu nascimento nesta época.
Miho (美穂?)
Uma amiga de infância de Seiya, que trabalha como monitora do orfanato em que viveu com ele quando criança, junto com Seika, antes de Seiya ser enviado para treinar como Cavaleiro na Grécia. Miho é apaixonada por Seiya e representa o ponto de vista das pessoas normais, que são meras testemunhas e vítimas das batalhas entre os deuses. Na dublagem brasileira, o seu nome é Mino.
Seika (星 华?)
Irmã mais velha de Seiya, com quem o rapaz perdeu o contato ao ser enviado para a Grécia em treinamento. Depois que Seiya foi levado embora, Seika viaja pelo mundo procurando por ele. Diversos personagens, inclusive Seiya, acreditavam que Marin de Águia, mentora de Seiya, poderia ser Seika. Talvez pelo fato de Marin compartilhar muitas características em comum com Seika: ambas tem a mesma idade, mesma data de nascimento, mesma altura, mesma terra natal. Além disso, a própria Marin tem um irmão mais novo com quem perde contato e estava procurando. No entanto, Seika reaparece no final da Saga de Hades, em estado de amnésia, após seguir Seiya até a Grécia sozinha, tendo sido salva por um senhor da vila Rodorio. Foi à voz de Seika que, mais do que qualquer outro, auxiliou Seiya na batalha contra Thanatos, permitindo que Seiya despertasse a sua Kamui e vencesse o deus.
Shunrei (春麗?)
Uma garota órfã criada pelo Mestre Ancião após ter sido encontrada ainda bebê na Aldeia de Rozan, na China. Shunrei é amiga de infância de Shiryu, por quem é apaixonada e se preocupa profundamente. Suas orações pelo bem do Cavaleiro de Dragão, sempre o ajudam em seus combates mais difíceis, principalmente em seus combates contra Máscara da Morte de Câncer, bem como contra o trio de Espectros Sylphid de Basilisco, Gordon de Minotauro e Queen de Alraune.
Tokumaru Tatsumi (辰 巳 徳 丸, Tatsumi Tokumaru?)
Mordomo, guarda-costa e braço direito de Saori Kido, Tatsumi é um homem verdadeiramente dedicado em protegê-la. Ele foi encarregado de supervisionar os órfãos que estavam para serem enviados por todo o mundo para serem treinados como Cavaleiros, devido ao seu comportamento abusivo e severo, muitos dos órfãos eram ressentidos em relação à Tatsumi. No entanto, Tatsumi começa a temer os Cavaleiros após a Guerra Galáctica. Ele é o 3° Dan em kendô e utiliza uma espada de bambu. Mesmo sendo um humano comum, Tatsumi conseguiu derrotar alguns soldados rasos do Santuário que foram enviados para matar Saori.
Eurydice (ユリディース, Yuridīsu?)
Esposa de Orphée de Lira, Eurydice gozava da sua grande felicidade ao lado do Cavaleiro de Prata, até o dia da sua morte precoce por causa de uma picada de cobra. Triste pela sua morte, Orphée desceu ao Mundo dos Mortos para pedir que Hades a trouxesse de volta à vida. Tocado pela belíssima melodia de Orphée, Eurydice foi autorizada a voltar para a Terra pelo Deus do Submundo, mas, graças a um plano arquitetado pelo Espectro Faraó de Esfinge. Ela foi condenada a permanecer presa no Mundo dos Mortos transformada em pedra, exceto pela cabeça. Mais tarde, Eurydice tentou ajudar Seiya de Pégaso e Shun de Andrômeda para fazerem Orphée retomar a sua lealdade à deusa Atena.
O Iluminado (仏 陀, Budda?)
Um ser com quem Shaka de Virgem mantinha contato telepático quando criança, lhe ensinando o verdadeiro significado na vida e revelando as respostas para muitas de suas perguntas. Embora Kurumada sugira a verdadeira identidade deste ser como Siddharta Gautama, ele não confirma se foi ele quem instruiu Shaka nos caminhos dos Cavaleiros.
Cérbero (ケルベロス, Keruberosu?)
O Cérbero é cão demoníaco de três cabeças que guardava a entrada para o Submundo. Selvagem e grotesco, ele deixava as almas entrarem, mas jamais saírem e despedaçava qualquer mortal que por lá se aventurasse. O Espectro Faraó de Esfinge era o encarregado de cuidar da criatura, e o enviou para atacar os Cavaleiros de Atena Seiya de Pégaso e Shun de Andrômeda, sendo temporariamente derrotado.
As Ninfas (ニンフ, Ninfu?)
As ninfas são seres de aparência femininas que residem nos Campos Elíseos. Elas cantam, servem as bebidas e os alimentos aos deuses, entre outras atividades.

Marinas[editar | editar código-fonte]

Da mesma forma que Atena tem seus Cavaleiros, Poseidon tem um exército de guerreiros com armaduras que tem o ajudado desde a Idade dos Mitos, os Marinas (海闘士, Marīna?). Usando como base o templo submarino de Poseidon no fundo do Mar Egeu, os Marinas são formados por centenas de soldados rasos e comandado por sete poderosos guerreiros conhecidos como Generais Marinas, cujo Cosmo rivaliza ao de um Cavaleiro de Ouro. O dever dos Generais Marinas é proteger os pilares dos Sete Mares que sustentam o templo de Poseidon. O pilar mais forte, no entanto, é defendido pelo próprio Poseidon.

