Espique

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Espique de uma orquídea

Espique, estipe ou estipa é um termo que designa ou o caule de palmeiras e fetos arborescentes, ou a haste que sustenta frutos como as vagens das leguminosas e o píleo dos fungos agaricales. Não é dividido. Possui situação aérea e uma coroa de folhas na parte superior. Cresce perpendicularmente ao solo. Possui formato cilíndrico, com espessura maior que a dos colmos, e folhas com somente uma ponta, o que pode ser observado nas palmeiras. O caule da palmeira e do coqueiro é um espique. [1] [2] [3]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Estipe" é originário do termo latino stipes.[4]

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 723.
  2. AMABIS, José Mariano; MARTHO, Gilberto Rodrigues. Fundamentos da Biologia Moderna. 2ª ed. São Paulo: Moderna, 1997. Cap.15, p. 265 - 285.
  3. LOPES, Sonia Godoy Bueno Carvalho; Bio Volume 3; 1ª ed. São Paulo: Saraiva, 1997. Cap. 08, p. 159-177.
  4. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 723.