Espiráculo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Orifício respiratório duplo de uma baleia-azul

Espiráculo é a denominação de um orifício respiratório que certos animais marinhos possuem, responsável pelo contato do ar ou da água com seu sistema respiratório interno.

No caso dos mamíferos marinhos, o espiráculo conduz o ar que respiram até os pulmões. O orifício é controlado pelo animal, podendo abrir e fechar para conter a respiração quando submergido. Pode também ser utilizado para produzir ou modular sons, como em algumas espécies de baleias.

Outras criaturas marinhas tem o espiráculo para conduzir a água até suas brânquias (para depois ser "exalado") e, geralmente, o tem aberto sempre. O fechamento do espiráculo evita a perda de água, e este só abre quando há uma quantidade significativa de gás carbônico estiver próximo a ele, dentro da traquéia. Quando aberto há perda de água.

Nos peixes gnatostomados, essa estrutura está presente apenas na superclasse dos chondryctyes.

Espiráculo nos invertebrados[editar | editar código-fonte]

Nos aracnídeos, onicóforos e traqueados espiráculo traqueal é a denominação da abertura do sistema de traquéias localizada na parede do corpo, sendo a porção terminal das invaginações tubulares provenientes da epiderme e cutícula.

Referências[editar | editar código-fonte]

RUPPERT, Edward E.; FOX, Richard S.; BARNES, Robert D. Zoologia dos invertebrados: uma abordagem funcional-evolutiva. 4ª ed., São Paulo: Roca, 2005. 1145pp.


Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.