Poseidon (海王 ポセイドン, Kaiō Poseidon?)
O deus grego Poseidon é o governante dos mares e dos oceanos e irmão de Zeus e Hades. Em Saint Seiya, Poseidon reencarna na Terra no corpo de um membro da família Solo da Grécia, cujo comércio marítimo é o mais poderoso do mundo há gerações, graças às bênçãos do deus dos mares. No século XX, Poseidon escolhe o corpo do jovem herdeiro da família, Julian Solo (ジュリアン · ソロ, Jurian Soro?), como avatar para atacar a Terra com chuvas torrenciais e maremotos para exterminar a raça humana, considerada por ele como maléfica e sem o direito de gozar das bênçãos dos deuses. Seu plano é construir uma sociedade utópica após a erradicação dos humanos e se vingar de Atena por ter aprisionado sua alma em uma batalha que havia ocorrido séculos atrás. Para isso, Poseidon prende Atena em seu templo submarino, mas Atena foi salva pelos seus Cavaleiros e Poseidon é novamente selado em sua ânfora. Após recobrar a consciência, o jovem Julian Solo decide viajar pelo mundo para ajudar as pessoas que sofreram na catástrofe causada por Poseidon, usando a sua fortuna para assim fazer e tendo ao seu lado Sorento, o ex-General Marina de Sirene. Mais tarde, Poseidon prova que não é um deus tão perverso, como ele rapidamente desperta para ajudar os Cavaleiros de Bronze na batalha contra Thanatos e Hypnos, enviando para eles as Armaduras de Ouro.
Tétis de Sereia (人魚姫のテティス, Māmeido no Tétisu?)
Uma leal serva de Poseidon, Tétis foi salva por Julian Solo, quando ele ainda era uma criança. Na época, Tétis era um belo peixe que ficou preso na praia, mas foi devolvida ao mar por Julian, fato que ela jamais esqueceu e pelo quê lhe foi sempre grata. Durante o ataque de Poseidon contra as forças de Atena, ela age como mediadora entre as duas facções em conflito. Tétis é uma guerreira de média patente, com poder equivalente ao de um Cavaleiro de Prata, pois é superior aos soldados rasos e subordinada aos Generais Marinas. A guerreira não consegue ajudar seus superiores, pois é derrotada por Shaina de Ofiúco. A Amazona poupa sua vida e Tétis consegue salvar Julian Solo em meio ao colapso do templo submerso depois que Atena remove a alma de Poseidon de seu corpo. Tétis se transforma em peixe novamente ao morrer e Julian a devolve ao mar mais uma vez quando a encontra. Na versão do anime, Tétis é uma sereia meio mulher e meio peixe, e aparece nadando livre no mar próximo a Julian desacordado na praia.
Marinas sem patente (雑兵の海闘士, Zōhyō no Marīna?)
A grande maioria do exército de Poseidon, em mais de centenas. Os Marinas sem patente possuem algum nível de controle sobre o Cosmo, até certo ponto, uma vez que exercem uma força sobre-humana. Acredita-se que tenham um poder equivalente ao de um Cavaleiro de Bronze. Eles, também, vestem versões mais fracas das Escamas de seus superiores, os Generais Marinas.

Generais Marinas[editar | editar código-fonte]

Os sete mais poderosos guerreiros do exército de Poseidon, os Generais Marinas (海王ポセイドンの海闘士, Kaiō Poseidon no Marīna?). Com poderes similares ou superiores ao de um Cavaleiro de Ouro, os Generais Marinas vestem proteções corporais conhecidas como Escamas (鱗衣, Sukeru?), que são modeladas por criaturas de lendas marítimas. O dever dos Generais Marinas é proteger os pilares dos Sete Mares que sustentam o templo de Poseidon. Do mesmo que os Cavaleiros de Atena, os sete Generais Marinas provem de diferentes partes do globo terrestre, uma forma de mostrar que Poseidon comanda todos os oceanos na Terra.

Bian de Cavalo Marinho (海馬のバイアン, Shīhōsu no Baian?)
Nascido no Canadá, Bian era o guardião do pilar do Oceano Pacífico Norte, um dos oito que impedem o alagamento do templo submarino de Poseidon. Seiya de Pégaso foi o primeiro a alcançá-lo e, inicialmente, quase foi derrotado pelo General Marina. Meses antes, Seiya tinha derrotado o Cavaleiro de Prata, Misty de Lagarto, um homem que, como Bian, usava correntes de ar para formar uma barreira impenetrável. Com a experiência desta batalha e a sua Armadura fortalecida, Seiya derrota Bian.
Io de Cila (スキュラのイオ, Sukyura no Io?)
Nascido no Chile, Io era o dedicado guardião do pilar do Oceano Pacífico Sul. Com a chegada de Shun de Andrômeda, Io tentou enganar o Cavaleiro de Bronze com a ilusão de uma jovem mulher, mas seu plano não funciona e ambos entram em combate. Io utilizou ataques similares aos das seis criaturas que compõem a besta Cila da mitologia grega, mas Shun consegue desenvolver uma estratégia para combater todos eles, vencendo um por um. Shun poupa a vida de Io após derrotá-lo, mas, quando estava prestes a destruir o pilar. Io saltou na frente para proteger o pilar do ataque de Shun. Sua tentativa falha e Io acaba morto.
