Espectroscopia Raman amplificada por superfície

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Espectroscopia Raman amplificada por superfície, ou dispersão Raman amplificada por superfície, frequentemente abreviada na literatura por SERS (do inglês Surface enhanced Raman spectroscopy), é uma técnica sensitiva de superfície que resulta na ampliação da dispersão Raman por absorção de moléculas sobre superfícies. O fator de amplificação pode ser da ordem de 1014-1015, o que permite que a técnica seja suficientemente sensível para detectar moléculas isoladas.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Nie, S.; Emory, S. R., Probing Single Molecules and Single Nanoparticles by Surface-Enhanced Raman Scattering. Science 1997, 275, (5303), 1102-1106.