Krishna de Crisaor (スキュラのイオ, Kuryusaoru no Kurishuna?)
Nascido no Sri Lanka, Krishna era o guardião do pilar do Oceano Índico. Ele utilizava uma lança dourada e o poder espiritual derivado da energia chamada Kundalini, semelhante ao Cosmo dos Cavaleiros. Krishna se identificava verdadeiramente com os ideais de purificações da Terra de Poseidon. O adversário de Krishna foi Shiryu de Dragão. Sua lança dourada provou ser poderosa demais para o Cavaleiro de Dragão, até que Shiryu se lembra de que o espírito da Excalibur descansava em seu braço direito, herdado do Cavaleiro de Ouro Shura de Capricórnio. Assim, Shiryu foi capaz de destruir a sua lança dourada, mas Krishna não se abateu e meditou para explodir seu Cosmo ao máximo, desencadeando um ataque final para acabar com Shiryu. O combate termina com Shiryu destruindo os pontos de chakra de Krishna, matando-o e ficando cego. Shiryu, então, consegue destruir o pilar com a ajuda de Kiki.
Kasa de Lymnades (リュムナデスのカーサ, Ryumunadesu no Kāsa?)
Nascido em Portugal, ele é conhecido como "caçador de corações" e é considerado o Marina mais selvagem e sádico. Kasa era o guardião do pilar do Oceano Antártico e protegia o pilar através de técnicas traiçoeiras. Kasa era capaz de vasculhar o interior do adversário e se disfarçar de algum ente querido. Com suas ilusões, Kasa consegue derrotar Seiya de Pégaso, Hyoga de Cisne e Shun de Andrômeda. Porém, quando Ikki de Fênix surge para enfrentá-lo, Kasa não consegue sentir qualquer sentimento para usar contra o Cavaleiro de Bronze e só encontra um, preso no fundo do seu coração, a lembrança de Esmeralda. Isso, no entanto, enfurece Ikki, que executa o General Marina.
Isaak de Kraken (クラーケンのアイザック, Kuraaken no Aizakku?)
Nascido na Finlândia, Isaak foi um aprendiz de Cavaleiro sob a tutela de Camus de Aquário (na versão do anime, do Cavaleiro de Cristal), na mesma época que Hyoga, até sofrer um acidente ao salvar Hyoga de um afogamento. Isaak perde um dos olhos e cai no fundo do oceano desacordado, mas foi salvo pelo kraken e levado para o templo submarino de Poseidon. Lá, Isaak se torna um General Marina e guardião do pilar do Oceano Ártico. Após o ataque dos Cavaleiros de Bronze ao templo de Poseidon, Isaak confronta Hyoga, culpando-o por tudo que deu errado em sua vida. Hyoga acaba vencendo Isaak, após muita relutância.
Sorento de Sirene (海魔女のソレント, Seiren no Sorento?)
Nascido na Áustria, Sorento é o único General Marina que não nasceu em um país banhado por mares e oceanos. Ele é o guardião do pilar do Oceano Atlântico Sul e é um talentoso flautista, usando o som da sua flauta como arma de batalha. Durante os ataques de Poseidon, Sorento foi designado para matar os Cavaleiros de Bronze, que estavam em coma em um hospital. Ele acabou enfrentando Aldebaran de Touro, mas Atena interrompe a batalha e pede que Sorento a leve para encontrar Poseidon, que obedece e a leva para o templo submarino de Poseidon. Mais tarde, Sorento enfrentou Shun de Andrômeda, que conseguiu derrotar Sorento e destruir o seu pilar. Durante os eventos, Sorento desconfiou do General Marina Kanon de Dragão Marinho, acreditando que a ressurreição de Poseidon e a guerra que se seguiu foram resultados de sua ambição. Quando Kanon enfrenta Ikki de Fênix, as suspeitas de Sorento se confirmam. Após Atena selar a alma de Poseidon e voltar para a superfície, Sorento fez o mesmo e procurou por Julian Solo, a reencarnação de Poseidon. Sorento e Julian decidiram viajar pelo mundo para ajudar as pessoas que sofreram na catástrofe causada por Poseidon. Sorento ainda estava ao lado de Julian quando Poseidon despertou novamente e enviou as Armaduras de Ouro para ajudar os Cavaleiros de Bronze na batalha contra Thanatos.
Kanon de Dragão Marinho (海龍(シードラゴン)のカノン, Shīdoragon no Kanon?)
Nascido na Grécia, Kanon é irmão gêmeo do Cavaleiro de Ouro Saga de Gêmeos, que tinha o propósito de substituir Saga como Cavaleiro de Gêmeos, caso algo ocorresse com o mesmo. Kanon sempre teve uma atitude oposta a de seu irmão; enquanto Saga era bondoso, Kanon era maléfico e planejava destruir o Santuário e, por este motivo ele foi aprisionado na prisão do Cabo Sounion, um lugar onde ninguém conseguiria sair sem a ajuda de um Deus. Várias vezes ele esteve perto da morte, porém, sempre foi salvo pelo Cosmo da deusa Atena. Nesta prisão, Kanon acaba encontrando uma caverna com o Tridente de Poseidon, que, ao retirá-lo da rocha, acaba caindo diretamente no templo submarino do deus no fundo do Mar Egeu. Despertando Poseidon, Kanon finge ser seu General Marina de Dragão Marinho e consegue enganar o deus, a fim de realizar o seu desejo maligno de tornar-se um deus e dominar a Terra. Como protetor do pilar do Oceano Atlântico Norte, Kanon lutou conta Ikki de Fênix, mas Sorento de Sirene, depois de descobrir das reais intenções de Kanon, aparece e o detém para Ikki destruir o pilar.
Por todas as suas ações malignas, Kanon é desacreditado pelos outros Cavaleiros de Ouro quando afirma estar arrependido. Porém, depois de passar pela provação de Milo de Escorpião sem reagir e proteger o Santuário contra a invasão dos Espectros de Hades, Kanon é perdoado por seus pecados e começa a vestir a Armadura de Ouro de Gêmeos. Kanon e Dohko de Libra partem para o Mundo dos Mortos, e lá enfrenta diversos Espectros, incluindo o Juiz do Inferno Radamanthys de Wyvern, contra quem Kanon se sacrifica para poder derrotar, pondo fim à sua penitência e sendo uma peça importantíssima na vitória de Atena contra Hades.

Submundo[editar | editar código-fonte]

Hades (冥王ハーデス, Meiö Hadesu?)
O deus grego Hades é o senhor do Submundo e irmão mais velho de Poseidon e Zeus. Em Saint Seiya, Hades é o verdadeiro inimigo da deusa Atena, se envolvendo com ela em um conflito pela dominação da Terra que percorre milênios. No século XX, Hades retorna para assumir o corpo do ser humano mais puro da época, para poder enfrentar Atena mais uma vez e alcançar o seu objetivo de dominar o mundo. Hades desencadeia um eclipse de proporções apocalípticas, que transformará o planeta em um cemitério envolto as trevas e sem condições de abrigar qualquer ser vivo. Na batalha final, Hades precisou reviver o seu verdadeiro corpo, porque o corpo que ele escolheu para possuir foi o de Shun de Andrômeda, que resiste bravamente à possessão. Depois de envolver todos em uma batalha até à morte, ele é finalmente morto por Seiya de Pégaso e Saori Kido, assim salvando a Terra do Grande Eclipse. Hades, antes de morrer, avisa que eles também morreram, porque os Campos Elíseos e o Mundo dos Mortos serão destruídos junto ele.
Pandora (繁體中文版?)
Depois de libertar Hypnos e Thanatos de uma caixa mística e testemunhar toda sua família ser morta, a alemã Pandora foi designada pelos deuses gêmeos para proteger a alma de Hades que nasceria da barriga de sua mãe e encontrar o ser humano mais puro da época para o Deus dos Mortos possuir. Pandora descobre ser o pequeno Shun o hospedeiro, sem imaginar que ele se tornaria um dos Cavaleiros de Atena mais próximos e confiáveis da deusa. Ela recebe, também, a missão de comandar o exército de Espectros de Hades. Bastante fria e indiferente, Pandora parece sentir uma forte atração por Ikki de Fênix e permite que ele vá aos Campos Elíseos atrás de Hades. Pandora foi, então, morta por Thanatos por sua traição.
Thanatos (タナトス, Tanatosu?)
O Deus da Morte que tem olhos e cabelos prateados e é irmão gêmeo de Hypnos, Thanatos tem uma personalidade bastante impiedosa, explosiva e sanguinária. Ele e Hypnos residiam no Campos Elíseos e como subordinados mais próximos e confiáveis de Hades, os irmãos manipulavam Pandora e os Espectros e planejavam exterminar os seres humanos da Terra. Depois que os Cavaleiros de Bronze chegam aos Elíseos, Thanatos foi rápido em atacá-los, considerando sua transgressão uma blasfêmia. Com um enorme poder de batalha que transcende a dos Cavaleiros, Thanatos consegue destruir até mesmo as Armaduras de Ouro que foram enviadas por Poseidon para ajudá-los na batalha. Quando foi atingido por Seiya de Pégaso, mesmo que tal ataque não tenha surtido nenhum efeito, Thanatos se enfurece e tenta matar a irmã de Seiya, Seika. Sua tentativa, porém, falha quando Seiya desperta sua Armadura Divina e consegue matá-lo.
Hypnos (ヒュプノス, Hyupunosu?)
O Deus do Sono que tem olhos e cabelos dourados e é irmão gêmeo de Thanatos, Hypnos tem uma personalidade bastante cautelosa e reservada. Ele e Thanatos residiam no Campos Elíseos e como subordinados mais próximos e confiáveis de Hades, os irmãos manipulavam Pandora e os Espectros e planejavam exterminar os seres humanos da Terra. Foi Hypnos quem levou o corpo de Atena até Hades, decidindo aprisioná-la em um vaso sagrado que sugará todo o seu sangue, ao invés de matá-la de uma vez. Hypnos optou por não ajudar seu irmão na batalha contra os Cavaleiros de Atena, mas foi obrigado a agir quando os Cavaleiros despertaram uma forma mais elevada de poder, como ele pensou que eles seriam perigosos para os próprios deuses. Em seu esforço para parar Seiya de Pégaso, Hypnos foi, porém, interrompido pelos outros Cavaleiros de Bronze, porque cada um deles tinha despertado suas próprias Armaduras Divinas. Depois de colocar Shun de Andrômeda em um sono eterno, Hypnos foi gravemente ferido por Hyoga de Cisne e Shiryu de Dragão, mas viveu tempo suficiente para sentir o momento em que Hades despertaria com o seu verdadeiro corpo.

Espectros[editar | editar código-fonte]

Os Espectros de Hades (ハーデスの冥闘士, Hādesu no Supekutaa?) é o exército de guerreiros que servem ao Deus do Submundo, Hades. Os Espectros são formados por 108 estrelas maligna: 36 estrelas celestiais e 72 estrelas terrestres. A prova do estatuto dos Espectros são encontradas nas armaduras protetoras que vestem, as Sobrepelizes (ハデスのサープリス, Hadesu no sāpurisu?), que dizem brilhar como o ébano. Os Espectros de Hades são comandados por Pandora e pelos três Juízes do Inferno, cujo poder ultrapassa as dos Cavaleiros de Ouro.

Estrela Celeste da Fúria, Radamanthys de Wyvern (天猛星ワイバーンのラダマンティス, Tenmōsei Waibān no Ladamanthysu?)
Nascido na Inglaterra, Rhadamanthys é um dos três Juízes de Inferno e é o protetor da 1ª esfera da 8ª Prisão do Inferno, chamada como Kaina. Contra as ordens de Pandora, Rhamanthys enviou um grupo de Espectros ao Santuário de Atena para vigiar os Cavaleiros de Ouro ressuscitados e garantir que concluam a missão de matar Atena. Como os Espectros falham, Rhadamanthys é punido por Pandora, mas permanece na Terra no Castelo de Hades. Graças a barreira protetora do Castelo de Hades, que reduz o poder de qualquer um que não seja um Espectro em apenas 10%, Rhadamanthys conseguiu derrotar com facilidade os Cavaleiros de Ouro, Mu de Áries, Máscara da Morte de Câncer, Aiolia de Leão, Milo de Escorpião e Afrodite de Peixes. Quando os Cavaleiros de Bronze chegam ao Castelo de Hades, Rhadamanthys permite que seus subordinados cuidem deles, para assim ficar livre para descer ao Submundo. Com sua chegada ao submundo, Rhadamanthys enfrenta Kanon de Gêmeos, mas a luta é interrompida por Pandora. Mais tarde, Rhadamanthys matou Orphée de Lira, depois que Orphée tenta matar Hades. Posteriormente, Rhadamanthys enfrentou Kanon novamente e, depois de uma longa batalha, Kanon abandona sua Armadura de Ouro e realiza uma técnica suicida em Rhadamanthys, acabando com suas vidas.
Estrela Celeste da Nobreza, Minos de Griffon (天貴星グリフォンのミーノス, Tenkisei Gurifon no Minosu?)
Nascido na Noruega, Minos é um dos três Juízes do Inferno e é o Guardião da 1ª Prisão do Inferno, conhecida como "A Casa do Julgamento". Como tal, Minos era o responsável por julgar os pecados dos mortos e lançá-los em uma prisão adequada. Ele e Aiacos de Garuda aparecem para ajudar Rhadamanthys de Wyvern que encontrava dificuldades para derrotar Kanon de Gêmeos. Minos resolve lutar contra Kanon, mas a batalha foi interrompida por Ikki de Fênix. Mais tarde, Minos aparece para batalhar contra os Cavaleiros de Bronze, mas Hyoga de Cisne decide ficar para lutar contra Minos e consegue derrotar o Juíz do Inferno. Minos tinha, porém, segurado Hyoga e queria continuar a batalha, mas foi ignorado pelo Cavaleiro de Cisne, que continua o seu caminho para os Campos Elísios. Minos tenta persegui-lo e entra na hiperdimensão, onde é pulverizado pela pressão dimensional.
Estrela Celeste do Heróismo, Aiacos de Garuda (天雄星ガルーダのアイアコス, Tenyusei Garuuda no Aiakosu?)
Nascido no Nepal, Aiacos é um dos três Juízes do Inferno e é o protetor da 2ª esfera da 8ª Prisão do Inferno, conhecida como Antenora. Ele e Minos de Griffon aparecem para ajudar Rhadamanthys de Wyvern que encontrava problemas para derrotar Kanon de Gêmeos. Aiacos foi, porém, adversário de Ikki de Fênix que aparece para ajudar Kanon. Depois de uma batalha difícil, Aiacos acaba morto pelo Cavaleiro de Fênix.
Estrela Celeste do Hiato, Caronte de Aqueronte (天間星アケローンのカロン, Tenkansei Akeron no Karon?)
Nascido na Itália, Caronte era o responsável por transportar os mortos ao longo do rio Aqueronte no Mundo dos Mortos. Caronte tinha um talento especial para cantar e sempre cantava nas viagens, em que ele cobrava uma moeda de prata para realizar. Certo dia, os Cavaleiros de Atena Seiya de Pégaso e Shun de Andrômeda chegam, Caronte brigou com eles, mas garantiu que poderia transportá-lo se pudessem pagá-lo. Shun ofereceu seu pingente, mas Caronte devolveu quando pensou que Shun realmente tinha uma chance de entrar no Campos Elísios. Com Seiya, Caronte não estava satisfeito e depois de alcançar a outra margem, eles fizeram um impasse onde Seiya foi o vencedor.
Estrela Celeste da Eminencia, Lune de Balron (天英星バルロンのルネ, Teneisei Baruron no Rune?)
Na ausência de Minos de Griffon, o norueguês Lune era o responsável por julgar os pecados dos mortos e lançá-los em uma prisão adequada. Quando Seiya de Pégaso e Shun de Andrômeda chegam, Lune trata de mostrar os pecados que Seiya cometeu em vida, mas Lune já estava sob o efeito da ilusão do Cavaleiro de Ouro Kanon de Gêmeos. Como tal nada ocorre, mesmo ele cortando Shun em pedaços, que em breve seria o corpo de Hades. Aterrorizado por sua blasfêmia, Lune correu para procurar o corpo que havia desaparecido misteriosamente e encontra Rhdamanthys de Wivern, que expôs a ilusão de Kanon. Lune pegou Kanon com seu chicote, mas o Cavaleiro de Ouro enviou uma faísca de Cosmo através do chicote que destruiu tanto o chicote como Lune.
Estrela Celeste da Besta, Faraó de Esfinge (天獣星スフィンクスのファラオ, Tenjusei Sfinkusu no Farao?)
Nascido no Egito, Faraó já foi um dos Espectros favoritos de Hades, mais favorecido devido aos seus talentos musicais em sua "Harpa Demoníaca". Ele é o Guardião da 2ª Prisão do Inferno, onde mora com o seu amado animal de estimação o Cão do Inferno Cérbero. No entanto, quando um dos Cavaleiros de Atena chamado Orphée de Lira chegou ao inferno para libertar a sua amada, Faraó foi ordenado por Pandora para enganar Orphée para que ele permanecesse no Submundo para sempre. Isto, porém, levou para um grande desgosto de Faraó, pois Orphée se tornou o novo músico favorito de Hades. O Espectro, então, faria qualquer coisa para recuperar a sua favorecida posição. Quando Seiya de Pégaso e Shun de Andrômeda chegam à sua prisão, Faraó enviou Cérbero para atacá-los, mas com pouco efeito. No entanto, Orphée interfere na batalha e disse ao Espectro que veio para eliminar os invasores. Faraó não acreditou nele e o segue, descobrindo que Orphée não matou Seiya e Shun. Para sua alegria, pois finalmente ele podia desmascarar o Cavaleiro de Lira perante seus superiores, Faraó revelou que ele era o único que tinha enganado Orphée. Isto, porém, serviu apenas para ele ser executado por Orphée, depois de uma feroz batalha musical.
Estrela Celeste da Perspicácia, Sylphid de Basilisco (天捷星バジリスクのシルフィード, Tenshosei Bajirisuku no Shirufiido?)
Nascido na Bélgica, Sylphid era o líder dos Espectros, Gordon de Minotauro e Queen de Alraune. Os três aparecem para impedir que os Cavaleiros de Bronze fossem aos Campos Elísios. No entanto, Shiryu de Dragão resolve ficar para enfrentá-los e, mesmo sendo subestimado por Sylphid, conseguiu derrotar os três Espectros com todo o seu poder. Gravemente ferido, Sylphid ainda tentou perseguir os Cavaleiros de Bronze, atravessando a dimensão que levava até os Campos Elísios, mas foi pulverizado.
Estrela Celeste Demoníaca, Queen de Alraune (天魔星アルラウネのクィーン, Tenmasei Aruraune no Kuin?)
Nascido na Alemanha, Queen era o mais carismático entre os Espectros, Sylphid de Basilisco e Gordon de Minotauro. Os três aparecem para impedir que os Cavaleiros de Bronze fossem aos Campos Elísios. No entanto, Shiryu de Dragão resolve ficar para enfrentá-los e, mesmo sendo subestimado por Queen, conseguiu derrotar os três Espectros com todo o seu poder.
Estrela Celeste do Carcere, Gordon de Minotauro (天牢星ミノタウロスのゴードン, Tenrosei Minotauyrosu no Goodon?)
Nascido na Polônia, Gordon era o mais agressivo entre os Espectros, Sylphid de Basilisco e Queen de Alraune. Um dos mais fortes Espectros do exército de Hades, Gordon, Sylphid e Queen aparecem para impedir que os Cavaleiros de Bronze fossem aos Campos Elísios. No entanto, Shiryu de Dragão resolve ficar para enfrentá-los e, mesmo sendo subestimado por Gordon, conseguiu derrotar os três Espectros com todo o seu poder.
Estrela Celeste do Clamor, Valentine de Harpia (天哭星ハーピーのバレンタイン, Tenkokusei Haapii no Barentain?)
Nascido no Chipre, Valentine é o Guardião da 8ª Prisão do Inferno, o inferno de gelo Cocythos. Ele foi convencido por Seiya de Pégaso para libertá-lo da prisão, porque Seiya dizia estar com a Armadura da deusa Atena. O Espectro, então, liberta Seiya e começa uma difícil batalha. Ainda com o corpo enfraquecido por causa do gelo, Seiya não consegue reagir aos ataques de Valentine, que demonstrou ser muito poderoso. Mas, Valentine acabou morto pelo Cavaleiro de Pégaso, quando ele sente o Cosmo da deusa Atena.
Estrela Celeste do Crime, Flégias de Lycaon (天罪星リュカオンのフレギアス, enzaisei RyuKaon no Furegiasu?)
Nascido na África do Sul, Flégias é o Guardião da 4ª Prisão do Inferno, o Pântano das Trevas. Na batalha contra os Cavaleiros de Atena, Flégias é confrontado por Shiryu de Dragão e Hyoga de Cisne, que desejam atravessar o pântano em sua balsa, mas são derrotados pelo Espectro. Flégias foi morto por Kanon de Gêmeos com um único golpe, já que Kanon era muito mais poderoso do que ele.
Estrela Celeste do Chifre, Rock de Golem (天角星ゴーレムのロック, Tenkakusei Gooremu no Rokku?)
Nascido em Madagascar, Rock era o Guardião da 3ª Prisão do Inferno, junto com Iwan de Troll. Considerado invencível, Rock atacou Kanon de Gêmeos, Hyoga de Cisne e Shiryu de Dragão, com um deslizamento de terra. Sua tentativa falha e Rock tenta atacar os Cavaleiros com todo o seu poder, mas, apenas para ser morto por Shiryu.
Estrela Celeste da Derrota, Iwan de Troll (天敗星トロルのイワン, Tenbaisei Tororu no Iwan?)
Nascido na antiga União Soviética, Iwan era o Guardião da 3ª Prisão do Inferno, junto com Rock de Golem. Iwan é um dos maiores Espectros em relação ao tamanho e à força física, mas apesar disso foi facilmente derrotado por Hyoga de Cisne após tentar se apresentar aos Cavaleiros de Atena invasores.
Estrela Celeste da Feiura, Stand de Besouro Mortal (天醜星デッドリー・ビートルのスタンド, Tenshusei Dddorii Biitoru no Stand?)
Nascido na Austrália, Stand é o Guardião da 5ª Prisão do Inferno, os Túmulos de Fogo. O Espectro de maior força física e de maior tamanho, Stand foi, porém, rapidamente derrotado por Kanon de Gêmeos.
Estrela Terrestre da Violência, Giganto de Ciclope (地暴星サイクロプスのギガント, Chibousei Saikuropusu no Giganto?)
Nascido na Iugoslávia, Giganto era o líder dos Espectros enviados por Rhadamanthys de Wyvern para vigiar os Cavaleiros de Ouro ressuscitados, que tinham como missão de matar a deusa Atena. Os Cavaleiros de Ouro, no entanto, desaparecem e Espectros resolvem continuar a missão por conta própria. Giganto e seus subordinados conseguiram chegar na Casa de Virgem e quando ele suspeita que haja traidores entre os Espectros, mas foi interrompido por Shaka de Virgem. Durante o encontro, foi revelado que os Cavaleiros de Ouro tinham matado e se disfarçado de alguns dos Espectros. Quando os Cavaleiros de Ouro foram autorizados por Shaka a passar o Templo e assim, Giganto e seus subordinados achavam que também foram autorizados. Mas Shaka rapidamente atacou e matou Gigante e os Espectros. Antes de morrer, Giganto diz que não tem medo da morte, pois Hades lhe prometeu vida eterna. No entanto, Shaka responde dizendo que desde pequeno, ele nunca ouviu falar de um humano que tivesse sido concedido tal benefício. Gigante, então, percebe horrorizado que ele e os outros Espectros foram enganados por Hades.
Estrela Terrestre Sinistra, Myu de Borboleta (地妖星パピヨンのミュー, Chiyōsei Papiyon no Myu?)
Nascido na Áustria, Myu foi um dos Espectros enviados por Rhadamanthys de Wyvern para o Santuário de Atena, para vigiar os Cavaleiros de Ouro ressuscitados por Hades. Myu foi um dos poucos que foram fisicamente mudados completamente quando despertou como um Espectro, sendo uma forma de substância gelatinosa viva. Quando os Espectros prendem Mu de Áries para interrogá-lo sobre o paradeiro de seus guias, os Cavaleiros de Ouro ressuscitados. Myu lhes disse para se afastarem, porque ele queria lutar contra o mais forte Cavaleiro psíquico do Santuário, que ele também foi reivindicado a ser no exército de Hades. Durante a batalha, ele passou por dois estágios de evolução, a partir da substância gel para uma lagarta monstruosa, para uma crisálida em que se submeteram a sua transformação final em um humano entomomórfico. Sua luta foi uma demonstração de força psíquica que, no final, foi vencido pelo Cavaleiro de Ouro.
Estrela Terrestre das Trevas, Niobe de Deep (地暗星ディープのニオベ, Chiansei Diipu no Niobe?)
Nascido na Bolívia, Niobe foi um dos Espectros enviados em segredo por Rhadamanthys de Wivern para atacar o Santuário de Atena. Como os Espectros chegam na Casa de Touro, Niobe se adiantou e derrotou Aldebaran de Touro, com sua fragrância mortal. Ele escolhe ficar para trás, enquanto os outros Espectros continuam em frente. Quando Mu de Áries chega na Casa de Touro, Niobe se revela e se vangloria de sua vitória sobre Aldebaran. No entanto, Aldebaran tinha deixado uma dica sobre a fragrância mortal de Niobe em seu Cosmo para Mu. Depois de tentar envolver Mu em combate, Niobe foi ignorado por ele, que o considerou como morto. Niobe foi, então, dilacerado pelo efeito tardio do Grande Chifre de Aldebaran.
Estrela Terrestre da Submissão, Laimi de Verme (地伏星ワームのライミ, Chifukusei Waamu no Raimi?)
Nascido no Laos, Laimi foi um dos Espectros enviados em segredo por Rhadamanthys de Wivern para atacar o Santuário de Atena. Quando os Espectros chegam na Casa de Leão, Aiolia de Leão, rapidamente parte para o ataque e mata vários deles. Com os outros Espectros continuando o ataque, Laimi viu isso como uma abertura e enrola os seus tentáculos no Cavaleiro de Ouro, dizendo que ele seria sua vítima. No entanto, Laimi subestimou Aioria e, depois de permitir que os Espectros restantes fosse para a Casa de Virgem, ele logo foi morto por Aioria.
Estrela Terrestre Bizarra, Zelos de Sapo (地奇星フログのゼーロス, Chikisei Furogu no Zeerosu?)
Nascido no Camboja, Zelos foi quem enviou os Espectros para o Santuário de Atena por ordem de Rhadamanthys de Wyvern. Ele é um dos mais fracos Espectros de Hades, pelo que demonstrou. Zelos agiu como mensageiro dos acontecimentos no Santuário para Rhadamanthys. Quando os Cavaleiros de Ouro ressuscitados chegam ao Castelo de Hades, Zelos tenta os impedir de machucar Pandora, mas é facilmente derrubado pelo ar frio de Camus de Aquário. Quando Camus e os outros Cavaleiros de Ouro agonizavam no chão devido ao seu limite de tempo, Zelos descontou a sua frustação chutando Camus. Isso, porém, apenas despertou a raiva de Hyoga de Cisne, que o mata congelado.
Estrela Terrestre da Sombra, Kiew de Dullahan (地陰星デュラハンのキューブ, Chiinsei Dyurahan no Kyuubu?)
Nascido em Cuba, Kiew foi enviado por Rhadamanthys de Wyvern para manter o controle sobre os Cavaleiros de Ouro ressuscitados. Kiew foi morto por Saga de Gêmeos, que ainda roubou a sua Sobrepelizes. A Sobrepelizes de Dullahan cobria a maior parte do corpo de Kiew, de modo que era um disfarce perfeito para Saga poder fugir da vigilância dos Espectros.
Estrela Terrestre da Depreciação, Miles de Elfo (地劣星エルフのミルズ, Chiretsusei Erufu no Miruzu?)
Nascido na Irlanda, Miles foi enviado por Rhadamanthys de Wyvern para manter o controle sobre os Cavaleiros de Ouro ressuscitados. Ele foi morto rapidamente e teve sua Sobrepelizes roubada por Camus de Aquário, do mesmo modo que aconteceu com Kiew de Dullahan e Ox de Górgona.
Estrela Terrestre da Corrida, Ox de Górgona (地走星ゴーゴンのオクス, Chisousei Googon no Okusu?)
Nascido na Dinamarca, Ox foi enviado por Rhadamanthys de Wyvern para manter o controle sobre os Cavaleiros de Ouro ressuscitados. Da mesma forma que aconteceu com Kiew de Dullahan e Miles de Elfo, Ox foi derrotado rapidamente e teve sua Sobrepelizes roubada, porém, por Shura de Capricórnio.
Estrela Terrestre da Vigilância, Markino de Esqueleto (雑兵スケルトンのマルキーノ, Zouhyou Sukereton no Marukino?)
Um dos Esqueletos do Mundo dos Mortos que trabalha como guia da 1ª Prisão do Inferno. Markino guiou Seiya de Pégaso e Shun de Andrômeda, assim eles chegaram até Lune de Balron, que substituía Minos de Griffon. Sempre prezando o silêncio na 1ª Prisão, de gênio esquentado, perdeu a cabeça ao gritar com Seiya pelo mesmo motivo: a quebra de silêncio. No fim acabou sendo executado pelo chicote de Lune, que o fatiou por completo.

Guerreiros Azuis[editar | editar código-fonte]

Alexer (アレクサー, Arekusā?)
Com o intuito de dominar todas as terras do leste da Sibéria, o príncipe de Bluegrad Alexer matou o próprio pai, mas acabou perdendo para Hyoga de Cisne. Quando Hyoga está prestes a acabar com a vida de Alexer, Jacó o avisa que Natássia, estava presa no gelo. Hyoga a liberta e parte de Bluegrad, deixando Alexer para trás com vida. Ele ainda lhe pergunta por que Cisne salvou sua irmã e Hyoga responde dizendo que sua mãe tinha o mesmo nome dela, Natássia.
Piotr (ピョートル, Pyōtoru?)
Em seus incansáveis esforços ajudaram a reconstruir a pequena nação de Bluegrad uma vez devastada. Piotr pretendia restaurar o país à sua antiga glória, mas seu filho Alexer queria expandir suas terras invadindo as regiões ensolaradas ao sul. Não vendo alternativa, Piotr bane Alexer de Bluegrad, mas o herdeiro reúne os lendários Guerreiros Azuis e, em seguida, retorna para Bluegrad e assassina Piotr para conduzir o país no seu lugar.
Natássia (ナターシャ, Natāsha?)
Filha mais nova de Piotr de Bluegrad e irmã de Alexer. Depois de libertar Hyoga, preso numa masmorra, ela lhe pede para deter a loucura de Alexer, caso contrário ela se mataria. É libertada por Hyoga quando estava presa no gelo.

Personagens exclusivos do anime[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Kappa Magazine, número 80 (em Japanese). [S.l.: s.n.], 1999.